8 alimentos ideais para diminuir o ácido úrico

· 15 de outubro de 2017
Seguir uma dieta adequada impedirá que nossos níveis de ácido úrico aumentem. Além disso, o consumo de água também é essencial para eliminar toxinas.

O ácido úrico é um elemento químico que nosso organismo produz automaticamente após a queima de substâncias chamadas purinas.

Entre os alimentos que incluem as purinas, encontramos:

  • Fígado
  • Peixe
  • Marisco
  • Feijão
  • Ervilha
  • Embutidos
  • Refrigerantes
  • Cerveja

Normalmente, o organismo é capaz de dissolver o ácido úrico através do sangue. Chegando aos rins, é completamente eliminado através da urina.

Apesar disso, algumas pessoas não conseguem eliminar quantidades suficientes de ácido úrico porque o organismo gera esse elemento químico em maiores quantidades do que deveria.

Nesses casos, pode causar uma grande variedade de desconfortos, tais como:

  • Inchaço contínuo e excessivo dos dedos dos pés e das mãos, causando dor intensa.
  • Cristalização do ácido úrico, gerando cálculos que são armazenados dentro dos rins.
  • Alteração do pH da urina, que também favorece uma maior quantidade de cálculos renais.

Felizmente, com uma alimentação adequada é possível regular os níveis de ácido úrico do organismo.

Neste artigo, daremos algumas dicas para uma dieta saudável.

8 alimentos ideias para diminuir o ácido úrico

1. Alcachofra

o ácido úrico

As alcachofras são a melhor escolha quando se trata de reduzir e equilibrar o ácido úrico do organismo.

Elas têm uma grande quantidade de minerais, vitaminas e antioxidantes, além de serem ricas em fibras e proteínas.

Graças às suas propriedades diuréticas, este alimento não só ajuda a eliminar o ácido úrico, mas também elimina muitas outras toxinas através da urina.

A melhor maneira de consumi-las para aproveitar todas essas propriedades é a seguinte.

Ingredientes e modo de preparo

  • Utilize ½ kg de alcachofras (15 unidades).
  • Lave as alcachofras antes de cozinhá-las.
  • Coloque-as dentro de uma panela com 1 litro de água.
  • Ferva durante pelo menos 40 minutos.
  • Sirva a gosto.

Além de comer as alcachofras inteiras, você também pode beber o caldo resultante do cozimento.

Leia também: O que acontece no seu corpo quando você inicia a dieta da alcachofra

2. Cebola

A cebola tem uma grande variedade de usos para doenças, e como a alcachofra, é excelente para reduzir os níveis de ácido úrico em nosso sangue.

Ingredientes e modo de preparo

  • Descasque 2 cebolas (cerca de 300 g) e corte-as ao meio.
  • Coloque-as em uma panela com meio litro de água e deixe ferver até ficarem bem cozidas e macias.
  • Guarde a água resultante em uma garrafa, adicione o suco de um limão e deixe descansar.

Esta mistura deve ser bebida ao longo do dia. Se desejar, as cebolas podem ser usadas para outras receitas.

3. Abóbora

o ácido úrico

Este é um alimento diurético que irá remover qualquer excesso de ácido úrico naturalmente.

É um alimento delicioso e nutritivo que pode ser preparado no forno ou cozido. Além disso, sempre fornecerá todas as suas propriedades ao nosso corpo.

4. Maçã

Esta fruta deliciosa é excelente para a nossa saúde quando sofremos excesso de armazenamento de ácido úrico.

É capaz de remover todas as toxinas em excesso que estão acumuladas no nosso organismo do modo menos nocivo e natural.

Assim como acontece com a abóbora, este alimento pode ser consumido cozido ou ao forno e, claro, ao natural.

5. Aipo

o ácido úrico

O aipo é reconhecido por ter efeitos depurativos que nos permitem controlar e eliminar o excesso de ácido úrico no nosso sangue.

Podemos consumi-lo cru, frito, ou como desejarmos. Suas propriedades não serão afetadas.

6. Frango

Assim como a carne vermelha aumenta os níveis de ácido úrico, o frango reduz este elemento químico com muita facilidade.

Da mesma forma, os ovos também podem ser incorporados em nossa alimentação.

7. Cenoura

o ácido úrico

A cenoura não deve faltar na alimentação de pessoas que sofrem de ácido úrico porque, assim como o aipo, é capaz de eliminar os excessos deste elemento químico.

Pode ser consumida crua, cozida, ao forno ou em forma de suco, sempre fornecendo os benefícios necessários.

8. Água: indispensável

A água deve estar presente em qualquer alimentação e dieta, seja ou não por causa do ácido úrico. Beba pelo menos 2 litros por dia.

Beber uma quantidade suficiente de água permitirá que você produza mais urina e elimine mais facilmente as toxinas que estão em seu organismo.

Leia também: O que acontece quando você começa a beber um copo de água meia hora antes de comer

Algumas recomendações extras

Se você deseja controlar os níveis de ácido úrico, é importante seguir as algumas recomendações, tais como:

  • Não consumir frutas em excesso, pois acabarão se transformando purinas que seu corpo não poderá metabolizar.
  • Cozinhe muito bem todos os alimentos. Com isso, você irá ingerir menos purinas.
  • Além de beber os 2 litros de água por dia, tente também incluir infusões ou sucos.
  • Evite jejuns e tenha refeições moderadas durante o dia.
  • Consumir algas e nozes permitirá que você controle seus níveis de ácido úrico.
  • Tente consumir pelo menos 1 grama de cálcio diariamente. Isso evitará a dor e a artrite.
  • Modere ou elimine o sal.
  • Elimine completamente o álcool.

Se você seguir todas essas recomendações, não só poderá controlar seus níveis de ácido úrico, mas também poderá levar uma vida normal e completamente saudável.