7 alimentos para evitar quando se tem refluxo ácido

Mesmo que estes alimento sejam os mais relacionados com o refluxo ácido, cada pessoa deverá avaliar quais são aqueles que mais problemas causam e procurar evitá-los

O refluxo ácido é uma doença digestiva que se caracteriza por uma forte sensação de ardor na parte superior do abdômen, quase sempre que se reflete no esôfago e na boca.

Ocorre quando o esfíncter esofágico inferior se enfraquece, facilitando a passagem de substâncias até a parte superior do corpo.

A dor que se percebe pode ser leve ou forte e, de fato, em alguns casos se confunde com o que aparece nos infartos de miocárdio.

Sua causa principal é a má combinação de alimentos e os pratos pesados, mesmo que também possa aparecer por anomalias específicas do esôfago e doenças digestivas.

Costuma não ser grave e é de caráter esporádico, contudo é fundamental tratar para que não gere outras complicações.

Além disso, para controlar o refluxo por completo, devemos evitar alguns alimentos cuja composição tendem a piorar o problema.

Neste artigo queremos compartilhar em detalhes os 7 principais para que você tente excluí-los de sua alimentação.

1. Evitar carnes quando sofrer de refluxo ácido

Evitar carnes quando sofrer de refluxo ácido

As carnes vermelhas são uma importante fonte de proteínas que, em porções mínimas, podem beneficiar o organismo.

Não são recomendadas para a dieta dos pacientes com refluxo ácido, já que muitos de seus componentes podem agravar o sintoma.

  • Suas purinas e compostos ácidos afetam o processo digestivo e aumentam a produção de sucos ácidos.
  • Por outro lado, é um alimento rico em gorduras que pode causar digestões lentas e prisão de ventre.

2. Café

Por seu delicioso sabor e poder energético, o café é uma das bebidas que mais são consumidas em todo o mundo.

Contém substâncias antioxidantes, vitaminas e minerais, como a cafeína, que podem desencadear este sintoma.

  • Estas substâncias agem como relaxante sobre as válvulas que regulam a passagem dos sucos ácidos, o que pode facilitar seu retorno até a garganta e a boca.

3. Embutidos e enlatados

Evitar embutidos quando sofrer de refluxo ácido

Os produtos de carne embutidos, assim como os alimentos enlatados, podem causar dificuldades digestivas, principalmente quando se sofre com episódios recorrentes de refluxo.

  • Seu alto teor de sódio e compostos artificiais causa irritação no revestimento do estômago e, por isso, facilita o retorno dos ácidos até o esôfago.
  • Por outro lado, contém gorduras saturadas, farinhas e açúcares que, depois de serem assimiladas no organismo, produzem desordens metabólicas e problemas digestivos.

4. Temperos picantes

O consumo de temperos picantes pode causar alterações nos ácidos do estômago e, algumas vezes, é irritante para a mucosa gástrica.

Mesmo que em pequenas porções possa não causar problemas, algumas pessoas costumam sofrer refluxo ácido e ardor depois de ingeri-los.

  • É essencial minimizar seu consumo, principalmente se são combinados com outros alimentos irritantes.

5. Chocolate

Evitar chocolate quando sofrer de refluxo ácido

Uma pequena quantidade de chocolate por dia pode trazer para o organismo compostos antioxidantes, vitaminas e minerais que beneficiam a saúde.

No entanto, não é a melhor opção para quem costuma ter estes incômodos digestivos, posto que podem ser irritantes.

  • Comer chocolate quando se tem refluxo gera um maior enfraquecimento nas válvulas do esfíncter esofágico inferior, o que piora o sintoma.
  • Isso se deve ao seu teor de gorduras, cafeína e teobromina, substâncias associadas com a produção excessiva de ácidos no estômago.

6. Frituras

As frituras, principalmente as de origem industrial, foram catalogadas como inimigos potenciais da saúde metabólica e digestiva.

Contêm altas doses de gordura trans, químicos adicionados e sal que, em conjunto, irritam a mucosa gástrica e alteram o pH digestivo.

  • Seu consumo eleva a produção de ácidos e provoca repetidos episódios de refluxo e gastrite.
  • Entre outras coisas, sua ingestão excessiva afeta os processos inflamatórios do organismo e, com isso, aumenta a pressão estomacal.

7. Farinhas refinadas

Náo devemos consumir farinhas ante refluxo ácido

O pão processado, os produtos de padaria e todas as receitas que contêm farinhas refinadas podem piorar a saúde de quem tem este tipo de sintoma digestivo.

  • Estes produtos produzem um ambiente ácido no estômago e no esôfago, e também causam inflamação nos tecidos.
  • Seus carboidratos são mais difíceis de serem assimilados e podem elevar os níveis de glicose no sangue.

Você costuma adicionar estes alimentos a sua dieta? Se sim, e você sofre com refluxo ácido, vale a pena começar a limitar o consumo deles para poder controlar a condição.

Saiba que, mesmo que os antiácidos possam ajudar a tratar o refluxo, a melhor forma de evitá-lo é mantendo bons hábitos alimentares. 

Imagem principal cortesia de © wikiHow.com

Recomendados para você