6 passos para eliminar a acne

24 de dezembro de 2019
Manter bons hábitos de vida e implementar os cuidados certos pode contribuir significativamente para a saúde da pele e a redução da acne.

A acne geralmente é um verdadeiro problema estético, e frequentemente afeta uma parte muito importante para a maioria das pessoas: o rosto. Portanto, as pessoas afetadas sentem a necessidade urgente de procurar opções que as ajudem a eliminá-la.

Aqui estão algumas dicas que podem ser de grande ajuda para alcançar esse objetivo.

O que é a acne e por que ela aparece?

A acne é uma condição inflamatória crônica da pele, caracterizada pela formação de espinhas, pápulas, pústulas, nódulos e cicatrizes.

Embora a sua causa seja desconhecida, é um fato que ela aparece porque as glândulas sebáceas estão funcionando excessivamente. O resultado é um acúmulo de gordura, células mortas e bactérias na pele. Isso resulta, por sua vez, na inflamação do folículo piloso e nas próprias glândulas sebáceas.

Dependendo da gravidade, elas são classificadas em quatro tipos diferentes: leve, moderada, severa e muito severa.

Dicas para eliminar a acne

1. Hidrate-se

Beber água é importante para eliminar a acne

A água é o líquido vital. Portanto, devemos tentar consumi-lo diariamente, em quantidades suficientes. E, a propósito, os dois litros não são obrigatórios.

Estima-se que 72% da pele seja água. Portanto, é essencial beber água diariamente. Não apenas para eliminar a acne, mas para ter uma pele saudável.

2. Atenção aos hábitos alimentares

Sua dieta influencia diretamente a saúde da pele. Enquanto os alimentos naturais nutrem a pele e a embelezam, deve-se evitar os alimentos processados à base de açúcar, farinha, óleos refinados ou gorduras saturadas.

Sabemos que os cereais açucarados, massas, bolos, pães, chocolates, biscoitos, geleias e produtos similares fazem parte da nossa dieta. Além de terem um preço acessível, economizam o tempo que dedicaríamos para preparar pratos mais elaborados.

Tudo isso, somado ao quão saborosos eles são, explica como é difícil mudar o hábito de consumi-los. No entanto, vamos parar para pensar apenas em alguns dos problemas de saúde que uma dieta rica nesse tipo de alimento geralmente proporciona:

  • O surgimento da acne indesejada.
  • Aumento dos níveis de insulina.
  • Alteração na produção de hormônios.
  • Excesso de oleosidade na pele.

3. Não use maquiagem todos os dias

Não usar muita maquiagem

Embora a maquiagem seja ideal para aprimorar as características faciais que nos favorecem, usá-la diariamente e em grandes quantidades pode prejudicar a saúde da pele.

  • Sempre que possível, escolha produtos cosméticos de qualidade, conforme orientação do seu dermatologista.
  • Existem produtos especiais no mercado para pessoas que sofrem de acne que possuem propriedades específicas e benéficas quando usados.
  • Sabonetes neutros não são recomendados porque o pH normal da pele é ácido. Portanto, os produtos para a pele devem estar o mais próximo possível do pH normal da pele.
  • Remova a maquiagem e lave bem o rosto antes de dormir. Nunca adormeça com o rosto maquiado.
  • Avalie a possibilidade de não aplicar maquiagem por pelo menos alguns dias por semana.

Mantenha uma higiene facial adequada

Nada é mais aconselhável para aliviar a acne do que manter a pele livre de impurezas. Por isso, é muito  importante lavar o rosto com frequência com água morna e sabão neutro.

Para remover a maquiagem, use um creme suave apropriado para o seu tipo de pele. Nunca deixe de remover, no final do dia, os resíduos com uma toalha limpa com toques macios e pequenos na pele. Desta forma, você evitará restos de gordura na pele e irritações subsequentes.

Você pode concluir esse cuidado realizando uma esfoliação uma vez por semana. Embora existam inúmeras opções no mercado, recomendamos as que você possa preparar com mamão, água de rosas ou iogurte.

5. Durma o suficiente

Dormir bem é importante para eliminar a acne

Dormir mais de 7 horas por dia fornece ao corpo o descanso necessário enquanto contribui para a saúde da pele. Você sabia que quando dormimos, o nosso sistema excretor trabalha mais? Daí a necessidade da limpeza pela manhã. 

Um bom descanso ajudará você, entre outras coisas, a evitar o aparecimento de olheiras indesejáveis e a manter uma pele bonita e saudável. 

Caso você não consiga dormir essas 7 horas, tente tirar uma soneca durante o dia. A soneca deve durar entre 20 a 40 minutos.

6. Avalie quais medicamentos você toma

Em alguns casos, essa condição não se deve à falta de descanso ou má alimentação. De fato, há casos em que a acne está associada à ingestão de certos medicamentosUm dos mais comuns são as pílulas anticoncepcionais.

Se este for o seu caso, antes de parar de tomá-las, é muito importante que você  consulte seu médico. Lembre-se de que às vezes a acne aparece apenas nas primeiras semanas. Então, quando o corpo se adapta ao medicamento, a acne desaparece logo em seguida.

Caso a acne não diminua ao longo das semanas, você também pode perguntar ao seu médico sobre um medicamento alternativo. Esta poderia ser uma solução possível que impediria que a acne se tornasse um problema.

Não ignore a sua rotina para eliminar a acne

Mulher que não consegue eliminar a acne de seu rosto

Nunca se dê por vencido. De fato, muitas pessoas desistem de tentar reduzir ou eliminar a acne. Esse não é o seu caso. Você pode ver que, com bons hábitos de vida, pode começar a ter uma pele mais saudável. É verdade que os resultados podem demorar um pouco para chegar, mas com o tempo você notará uma clara melhora.

Se você tiver dúvidas sobre como cuidar adequadamente da sua pele, consulte o seu dermatologista.

  • Dunyach-Remy, C., Sotto, A., & Lavigne, J.-P. (2015). Le microbiote cutané : étude de la diversité microbienne et de son rôle dans la pathogénicité. Revue Francophone Des Laboratoires. https://doi.org/10.1016/S1773-035X(15)72821-2
  • Marty, J. P. (2007). Acné, sécheresse cutanée et vieillissement: La nutrition au service de la peau. Nouvelles Dermatologiques.
  • Berbis, P., Tostain, J., & Rossi, D. (2004). Androgènes et vieillissement cutané. Progrès En Urologie.