O que são as gorduras hidrogenadas?

30 de agosto de 2019
Em um boletim informativo, o Comitê de Especialistas da OMS destaca a necessidade de reduzir significativamente ou de eliminar os ácidos graxos trans da produção industrial dos alimentos. Explicaremos a razão.

Existem muitos tipos de gorduras nos alimentos, algumas são saudáveis e outras são prejudiciais. Em suma, as gorduras hidrogenadas são gorduras vegetais que dentro de nosso organismo podem se comportar como outras gorduras de origem animal.

Além disso, trata-se das também chamadas gorduras trans, as quais mudam sua composição, seu aspecto e sua textura. Conheça mais sobre este tipo de gorduras no seguinte artigo. Não perca!

O que são as gorduras hidrogenadas?

As gorduras hidrogenadas ou gorduras trans, são gorduras que são geradas mediante um processo químico. São as que têm mais indicadores contra seu uso, por isso que ninguém as recomenda, nem sequer em porcentagens baixas.

Ademais, pode-se dizer que devem ser evitadas ao máximo. Obtidas a partir da hidrogenação de óleos vegetais (com isso passam de insaturadas para saturadas com a forma trans), são muito mais prejudiciais que as saturadas presentes na natureza. 

Pode te interessar ler ademais: Alimentos ricos em colesterol ruim (LDL)

Como são obtidas as gorduras trans ou hidrogenadas?

Manteiga con gorduras hidrogenadas

As gorduras hidrogenadas são submetidas a um processo químico que beneficia os fabricantes, principalmente porque seu custo é inferior ao de outras gorduras.

As gorduras trans ou hidrogenadas são geradas a partir de um processo químico que tem muitas vantagens para os fabricantes, principalmente no custo, pois são mais baratas que outros tipos de gorduras. No entanto, as gorduras hidrogenadas supõem um perigo para a saúde.

As indústrias alimentícias introduzem hidrogênio em certos ingredientes que contêm gordura de forma natural em estado líquido, como por exemplo os óleos. Fazem esse procedimento quando estão em uma temperatura muito alta para que passem a ser sólidos.

Dessa forma, é possível fazer com que os alimentos sejam conservados em perfeito estado por mais tempo; ademais, que tenham um aspecto mais apetitoso e sejam mais fáceis de cozinhar porque é mais difícil que estraguem no processo de cozimento.

Quais efeitos têm sobre a saúde?

As gorduras transou hidrogenadas encontram-se na maioria dos alimentos processados. Além disso, pense que consumir somente 5 g de gorduras trans por dia já é considerado perigoso para a saúde.

São as gorduras mais prejudiciais para a saúde. Portanto, é bom evitá-las ou reduzir ao máximo seu consumo. Aumentam o risco de sofrer doenças como:

  • Cardiovasculares e arteriosclerose: podem elevar os níveis de colesterol ruim e triglicerídeos, assim como reduzem os de colesterol bom.
  • Câncer: podem levar ao organismo a produzir hormônios e membranas celulares defeituosos.
  • Cerebrais: inibem a ação dos ácidos graxos essenciais, atrasando o crescimento e a maturação do cérebro.
  • Metabólicas e diabetes.

Em um informativo, o Comitê de Especialistas da OMS destaca a necessidade de reduzir significativamente ou de eliminar os ácidos graxos trans da produção industrial nos alimentos.

De fato, os consumidores não são plenamente conscientes dos efeitos que uma ingestão elevada de ácidos graxos trans trazem para a saúde e especialmente a saúde cardiovascular.

Alimentos ou produtos que as contêm

Alimentos com gorduras gtrans

As gorduras hidrogenadas estão presentes em uma ampla variedade de produtos de consumo regular.

Em suma, as gorduras hidrogenadas são baratas e têm uma consistência ideal para preparar uma grande gama de produtos.

Além disso, seu sabor é muito palatável e agradável, e seu tempo de conservação é maior do que o de outros tipos de gorduras. Sabe quais produtos contêm estas gorduras trans tão nocivas para a saúde?

  • Confeitaria industrial
  • Biscoitos
  • Pratos pré-cozidos
  • Chips
  • Margarinas
  • Guloseimas
  • Fast-food no geral
  • Frituras

Leia também: Quantidade recomendada de gorduras na dieta

Como evitar as gorduras hidrogenadas

Para evitar as gorduras, primeiramente evite os produtos processados, por isso que é recomendado consumir produtos frescos que não contenham este tipo de substância nem outros produtos adicionados.

Caso sua compra seja feita principalmente no supermercado, leia os rótulos antes de comprar um produto processado. É importante se assegurar de que os produtos de sua compra não contenham ingredientes que não sejam saudáveis.

Aqui não entram somente as gorduras trans, como também o açúcar ou outros amidos. E caso o rótulo diga que contém gorduras vegetais, veja quais tipos são. Evite os ácidos graxos trans e as gorduras hidrogenadas ou parcialmente hidrogenadas.

Ainda mais, se for acostumado a comprar muitos produtos processados ou pré-cozidos, isso pode parecer difícil. No entanto, é importante mudar de hábitos para conseguir seguir um estilo de vida saudável.

  • Cabezas-Zábala, C. C., Hernández-Torres, B. C., & Vargas-Zárate, M. (2016). Aceites y grasas: efectos en la salud y regulación mundial. Revista de la Facultad de Medicina64(4), 761-768.
  • Ballesteros-Vásquez, M. N., Valenzuela-Calvillo, L. S., Artalejo-Ochoa, E., & Robles-Sardin, A. E. (2012). Ácidos grasos trans: un análisis del efecto de su consumo en la salud humana, regulación del contenido en alimentos y alternativas para disminuirlos. Nutrición Hospitalaria27(1), 54-64.
  • Riobó, P., & Bretón, I. (2014). Ingesta de grasas trans: situación en España. Nutrición Hospitalaria29(4), 704-711.
  • Marchand V. Las grasas trans: lo que los médicos deben saber. Salud infantil pediátrica . 2010; 15 (6): 373–378. doi: 10.1093 / pch / 15.6.373
  • Iqbal MP. Ácidos grasos trans – Un factor de riesgo para la enfermedad cardiovascular. Pak J Med Sci . 2014; 30 (1): 194–197. doi: 10.12669 / pjms.301.4525