6 consequências de ficar muito tempo sentado

26 de outubro de 2019
Ainda que não acredite, ficar muito tempo sentado pode ter consequências negativas para o corpo, por isso que realizar pausas ativas é fundamental para evitar determinados problemas de saúde.

Às vezes realizamos tarefas que obrigam a ficar muito tempo sentado. Trabalhar no computador, estar em uma recepção ou ver televisão, entre outros, são algumas delas. Contudo, isso não é bom para o organismo e é possível causar doenças ou mal-estares.

Dessa maneira, se você passa muitas horas do dia sentado, é importante tomar algumas providências. Assim poderá ter uma vida saudável e evitará consequências a longo prazo.

Quais problemas podem surgir ao ficar muito tempo sentado?

1. Obesidade

Tipos de obesidade e suas principais causas

A falta de atividade física promove o ganho de peso. Quando se tem uma vida sedentária, a quantidade de calorias ingeridas sempre é maior do que as queimadas. Por conseguinte, gera o aparecimento de gordura corporal.

A obesidade também traz outros problemas mais graves como as doenças cardiovasculares. Estas são a principal causa de morte a nível mundial, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). As cifras indicam que no ano de 2015 ocorreram mais de 17 milhões de vítimas mortais.

2. Desvio da coluna vertebral

Ficar muito tempo sentado enquanto se adota uma má postura afeta a coluna vertebral. Se não sentamos corretamente é comum aparecer a conhecida escoliose ou desvio da coluna.

A nível cervical o corpo sofre desde a base da cabeça. Por exemplo, quando usamos o computador e este não se encontra no nível dos olhos, mas sim muito abaixo, nos obriga a inclinar a cabeça e colocar muita pressão nas cervicais.

3. Rigidez muscular

Quando ficamos muito tempo sentados e este mau hábito se repete diariamente, é possível que a musculatura se atrofie. Isso se deve à falta de movimento nos músculos e articulações.

Por isso, é importante manter-se em movimento durante a jornada de trabalho. A musculatura que fica mais rígida quando estamos muito tempo sentados é a do pescoço, ombros e coluna.

Não deixe de ler: Pausas ativas: um momento de vital importância

4. Ficar muito tempo sentado traz má circulação nas pernas

Outra das complicações são os problemas circulatórios. Em suma, manter as pernas em uma só posição faz com que o sangue circule com dificuldade. Em casos graves, as veias podem se obstruir, o que é conhecido como trombose venosa.

A má circulação nas pernas, ademais, promove o aparecimento de varizesDa mesma forma, provoca a retenção de líquidos nas pernas e tornozelos. Por isso, é importante manter as extremidades inferiores em movimentos e mudá-las frequentemente de posição.

5. Problemas de constipação intestinal

O trânsito intestinal também se vê afetado pelo fato de ficarmos muito tempo sentados. Em resumo, manter-se em movimento facilita a digestãoPortanto, recomenda-se que, depois de comer, se mantenha ativo, sem que isso signifique se agitar demais.

Ao ter uma digestão deficiente, é possível ocorrer mudanças no metabolismo. Isso pode provocar prisão de ventre ou constipação intestinal. Se te custa ir ao banheiro com regularidade, o melhor é não permanecer muito tempo sentado para que o problema não piore.

6. Problemas no pâncreas

Assim como a função do aparelho digestivo fica afetada na assimilação de alimentos, também o faz na produção de hormônios. O principal responsável desta tarefa é o pâncreas. A função pancreática falha, principalmente na produção de insulina.

Os níveis deste hormônio aumentam quando se tem uma vida sedentária e um metabolismo lento. A longo prazo isso pode provocar o aparecimento de diabetes. A OMS estima que, no ano de 2014, cerca de 422 milhões de pessoas sofriam com esta doença.

O que fazer para evitar estas consequências ao ficar muito tempo sentado?

Alongue os músculos enquanto estiver sentado

Muitas doenças e incômodos podem ser prevenidos, e isso inclui as provocadas pelo fato de ficarmos muito tempo sentados. Não é necessário deixar algumas atividades de lado de maneira drástica, o importante é alterná-las com movimento.

Tudo dependerá da sua rotina diária. Se for estudante, trabalha em um escritório, é taxista ou descansa sentado, não esqueça de colocar em prática estes hábitos:

Descubra: Como é uma rotina de alongamento completa?

  • Se trabalha a maior parte do tempo sentado, realize sempre pausas ativas. Pode fazê-lo a cada meia hora ou cada hora.
  • Depois de comer não sente, caminhe.
  • Realize alongamentos de músculos e articulações com regularidade.
  • Faça exercícios ao menos quatro vezes por semana.
  • Tente não usar carro ou algum transporte para percorrer distâncias curtas, o melhor é caminhar.
  • Adote uma postura correta ao estar sentado.
  • Se ficará sentado por longos períodos em frente ao computador, procure fazer com que a tela esteja ao nível de sua visão.
  • Quando dirigir um veículo durante longas distâncias, pare um tempo para se alongar.

Seguindo estas simples recomendações se sentirá melhor e evitará incômodos. Saiba que, ainda que se exercite, sempre é necessário não ficar muito tempo sentado.

No início talvez te custará tomar estas pausas, por isso colocar um alarme no celular pode ajudar. O importante é que tome consciência de sua postura e do tempo que permanece sentado para evitar consequências.