5 orientações que deve seguir para aliviar a indigestão

06 Janeiro, 2020
O exercício físico moderado, como pode ser sair para caminhar, nos ajuda a combater os sintomas da indigestão ao ativar o metabolismo e aliviar o estômago pesado.
 

A indigestão costuma ser produzida quando se come em excesso. Isso costuma acontecer em festas, no Natal ou em datas em que tudo o que há sobre a mesa é muito apetecível e queremos comer. Mas, o que podemos fazer para aliviar a indigestão?

Uma boa maneira de evitar a indigestão seria prevenindo-a, evitando comer além da conta.

Porém, se já não houver como voltar atrás, hoje vamos apresentar até 5 orientações que podem cair muito bem para aliviar a indigestão.

Aliviar a indigestão com simples orientações

Vamos compartilhar com você 5 conselhos para aliviar a indigestão. Não deixe de provar todas para ver qual é a que funciona melhor no seu caso.

1. Preparar uma infusão

Quando nos sentimos mal do estômago, com sensação de peso e acidez devido à indigestão, costumamos recorrer às infusões para paliar esse mal-estar. Porém, é importante que tenhamos em conta que infusões são as melhores para conseguir isso:

  • Chá de menta: graças às suas propriedades ajuda a aliviar a dor de estômago, assim como as cólicas. Este estudo realizado pela Universidade Islâmica Azad (Irã) afirma que isso se deve às suas propriedades anti-inflamatórias.
  • Chá de gengibre: reduz as náuseas e os vômitos , segundo este estudo realizado pelo Hospital Universitário Araba (Espanha).
  • Infusão de camomila: reduz os espasmos ou cãibras no estômago, assim como afirma este estudo realizado pela Universidade The Aga Khan (Pakistão).

Confira também essas 5 infusões de ervas para desintoxicar o sistema digestivo

 
Beber infusões ajuda a aliviar a indigestão

2. Beber água

Beber água pode ser uma ajuda rápida para paliar alguns dos primeiros sintomas da indigestão. Porém, apesar de nos propiciar certo alívio, é possível que não nos sirva para nos desfazermos dos incômodos sintomas. O que podemos fazer então?

  • Dissolver uma colherzinha de bicarbonato de sódio em água.
  • Optar pelos sais de fosfato, que podem ser encontrados nas pastilhas efervescentes.

3. Mastigar sementes?

Nos supermercados podemos encontrar uma grande variedade de sementes. Se o que queremos é aliviar a indigestão devemos procurar a algumas em concreto: elas seriam as sementes de anis, de erva-doce e de salsinha.

Acredita-se que mastigar este tipo de sementes melhorará sua digestão de maneira instantânea. No entanto, não existem evidências científicas que confirmem tal suposição.

4. Coma alguma fruta

Porque algumas pessoas comem fruta de sobremesa? O motivo está no fato de que a fruta é um alimento leve e que pode ajudar a melhorar a indigestão. Também é uma grande ajuda se comemos de muito e nos sentimos cheios.

Porém, ainda que todas as frutas sejam boas, há umas específicas que podem aliviar a indigestão. Consumi-las quando começamos a notar os primeiros sintomas os reduzirá quase que no mesmo instante:

 
  • Laranja: melhora a digestão e fortalece o sistema imunológico. É isso que garante essa pesquisa realizada pela Universidade Estadual de São Paulo (Brasil).
  • Maçã: rica em fibra, limpa o sistema digestivo.
  • Toranja: alivia a irritação produzida pela indigestão, segundo este estudo realizado pela Universidade de Tuscia (Itália).

Confira as As 8 melhores frutas para o seu organismo

5. Sair para caminhar

Fazer exercícios ajuda a aliviar a indigestão

A última das dicas para aliviar a indigestão é sair para caminhar. O exercício sempre é bom para pôr o metabolismo em funcionamento e aliviar o estômago pesado quando se consome muito.

Além disso, sair para caminhar evita que fique quieto e inclusive que tenha a tentação de deitar. Isso poderia te fazer se sentir muito pior e as náuseas e mal-estar poderiam aumentar. Portanto, além dos conselhos anteriores, o ideal é que também façamos algum exercício moderado.

A prevenção é importante

Se temos muitos problemas de indigestão, seria importante que descobríssemos onde está o problema para assim preveni-lo. Continuamos comendo mesmo sem estar mais com fome? Há alimentos que nos deixam mais cheios à noite mas continuamos comendo-os?

 

Fazer refeições leves durante o jantar, evitar continuar comendo se já não temos fome e detectar aqueles alimentos que digerimos com maior dificuldade nos ajudará a prevenir as indigestões. Assim, não teremos que passar pelo mau momento de quando surge a indigestão.

Também devemos estar alertas caso algum alimento esteja nos fazendo mal. As pessoas intolerantes em ocasiões acreditam que sofrem de indigestão, quando a realidade é que seria melhor que não comessem esse alimento.

Consultar tudo isso com seu médico pode te ajudar a descartar diversas possibilidades que podem estar causando suas indigestões. Você sofre muito de indigestão? Já conseguiu identificar onde está o problema?

 
  • Spirling, L. I., & Daniels, I. R. (2001). Botanical perspectives on health peppermint: More than just an after-dinner mint. Journal of The Royal Society for the Promotion of Health. https://doi.org/10.1177/146642400112100113
  • Lee, K. R. (2004). Application method of mixed essential oils. KR 2004107854 A. Repub. Korean Kongkae Taeho Kongbo.
  • Valussi, M. (2012). Functional foods with digestion-enhancing properties. International Journal of Food Sciences and Nutrition. https://doi.org/10.3109/09637486.2011.627841
  • Ali, B. H., Blunden, G., Tanira, M. O., & Nemmar, A. (2008). Some phytochemical, pharmacological and toxicological properties of ginger (Zingiber officinale Roscoe): A review of recent research. Food and Chemical Toxicology. https://doi.org/10.1016/j.fct.2007.09.085
  • Chouksey, D., Sharma, P., & Pawar, R. S. (2010). Pelagia Research Library Biological activities and chemical constituents of Illicium verum hook fruits (Chinese star anise). Der Pharmacia Sinica.