5 exercícios que ajudam a aliviar a dor de joelho

O sedentarismo e a obesidade podem ser os principais causadores das constantes dores nos joelhos. Por isso é fundamental se manter ativo para evitar problemas

As dores no joelho são extramente comuns, tanto em crianças como em pessoas de idade avançada. Existe uma infinidade de causas que podem gerar este mal-estar, como:

  • Obesidade
  • Lesões musculares
  • Quedas
  • Osteoporose
  • Envelhecimento

A dor costuma estar associada com o desgaste da cartilagem que recobre as articulações superficiais do joelho. Muitas vezes o incômodo chega a ser tão intenso que causa problemas de mobilidade.

Como aliviar a dor no joelho?

O mais recomendado é procurar um especialista, mesmo que seja um médico geral ou diretamente um ortopedista para que analise o que está ocorrendo e qual é a causa da dor.

Uma vez detectado o problema, serão realizados os exames pertinentes para conseguir a melhoria.

Por outro lado, encontramos as dores de joelho que podem ser geradas pelo sedentarismo, por passar muito tempo de pé ou alguma atividade brusca.

Estes mal-estares podem ser resolvidos tomando um analgésico para aliviar a dor.

Se a dor costuma ser constante, o mais recomendado é seguir uma rotina diária que te permita se manter em movimento para assim ir aliviando pouco a pouco o mal-estar ocasionado por problemas nos joelhos.

Exercícios que ajudam a aliviar

Mulher exercitando o joelho

O exercício é a melhor forma de manter a saúde dos joelhos. Ajude a aliviar a dor e a conservar a elasticidade, tanto da cartilagem como do músculo.

Em si, são empregadas estas rotinas para manter a cartilagem em movimento e assim dar força ao músculo para evitar lesões ou desgastes no futuro. 

Se a dor nos joelhos é devida alguma doença, o mais provável é que seu médico indique uma rotina de exercício de acordo com suas necessidades.

Seja ou não um problema médico, o que importa é solucioná-lo e por isso hoje trazemos 5 exercícios que ajudarão de uma maneira efetiva aliviar e combater as dores nos joelhos.

1. Tábua

Uma maneira muito simples para fortalecer os joelhos e também os quadríceps.

  • Deite-se em um local cômodo, seja a sua cama ou um colchonete de ioga e levante as pernas.
  • É de suma importância que não flexione as pernas. Mantenha-as esticadas e com os joelhos retos.
  • O recomendado é realizar este exercício umas 3 ou 4 vezes, com intervalos de descanso.

Este exercício é ideal para as pessoas que tenham lesões no joelho, seja por praticar esportes ou por uma queda.

Mesmo que a constância seja importante, não se sobrecarregue na hora de repetir, já que a força que se exerce pode chegar a causar dores na coluna.

2. Sentar no ar

Excercício para dor no joelho

  • Encoste suas costas contra a parede e separe seus pés da parede e entre si.
  • Já nesta posição comece a descer muito lentamente até se encontrar “sentado” no ar.
  • Mantenha esta posição por uns 10 ou 15 segundos. Volte lentamente e faça de novo.
  • O recomendado é realizar 5 sessões, de 10 repetições cada uma, por dia.
  • Manter esta rotina diária assegurará que seus joelhos voltem a conseguir flexibilidade e força.

3. Joelhos flexionados

  • Deite-se no chão e estique uma perna enquanto mantém a outra dobrada com o pé apoiado.
  • Levante a perna que tem esticada e mantenha esta posição por uns 10 segundos.
  • Baixe esta perna, flexione-a e faça o mesmo com a que estava anteriormente dobrada.
  • É um exercício que cansa a nível abdominal, por isso recomendamos que esteja muito confortável e não diretamente sobre o chão.
  • Lembre-se de realizar todas as rotinas com suavidade e sem forçar. Somente faça até onde possa elevar a perna.

4. Extensão de perna

Mulher correndo sem dor no joelho

  • Você pode se sentar ou diretamente deitar no chão.
  • Suba a perna, reta, uns 20 cm sobre o chão.
  • Mantenha esta posição por pelo menos 10 segundos e abaixe a perna enquanto flexiona o joelho.
  • Realize este exercício 10 vezes em cada perna.

5. Caminhar

Por último, mas não menos importante, encontrar-se caminhar.

  • Caminhe durante 30 ou 40 minutos com roupa confortável, sem acessórios que incomodem.
  • Invista em bons calçados esportivos, que lhe tragam a comodidade e suporte que precisa.

O caminhar não é trotar nem muito menos correr, mas tampouco é um passeio. Caminhe com um passo firme e constante diariamente.

Este exercício além de ajudar com problemas no joelho, ajuda todo seu corpo no geral a se manter saudável e em boas condições.

Lembre-se que o movimento constante é o único que ajudará que seus joelhos melhorem naturalmente. Consulte seu médico e comece sua rotina de exercícios.

Recomendados para você