5 dicas para limpar a pele corretamente

· 8 de maio de 2019
A limpeza da pele vai além da remoção da sujeira com água e sabão. Embora muitos ignorem, é importante esfoliar, tonificar e aplicar outros cuidados básicos. Ponto! 

Para limpar a sua pele corretamente, não é necessário comprar os produtos mais caros do mercado. Embora não possamos negar que eles geralmente são bastante úteis, existem outros cuidados básicos que podemos colocar em prática sem desculpas.

Felizmente, existem métodos bastante acessíveis que nos ajudam a limpar a pele sem ter que ir a um spa ou centro de beleza. Neste artigo, queremos compartilhar 5 recomendações para que você possa aplicá-las em sua rotina diária. 

Por que é importante limpar a pele?

Além das questões estéticas, limpar a pele corretamente é fundamental para promover o bem-estar. Embora nem sempre seja notório, em sua superfície estão acumulados resíduos que podem causar alterações. Na verdade, o acúmulo de gordura e sujeira desencadeia problemas como a acne.

Por outro lado, esses resíduos criam um ambiente propício à proliferação de bactérias, o que pode levar a infecções mais cuidadosas. Você quer mais razões para limpar a sua pele todos os dias? Além do que foi dito acima, outros benefícios da limpeza da pele são:

  • Prevenção de sinais prematuros de envelhecimento.
  • Diminuição do excesso de produção de oleosidade.
  • Eliminação de células mortas e impurezas.
  • Regeneração dos tecidos e maior oxigenação.
  • Maior hidratação.
  • Aparência mais suave e mais jovem.

Dicas para limpar a pele corretamente

É muito importante ter em mente que, para limpar a pele adequadamente, você não precisa de sabonetes convencionais ou produtos específicos. Embora essas alternativas sejam distribuídas como uma opção eficaz para remover resíduos e impurezas, elas nem sempre são boas.

Inclusive, muitos possuem componentes químicos que alteram o pH cutâneo e eliminam os óleos naturais que preservam os tecidos elásticos e hidratados. Portanto, quando se trata de fornecer uma limpeza, basta aplicar cuidados básicos, de preferência usando produtos de origem natural.

1. Use um sabonete neutro

Dicas para limpar a pele corretamente

Por muitos anos, algumas pesquisas foram documentadas mostrando que o uso de sabonetes convencionais pode afetar a saúde da pele. Devido aos seus componentes, eles podem destruir o pH cutâneo, eliminando os óleos naturais e as bactérias saudáveis.

Para resolver isso, é melhor optar pelo uso de sabonetes neutros, se possível, com base em ingredientes naturais. Suas fórmulas são muito mais suaves do que os sabonetes perfumados e, além disso, respeitam o pH levemente ácido da pele. Não se esqueça de retirá-los com água fria.

Confira ademais: 4 dicas para manter uma pele limpa e macia

2. Aplique um produto esfoliante

A aplicação dos esfoliantes ganhou muita importância nos últimos anos. De fato, para muitas mulheres eles se tornaram essenciais em suas rotinas de belezaPor qual motivo? Eles são o melhor complemento para limpar a pele corretamente, deixando-a livre de impurezas.

Graças aos seus ingredientes de textura granulada, eles contribuem para liberar os resíduos que não saem na lavagem normal do sabão. Além disso, eles têm um efeito adstringente que minimiza o acúmulo excessivo de sebo. Portanto, eles são perfeitos para combater problemas de acne e cravos.

Então, você não tem um esfoliante comercial à mão? A seguir, aprenda a preparar um com ingredientes naturais. Basta combinar um ingrediente granulado, como o açúcar mascavo ou cristal, com um hidratante, como óleo de coco ou mel. Depois de obter uma pasta grossa, aplique-a com movimentos circulares suaves, deixando agir por 3 ou 5 minutos.

3. Utilize produtos de limpeza à base de óleo

Utilize produtos de limpeza à base de óleo

Os óleos de limpeza à base de óleo oferecem algumas vantagens à limpeza da pele. Devido à sua composição, eles prendem a sujeira e separam as células mortas que são retidas na superfície. Além disso, eles não alteram a barreira natural de óleo da pele e o seu pH.

De fato, os removedores comerciais de maquiagem geralmente têm alguns óleos em sua composição, pois são adequados para remover as partículas de cosméticos que permanecem ligadas a áreas como os olhos, maçãs do rosto e cílios. Quais são os melhores óleos naturais?

Se você preferir usar óleos em preparações naturais para limpar a pele, opte por azeite, amêndoa doce ou coco. Você também pode gostar do óleo de uva, abacate ou óleo de argan. 

4. Utilize a água micelar para limpar a pele adequadamente

A água micelar é um produto concebido para todos os tipos de pele. Nos últimos anos ganhou muita popularidade, pois possui moléculas que atraem resíduos de sujeira e gordura do rosto, transportando-os pela água para a posterior remoção da pele.

O mais interessante é que pode ser uma alternativa para os tônicos convencionais. Seu uso regular ajuda a selar os poros, complementa a limpeza e tonifica os tecidos. Ela pode ressecar a pele? A resposta é não. Ela é livre de álcool, parabenos e outras substâncias que podem causar agressões à pele.

Não deixe de ler: Como desobstruir os poros da pele com 3 remédios

5. Faça máscaras faciais regulares

Faça máscaras faciais regulares

A aplicação de máscaras faciais ainda é válida como uma boa alternativa para limpar a pele corretamente. Seja comercial ou de origem natural, o seu uso facilita a remoção de partículas de sujeira e sebo retidas nos poros. O melhor de tudo é que elas hidratam os tecidos e ajudam a corrigir as imperfeições.

Em resumo…

Em conclusão, você pode fazer uma limpeza profunda da pele com produtos básicos que você costuma adquirir facilmente. O mais importante é realizar essa limpeza regularmente, pois isso evita o acúmulo de gordura, maquiagem ou sujeira.

  • Byrd, A. L., Belkaid, Y., & Segre, J. A. (2018). The human skin microbiome. Nature Reviews Microbiology. https://doi.org/10.1038/nrmicro.2017.157
  • Gfatter, R., Hackl, P., & Braun, F. (1997). Effects of soap and detergents on skin surface pH, stratum corneum hydration and fat content in infants. Dermatology. https://doi.org/10.1159/000245955
  • Orchard, A., & van Vuuren, S. (2017). Commercial Essential Oils as Potential Antimicrobials to Treat Skin Diseases. Evidence-Based Complementary and Alternative Medicine. https://doi.org/10.1155/2017/4517971
  • Walters, R. M., Mao, G., Gunn, E. T., & Hornby, S. (2012). Cleansing Formulations That Respect Skin Barrier Integrity. Dermatology Research and Practice. https://doi.org/10.1155/2012/495917
  • Hasenoehrl, E. (2010). Facial Cleansers and Cleansing Cloths. In Cosmetic Dermatology: Products and Procedures. https://doi.org/10.1002/9781444317657.ch12