5 dicas para enfrentar uma má notícia

28 de novembro de 2019
Dado que não podemos evitar que determinados fatos aconteçam, é bom aprender a enfrentar uma má notícia da melhor forma para que não interfira em nossa vida e não afete nosso bem-estar geral.

As más notícias nunca são bem-vindas. Surgem de maneira inesperada e algumas podem ser realmente dolorosas. Contudo, sabe como enfrentar uma má notícia?

Quando devemos enfrentar uma má notícia, sentimo-nos com falta de recursos para poder fazê-lo da melhor maneira. Por isso, é comum se sentir perdido e desorientado.

Dessa maneira, compartilhamos 5 dicas para enfrentar uma má notícia as quais poderão ser bem úteis.

Como enfrentar uma má notícia?

Mulher triste

1. Tome consciência dela

O primeiro dos conselhos para enfrentar uma má notícia é estar consciente do que aconteceu. Quando recebemos a notícia, costumamos nos deixar levar pelo estresse e pela ansiedade do momento. Contudo, isso nubla a mente e nos impede de ver o que aconteceu com clareza.

Portanto, o que temos que fazer ante uma notícia dessas é formular 3 perguntas essenciais:

  • O que posso fazer, agora mesmo, para resolver isso? Às vezes, não é possível fazer nada, por isso que é necessário praticar a aceitação.
  • Qual é a magnitude dessa notícia? Existem algumas que podem criar uma certa grandeza quando, de fato, se vistas com outra perspectiva não são tão graves.
  • Quem irá afetar? Temos que pensar nos membros de nossa família ou em algum amigo, caso esta notícia afete sua família.

2. Compartilhe a notícia

A pior coisa a se fazer quando receber uma notícia ruim é não a contar. Muitas vezes enganamos a nós mesmos dizendo «é que não quero preocupar ninguém». No entanto, é necessário expulsar o sentimento de alguma forma ou de outra.

Por isso, compartilhar uma notícia ruim ajudará a desabafar. Isso é essencial, já que qualquer notícia negativa terá um impacto emocional em nós. As emoções, se reprimidas, terminam saindo e não da maneira mais adequada ou agradável.

Você sabia? Reprimir as emoções pode bloquear o fígado

3. Tire alguns dias para si

Outro dos conselhos para enfrentar uma notícia ruim é tirar alguns dias para estar sozinho e com sua própria dor.

Visto que o ato de tentar não pensar no que ocorreu e se distrair somente fará com que, quando estiver sozinho, todas as emoções transbordem e se sentirá arrasado.

Nesse sentido, não há como escapar da dor nem das emoções negativas. Há que sentir tudo isso para aceitá-lo e permitir que a raiva, a dor ou a frustração fluam. Portanto, tire uns dias para si, para depois continuar com a vida.

4. Não deixe de viver

Homem preocupado

Soa muito duro, mas às vezes deixamos de viver quando não tiramos alguns dias para olhar para essa dor, que precisa ser expressa e expulsa. Isso pode fazer com que vivamos uma longa temporada, até mesmo anos, como se estivéssemos no piloto automático.

Não conseguimos saborear a vida, não a sentimos. Tudo isso é fruto de uma dor que foi internalizada e que nos impede de viver como realmente queremos. Nenhuma má notícia pode fazer com que deixemos de viver nossa vida. Para isso, é necessário enfrentá-la de maneira adequada.

Leia este artigo: 7 motivos para ir a um psicólogo

5. Peça ajuda quando precisar enfrentar uma má notícia

O último dos conselhos para enfrentar uma má notícia é que, caso seja incapaz de lidar com as próprias emoções e não consiga continuar com a vida depois dela, é bom pedir ajuda.

Os psicólogos são um grande apoio nos momentos em que não é possível ver uma saída, porque realmente existe uma. Os sentimentos de desesperança, de paralisia, desaparecerão assim que seja capaz de administrar as emoções.

Enfrentar uma má notícia sempre é complicado. Ainda que sempre aconteçam coisas inesperadas, de fato, nunca estamos preparados.

Nossas expectativas de que a vida seguirá bem sempre fazem com que, quando aparece uma má notícia, não sejamos capazes de lidar com ela de maneira eficaz.

Ao pedir ajuda e procurar um psicólogo, este dará as ferramentas necessárias para enfrentar uma notícia ruim da maneira adequada. Por sua vez, ensinará a enfrentar as futuras más notícias que surjam.

Por isso, apesar de um amigo ou um irmão poder ajudar muito, no caso de estar paralisado e não ser capaz de seguir vivendo, um psicólogo é a opção mais recomendada. Não a descarte.