5 bebidas que devemos evitar e suas alternativas saudáveis

· 19 de março de 2014
O consumo constante de bebidas com gás pode desencadear doenças renais, cardíacas e hepáticas. Para adoçar seus chás, opte pela estévia, que adoça muito mais que o açúcar e não tem calorias.

Você conhece bem os efeitos das bebidas açucaradas, light, com gás, estimulantes ou à base de sucos artificiais? Existem pessoas que as consomem diariamente, mas não conhecem seus prejuízos para a saúde a longo prazo. Conheça 5 bebidas que devemos evitar.

Explicaremos os motivos pelos quais devemos evitá-las e oferecemos algumas alternativas naturais e saudáveis para conseguir os mesmos resultados sem prejudicar o nosso corpo.

Bebidas que devemos evitar: as açucaradas

O açúcar branco não nos traz nenhum nutriente e muitos nutricionistas o consideram um veneno.

O açúcar branco contém as chamadas calorias vazias, que além de contribuírem com o sobrepeso, são um fator de risco no desenvolvimento do diabetes tipo 2, podendo também danificar os dentes.

Além disso, o açúcar branco acidifica o sangue e retira minerais como o cálcio do organismo, o que deixa os dentes e os ossos cada vez mais fracos.

Descubra: Como o açúcar afeta o seu organismo? Tudo o que você precisa saber

Apresentaremos algumas alternativas saudáveis ao açúcar branco:

  • Açúcar mascavo
  • Rapadura
  • Mel de abelha
  • Mel de cana de açúcar
  • Xarope de bordo
  • Xarope de agave
  • Melaços de cereais (arroz, cevada, etc)
  • Xaropes naturais de fruta (maçã, pera, etc)

Bebidas que devemos evitar: light

As bebidas light podem ser inclusive mais nocivas que as que contêm açúcar, já que possuem edulcorantes que, na maioria dos casos, é o aspartame, potencialmente cancerígeno.

Ainda que contenham menos calorias, estas bebidas não são uma opção saudável.

A melhor alternativa que encontramos é a estévia, uma planta com muitas propriedades medicinais que adoça muito mais que o açúcar e não contém nenhuma caloria.

Leia também: Benefícios da estévia na perda de peso

Tem um sabor especial, similar ao alcaçuz, que combina muito bem com as infusões de ervas.

Se para você for ao contrário e o sabor parecer muito forte para usar como adoçante, opte pela estévia refinada, pois ainda que não haja propriedades medicinais, também não contém componentes prejudiciais à saúde.

estevia-hebam3000

Uma opção muito simples, light e deliciosa é uma limonada com estévia. Bata no liquidificador um limão cortado em pedaços junto com água fresca, depois coe e, finalmente, adicione a estévia a gosto.

Se desejar, adicione também um pouco de menta ou erva-doce.

Bebidas que devemos evitar: com gás

O consumo habitual de bebidas com gás aumenta o risco de sofrer doenças cardiovasculares, segundo um estudo realizado pela Universidade de Boston dos Estados Unidos.

Por este motivo, deverão evitá-las especialmente aquelas pessoas que sofrem com problemas do coração ou tenham fatores de risco ou antecedentes familiares.

A longo prazo, o consumo habitual destas bebidas pode ocasionar doenças crônicas nos rins, coração ou fígado, além da cada vez mais habitual síndrome metabólica, que abrange todo tipo de disfunções como colesterol, hipertensão, triglicerídeo elevados, etc.

Sucos artificiais

Os sucos que compramos já preparados não são uma opção saudável para o dia a dia. Se o consumo não for habitual, podem até ser uma boa alternativa para as bebidas açucaradas, light ou com gás, mas não devemos nos acostumar a tomá-los todos os dias.

As frutas que são usadas são de baixa qualidade, são adicionados conservantes e, em muitos casos, também o açúcar.

Somente ao provar estes sucos, podemos perceber a diferença com um suco natural, o que demonstra que o processo de preparação é muito diferente.

Ainda que escolhamos, preferivelmente, sucos refrigerados e espremidos, não concentrados e, se possível orgânicos e sem açúcar, a opção mais saudável é preparar nossos próprios sucos naturais.

Esta é a opção mais vitamínica e remineralizante, e podemos preparar os sucos no liquidificador ou no espremedor. Podemos também provar combinações com menta, gengibre, canela, etc.

zumo-con-maca-Food-Thinkers

Bebidas que devemos evitar: estimulantes

As bebidas de cola e guaraná contêm substâncias estimulantes que, se consumidas de maneira habitual, podem alterar nossos biorritmos e o nosso sistema nervoso.

É especialmente importante que as crianças não as consumam, ainda mais se tiverem tendência à hiperatividade ou déficit de atenção, e também as pessoas nervosas ou que sofram com insônia.

Outros pontos são o café e o chá, que ainda que contenham teína, também possuem propriedades benéficas para a saúde. Neste caso, é melhor não abusar deles, e que as pessoas que sofrem com a insônia ou estados de nervosismo os evitem, principalmente a partir de meio-dia.

Mesmo que seja difícil de acreditar, as melhores bebidas estimulantes são os sucos naturais, aos quais podemos adicionar suplementos como:

  • Pólen
  • Levedura de cerveja
  • Gérmen de trigo
  • Mel
  • Maca peruana
  • Espirulina
  • Gengibre
  • Canela