Você sofre de ansiedade? 4 formas de enfrentá-la

A ansiedade pode nos controlar facilmente. No entanto, se nos encarregarmos da situação, podemos lidar com ela.
Você sofre de ansiedade? 4 formas de enfrentá-la

Última atualização: 26 Junho, 2021

Você sente que está constantemente andando na corda bamba? Você percebe que os problemas o consomem e que o menor desequilíbrio o faz entrar em colapso? Talvez você precise se perguntar se sofre de ansiedade.

É importante diferenciar entre uma sensação pontual, em momentos específicos, e aquela que se torna crônica. Isso pode causar complicações, não só a nível mental, mas também a nível físico.

Sofrer de ansiedade: um problema de saúde mundial

Você sofre de ansiedade
A ansiedade geralmente ocorre em conjunto com a depressão.

De acordo com este estudo realizado pela Dra. Ritchie, cerca de 284 milhões de pessoas no mundo sofrem de ansiedade. Trata-se de cerca de 4% da população mundial, da qual, segundo os dados disponibilizados, 4,7% são mulheres, contra 2,8% homens.

No organismo, quando você sofre de ansiedade constante, o cérebro libera grandes quantidades de adrenalina, cortisol e outros hormônios que afetam o comportamento normal do nosso corpo. Por isso, podemos sofrer diferentes desconfortos e condições:

  • Dor de cabeça.
  • Enjoos.
  • Aumento da pressão arterial.
  • Perda de apetite.
  • Distúrbios digestivos, como constipação ou diarreia.
  • Exaustão.
  • Perda do desejo sexual.

Conselhos para sua vida se você sofre de ansiedade

Sabendo que a ansiedade está na mente e não é produto de uma realidade, existem maneiras diferentes de ajudar a administrá-la. A maneira como tratamos nosso corpo tem um impacto direto na mente. Por isso, alimentos ​​e hábitos saudáveis ​​são fundamentais.

1. Cuide do seu corpo

Este estudo conduzido por uma equipe da Duke University (Estados Unidos) mostram que a cafeína piora a ansiedade, pois dobra os níveis de cortisol no sangue e, por sua vez, reduz o ácido aminobutírico, um relaxante natural do corpo.

Por sua vez, o álcool altera os níveis de serotonina, o que eleva os níveis de estresse. De acordo com esta pesquisa realizada por uma equipe da Universidade da Carolina do Sul, o consumo de álcool também pode aumentar o transtorno de ansiedade.

É necessário considerar a manutenção de hábitos saudáveis. Existem mais de 10 milhões de neurotransmissores entre o trato digestivo e o cérebro que se comunicam em dois sentidos.

Procure seguir uma dieta rica em frutas e vegetais, além de uma hidratação adequada. Dispense alimentos ultraprocessados, doces e alimentos com açúcares industrializados.

2. Se você sofre de ansiedade, durma o suficiente

A ansiedade pode causar problemas para dormir, mas não o fazer, por sua vez, aumenta o próprio distúrbio principal. Se você sofre de insônia por ansiedade, é muito importante que vá ao médico.

Você precisa acabar com esse problema antes que ele comece a afetar suas rotinas diárias.

3. Faça exercícios

você sofre de ansiedade
O exercício físico constante não só ajuda a combater a ansiedade, mas também a prevenir outras doenças.

De acordo com este estudo realizado por uma equipe de pesquisadores da Universidade do Texas, o exercício físico melhora os sintomas associados à ansiedade.

Tente praticar algum esporte todos os dias. Não importa se é uma caminhada rápida de meia hora, natação ou aeróbica: o importante é que você se mova. Ioga ou Pilates são altamente recomendados.

4. Cuide de sua mente

Seja positivo e reconheça que os medos quase sempre são injustificados. Tudo, mesmo as situações ruins, tem um lado positivo e é sempre temporária. Mantenha a sua mente focada nos aspectos otimistas que o rodeiam.

Da mesma forma, você pode tentar técnicas de meditação ou respiração. É recomendável, obviamente, seguir as orientações de um especialista em saúde mental. Considere ir à terapia; será útil quando se trata de enfrentar a ansiedade.

Entre em ação!

Como já mencionamos, se você sofre de ansiedade, o melhor é procurar um psicólogo. Não importa se parece uma questão de menos importância para você: a sua saúde mental é tão importante quanto a saúde física.

Um especialista o ajudará a se sentir mais compreendido. Ele lhe dará orientações para ir, pouco a pouco, superando cada obstáculo e o ensinará como enfrentar os problemas do dia a dia de forma positiva.

Pode interessar a você...
Como reduzir a ansiedade com esses remédios caseiros
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Como reduzir a ansiedade com esses remédios caseiros

Se quisermos realizar um tratamento para reduzir a ansiedade de nossas vidas, devemos considerar questões emocionais e consultar um psicoterapeuta.