Você pode engravidar com um implante de progesterona?

O implante de progesterona é um método contraceptivo subdérmico com alta porcentagem de confiabilidade. Mas, como todos os métodos contraceptivos, não é infalível. O procedimento de colocação deste implante é fundamental para sua eficácia.
Você pode engravidar com um implante de progesterona?

Última atualização: 10 Janeiro, 2021

A ciência avançou em relação a métodos cada vez mais seguros de contracepção. No entanto, uma proteção de 100% não é possível. O implante de progesterona é muito confiável, mas a sua eficácia está sujeita à forma de uso, assim como outros métodos.

Entre 1999 e 2000, começou a comercialização deste contraceptivo em todo o mundo. Sua eficácia é estimada em 99%. Ou seja, apenas 1% das mulheres pode engravidar. Uma porcentagem, sem dúvida, muito pequena, mas existe uma probabilidade.

O que é o implante de progesterona?

Os implante de progesterona não previnem a gravidez

Também é conhecido como implante subdérmico por ser colocado sob a pele do braço de uma mulher. Este dispositivo libera lentamente progestina, uma versão sintética do hormônio progesterona como aponta este estudo publicado na revista Perinatología y reproducción humana.

Este método contraceptivo é ideal para mulheres que preferem adiar a gravidez a longo prazo, pois garante proteção durante 3 a 5 anos, dependendo do tipo de produto.

Após esse tempo, a mulher pode decidir se o implante será removido, se outro será colocado ou se ela deseja engravidar. Neste caso, depois de ser removido e após um a três meses, a ovulação volta ao normal.

O implante de progesterona é um cilindro ou cápsula flexível que é colocado e removido com um procedimento cirúrgico simples. O médico usa anestesia local e não requer hospitalização. Sua função é impedir a ovulação e engrossar o muco cervical, o que dificulta a chegada do espermatozoide ao útero.

Vantagens oferecidas

  • Não é preciso tomar uma pílula todos os dias.
  • Não interfere com a espontaneidade durante a relação sexual.
  • Promove a redução da dor menstrual.
  • É ideal para aquelas mulheres que não podem tomar comprimidos que contenham estrogênio.
  • Pode ajudar a proteger contra infecções vaginais, uma vez que o tampão de muco que o implante produz no colo do útero impede que as bactérias atinjam o local.

Desvantagens associadas

  • Pode aparecer sangramento entre uma menstruação e outra.
  • Em algumas mulheres, a menstruação se torna rara, ou até para completamente.
  • Se você tiver sangramento anormal, os implantes de progesterona não poderão ser colocados.

Ele tem outros efeitos colaterais?

Os implante de progesterona podem desencadear dores de cabeça

Sim, o implante possui outros efeitos colaterais. Geralmente, ocorre nos primeiros meses após a colocação e são semelhantes aos produzidos por outros métodos contraceptivos hormonais. É normal que estes efeitos desapareçam 3 ou 4 meses após a colocação do implante de progesterona. Os efeitos colaterais podem ser:

  • Dor de cabeça.
  • Dor nas mamas.
  • Tontura e náusea.
  • Retenção de líquidos.
  • Aumento da acne, embora algumas mulheres relatem melhorias.

E isso é evidenciado pelo estudo publicado na revista Perinatología y reproducción humana, de que já falamos anteriormente.

Em quais casos ele é contraindicado?

  • Se você tiver alergia (hipersensibilidade) à substância ou componentes ativos do implante.
  • No caso de sofrer de trombose.
  • Quando há antecedentes de câncer de mama ou dos órgãos genitais.
  • Se você já teve icterícia (amarelecimento da pele) ou tumores no fígado.

Quando o implante de progesterona pode falhar?

Mulher consultando sobre implante de progesterona

A chave para não engravidar é o seu posicionamento correto. Um ginecologista bem treinado na inserção do implante de progesterona garante que este produto não falhe na proteção contraceptiva que a mulher necessita.

Para colocar o implante, você deve ter certeza de que não está grávida. Por esse motivo, é comum que o implante seja colocado pela primeira vez cinco dias após o início da menstruação, o que garante que não há gravidezA partir desse momento, o implante já passa a ter efeito. E isso é comprovado por este trabalho realizado por pesquisadores da Universidad Regional Autónoma de los Andes “Uniandes”.

Quando devo ir ao médico?

  • Se você não conseguir sentir o implante.
  • Quando o formato do implante parecer ter mudado.
  • Se você notar qualquer alteração na sua pele ou sentir dor na área ao redor do implante.
  • No caso de engravidar.

E se você quiser engravidar?

O implante simplesmente é removido. A vantagem de usar este método contraceptivo é que, toda vez que você decidir engravidar, só precisa pedir ao seu médico para removê-lo e a fertilidade é restaurada em um período curto de tempo. Em apenas um mês, no máximo três meses, seus ciclos ovulatórios estarão completamente normais.

Sobre o implante de progesterona

Mulher olhando para as pílulas anticoncepcionais

A eficácia dos implantes de progesterona depende da sua colocação correta, mas, em geral, podemos dizer que a mulher que os usa não pode engravidar.

No entanto, sempre recomendamos que você consulte o seu ginecologista para saber qual é o melhor anticoncepcional para você e seu estilo de vida. Tomar a melhor decisão permitirá que você desfrute plenamente de sua sexualidade e conceba no momento desejado.

Pode interessar a você...
Implantes anticoncepcionais: saiba tudo aqui
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Implantes anticoncepcionais: saiba tudo aqui

Este método tem atraído cada vez mais mulheres por sua praticidade, durabilidade e eficácia. Os implantes anticoncepcionais funcionam por três anos.