Sangramentos vaginais fora dos ciclos, qual é a causa?

· 7 de outubro de 2017
Se apresentamos sangramentos vaginais entre os períodos menstruais é bom procurar um ginecologista para realizar um exame médico e comprovar a causa e, também, descartar possíveis complicações

Os sangramentos vaginais que aparecem no meio do ciclo menstrual são chamados de sangramentos intermenstruais ou metrorragias. Portanto, tal sangramento é reconhecido pela presença e saída de sangue por meio da vagina fora dos dias correspondentes à menstruação.

A metrorragia pode ser causada por vários fatores e embora muitas pessoas acreditem que se deve a ciclos menstruais irregulares, não bem é assim.

O sangramento entre cada menstruação é sinal de que algo não está indo bem em seu corpo e, por isso, é importante conhecer a causa para evitar alguma complicação.

Se você é uma mulher com um ciclo bastante regular e alguma vez passou por isso, não se alarme!

Se isso está acontecendo e você não tem ideia da origem, mostraremos aqui as principais causas dos sangramentos vaginais fora dos ciclos menstruais com a finalidade de que você entenda mais sobre o seu corpo.

Causas dos sangramentos vaginais intermenstruais

Existem muitas causas que podem levar a este sintoma. No entanto, os ginecologistas as dividem em três principais:

  • Vaginal;
  • Uterina;
  • Ovárica.

Já que o sangue pode vir de qualquer um destes três lugares, este sintoma pode ser causado por vários motivos.

Contraceptivos

Contraceptivos podem gerar sangramentos vaginais fora dos ciclos menstruais

As pílulas contraceptivas e, especialmente, os dispositivos contraceptivos como o intrauterino (DIU) podem ser os causadores dos sangramentos irregulares.

Isso pode ser devido à quantidade de hormônios contidos na fórmula ou, no caso do DIU, por machucar ou por uma colocação errada.

Se você começou algum tratamento contraceptivo e está acontecendo isso, converse com o seu ginecologista, afinal de contas ele pode avaliar seu caso e indicar outro tratamento a fim de evitar o sangramento.

Lembre-se de que os tratamentos de contracepção tendem a descontrolar um pouco o ciclo menstrual, por isso que você pode ter episódios de um fluxo muito abundante ou, pelo contrário, fluxo sumamente escasso.

Problemas hormonais

O corpo das mulheres possui dois hormônios principais (estrogênio e progesterona) que se encarregam de regular o ciclo menstrual.

Dessa forma, quando ocorre algum desequilíbrio entre estes dois, podem ocorrer irregularidades tanto no ciclo como nos resto dos dias.

Isso pode causar menstruações muito dolorosas, fluxo muito abundante ou, eventualmente, sangramentos.

Tais desequilíbrios podem ser causados por:

Doenças sexualmente transmissíveis (DSTs)

Mulher com dor genital por causa dos sangramentos vaginais

As DSTs, especialmente a gonorreia e a clamídia, podem apresentar sintomas de sangramento vaginal principalmente depois de manter relações sexuais sem proteção. Por isso é muito importante ficar atenta aos sintomas.

Entre os sintomas que as DSTs apresentam podemos encontrar:

Todos estes sintomas são acompanhados de sangramentos abundantes no meio do ciclo menstrual.

Se apresentarmos algum destes sintomas, é muito importante consultar imediatamente um médico para realizar os exames pertinentes e descartar qualquer complicação, pois estes não são sintomas normais.

Infecções

Esta é uma das causas mais comuns de sangramentos vaginais e entre estas encontramos infecções de vias urinárias ou vaginais.

Este sintoma se apresenta durante as infecções, já que estas inflamam e irritam. Assim, podem causar um sangramento, mesmo que em sua maioria seja muito leve.

Assim, uma infecção pode se apresentar por:

  • Falta de higiene;
  • Descontrole hormonal;
  • Infecções de transmissão sexual;
  • Lavagens vaginais;
  • Menopausa.

Também pode aparecer durante a conhecida menopausa iminente. É quando se apresentam ligeiras manchas ou um sangramento muito leve no meio do processo da menopausa.

Mesmo quando o sangramento vaginal tiver desaparecido e a atividade dos ovários parado, as mulheres continuam apresentando um fluxo um pouco marrom, muito parecido com sangue.

Visite este artigo: 5 cuidados para ter com a pele durante a menopausa

Pólipos no útero

Pólipos no útero podem ser a causa dos sangramentos vaginais

Estes crescimentos com origem no útero podem ser causadores de sangramentos vaginais. No entanto, muitas mulheres não notam diferença alguma, apenas um ou outro sintoma.

A presença de sangue ou câimbras abdominais pode ser sinal de que algo está acontecendo a nível uterino, portanto, isso deve ser investigado.

Fibromas

Os fibromas são tumores benignos, ou seja, não cancerígenos. Eles se formam no útero e são detectados por um ginecologista.

Em síntese, os fibromas apresentam sintomas como:

  • Dor durante o sexo;
  • Necessidade de urinar constantemente;
  • Cólicas;
  • Sangramentos vaginais intermenstruais;
  • Cistos ovarianos.

São gerados nos ovários e se rompem logo depois da liberação do óvulo. Assim, este rompimento gera câimbras, dores de barriga e sangramentos vaginais.

Mesmo que estas sejam as causas mais comuns dos sangramentos vaginais fora das menstruações, recomendamos que, diante do primeiro sintoma, você procure um ginecologista. Dessa forma, o médico vai avaliar suas condições e assim poderá evitar um problema de saúde mais grave.