6 vantagens e 7 desvantagens do coletor menstrual

O copo menstrual é uma alternativa segura para a menstruação feminina e que se tornou muito comum nos últimos anos, não só pelo seu conforto, mas por não gerar resíduos tóxicos para o meio ambiente, como absorventes externos ou internos. Apresentamos aqui algumas vantagens e desvantagens desse produto.
6 vantagens e 7 desvantagens do coletor menstrual

Última atualização: 14 Maio, 2021

O coletor menstrual é uma alternativa ao uso de absorventes externos ou internos. Sua popularidade tem aumentado nos últimos anos, não só pelo conforto, mas também pela contribuição ao meio ambiente, uma vez que não deixa resíduos poluentes.

Esse pequeno recipiente cria um vácuo no qual os fluidos são coletados e deve ser removido e higienizado a cada 8 a 12 horas. Geralmente, é feito com materiais inócuos, como silicone medicinal, látex ou elastômero medicinal, entre outros. A seguir, vamos apresentar algumas vantagens e desvantagens do coletor menstrual que você deve levar em consideração. Continue lendo para saber mais!

Vantagens do coletor menstrual

Segundo evidências científicas e depoimentos de muitas mulheres que já o experimentaram, o coletor menstrual é um elemento que oferece várias vantagens.

1. É um bom investimento

Coletor menstrual

Apesar de seu preço, que gira em torno de R$ 50 reais, dependendo do tipo do kit, o coletor menstrual não deixa de ser um bom investimento. Tanto os absorventes externos quanto os internos são descartáveis, enquanto o coletor menstrual pode ser usado repetidas vezes.

De fato, ele tem uma vida útil de 10 a 15 anos, dependendo dos cuidados prestados. Portanto, o dinheiro que você investe na compra de um coletor menstrual é recuperado em três ou quatro meses.

2. O coletor menstrual é ecológico

O uso de absorventes externos e internos produz milhares de toneladas de resíduos que levam de 150 a 160 anos para se desintegrar. Contudo, uma mulher precisará apenas de alguns coletores menstruais durante sua vida. Isso freia a produção de milhares de toneladas de resíduos e contribui para o meio ambiente.

3. É higiênico

Graças às propriedades de seus materiais, o coletor menstrual atrai menos bactérias do que os absorventes internos. Além disso, não seca, irrita ou maltrata a região vaginal e ajuda a manter o equilíbrio da sua microbiota.

Nesse sentido, pode-se dizer que o coletor menstrual evita o aparecimento de infecções e o choque tóxico que os absorventes internos podem produzir. Isso porque o silicone com que é feito é inerte e não contribui para a proliferação de germes, se for devidamente limpo.

4. É mais confortável

Mulher fazendo ioga

O coletor menstrual pode ser usado por longos períodos de tempo, dependendo do fluxo da pessoa. Geralmente, é recomendado usá-lo por 8 a 12 horas. Pode até ser utilizado durante a noite ou ao fazer exercícios de alta performance e flexibilidade.

De fato, os acidentes são reduzidos ao mínimo, pois o mecanismo de vedação a vácuo dentro da vagina previne os vazamentos, de modo que proporciona mais conforto e segurança durante o período menstrual.

5. É seguro

Os absorventes externos ou internos são feitos a partir de produtos químicos sintéticos processados, como as dioxinas, que podem ser prejudiciais à saúde. Ou seja, são substâncias muito tóxicas que são produzidas involuntariamente em processos que lidam com substâncias cloradas, entre elas, papel branqueado, absorventes internos ou produtos cosméticos e farmacêuticos.

Em relação a isso, uma publicação da Organização Mundial da Saúde comenta que essa substância é altamente tóxica e pode afetar o sistema imunológico e interferir no funcionamento dos hormônios.

Diferentemente, o coletor menstrual não tem nenhum químico prejudicial ou branqueadores. Não absorve nem libera qualquer tipo de substância no corpo, por isso é totalmente seguro.

6. Uso prolongado

O coletor menstrual é anatômico, pois se adapta às paredes vaginais sem a possibilidade de vazamento, apesar da movimentação da mulher. Além disso, pode ser usado por mais de 10 anos sem nenhum problema.

Desvantagens do coletor menstrual

Assim como esse elemento pode ser vantajoso em muitos cenários, em outros nem tanto. De fato, em um estudo realizado no Quênia, observou-se que adolescentes (14-16 anos de idade) sofreram acidentes no início ao tentar colocar ou retirar o coletor menstrual: eles caíam na provada, eram perdidos ou diretamente danificados.

Coletor menstrual ou absorvente interno

1. O tamanho muda de acordo com a fase de cada mulher

Cada mulher é diferente e é por isso que existem diferentes tamanhos de coletores menstruais. O tamanho dependerá da idade, da constituição física, da quantidade do fluxo ou de ter tido filhos através de parto natural ou não. O problema é que em alguns casos essas especificações não são tão precisas.

2. Não é muito fácil de colocar nas primeiras vezes

Embora a forma como é colocado seja semelhante à do absorvente interno, nas primeiras vezes pode ser um pouco desconfortável posicioná-lo corretamente. Além disso, se não for colocado corretamente, pode haver o risco de vazamentos incômodos. É necessário ter muita paciência para aprender a colocá-lo, mas o lado bom é que, uma vez que se consegue, tudo começa a ficar muito mais fácil.

3. Valor do investimento

Como discutimos anteriormente, os coletores menstruais não são o que há de mais econômico no mercado com relação ao preço de outros produtos tradicionais. Isso se deve à qualidade do design e dos materiais. No entanto, é um investimento que pode ser recuperado em poucos meses.

4. Trocar e lavar o coletor menstrual

O coletor menstrual é reutilizável e deve ser trocado após um certo tempo. Isso inclui lavá-lo com sabão e água. O problema é que, se você não estiver em casa, esse processo pode ser complicado. Para evitar isso, você pode trocá-lo antes de sair de casa e lavá-lo ali mesmo e não em um local público.

5. Exige mais cuidados de limpeza

A cada mês, uma vez terminado o seu ciclo menstrual, você deve desinfetá-lo. Deve-se colocá-lo para ferver em água durante 5 minutos para esterilizar e evitar riscos. Além disso, cada troca exige uma boa limpeza das mãos para manusear o produto e evitar qualquer infecção interna.

6. Desconforto ao retirá-lo

O coletor menstrual funciona com vedação a vácuo. Algumas mulheres não sabem que é necessário romper o vácuo criado ao apertar o fundo do produto na hora de removê-lo. Caso contrário, a experiência com o copo menstrual será desconfortável.

7. Aprovação sanitária

 

Em alguns países, algumas marcas de coletores menstruais não têm registro sanitário das autoridades correspondentes. É muito importante verificar sua qualidade, os materiais de fabricação e os efeitos colaterais que eles podem provocar e, mais importante ainda, que eles tenham a aprovação sanitária para não prejudicar a saúde de quem o utiliza.

Para considerar sobre o coletor menstrual

O coletor menstrual é uma alternativa inovadora para as mulheres e, até a presente data, é apresentado como um produto feminino sem risco. Embora tenha muitas vantagens, também é necessário saber que é um produto que requer muita limpeza e conhecimento para ser usado corretamente.

Se você tiver alguma dúvida, consulte o seu ginecologista ou médico especialista para ver se esse produto pode ser útil ou não. Embora hoje em dia seja muito fácil encontrar um coletor menstrual online, por exemplo, é aconselhável comprá-lo em um local seguro como em uma farmácia, pois isso dá garantias de que se trata de um produto sanitário em bom estado.

Pode interessar a você...
6 hábitos que prejudicam a saúde vaginal
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
6 hábitos que prejudicam a saúde vaginal

Conheça neste artigo alguns hábitos que prejudicam a saúde vaginal sem que nos demos conta e fique atenta para evitá-los sempre que possível.