A aromaterapia ajuda a aliviar a dor menstrual?

Os aromas de alguns óleos essenciais parecem ter um efeito calmante em situações como as dores menstruais. Contaremos a você o que dizem as pesquisas e como obter esse efeito em casa.
A aromaterapia ajuda a aliviar a dor menstrual?

Última atualização: 27 Março, 2021

A aromaterapia tem sido usada desde os tempos antigos como um adjuvante para aliviar a dor menstrual e outros tipos de incômodos. Utiliza óleos essenciais obtidos de várias plantas, que possuem atividade anti-inflamatória e calmante de acordo com algumas pesquisas.

Embora não seja um tratamento de primeira linha para a dismenorreia, muitas mulheres optam por aplicá-lo nos dias da menstruação, pois experimentam uma agradável sensação de alívio. O que dizem os estudos sobre isso? Como fazer uma sessão em casa? Continue lendo!

O que é a aromaterapia?

A aromaterapia é um tratamento complementar que utiliza vários compostos vegetais e óleos essenciais cujas propriedades promovem o relaxamento e o alívio da dor. Eles são usados ​​por inalação ou por aplicação na pele (combinados com um óleo carregador).

Eles são populares na medicina tradicional chinesa, pois acredita-se que ajudem a aliviar a artrite reumatoide, dores musculares e problemas respiratórios, entre outras doenças. Mesmo assim, não são considerados parte da medicina convencional, dada a falta de evidências que respaldem seus efeitos.

Benefícios da aromaterapia
Os aromas são carregados em óleos que contribuem para a mistura e difusão.

Como a aromaterapia ajuda a aliviar a dor menstrual?

Uma das aplicações mais relevantes da aromaterapia tem a ver com o alívio da dor menstrual. Por anos, muitas mulheres com dismenorreia primária usaram esse método como um suplemento para aliviar os sintomas. Embora faltem estudos sobre a sua eficácia, há dados anedóticos que falam sobre os seus benefícios.

Acredita-se que, tanto na inalação quanto na massagem, essa terapia reduz a intensidade das cólicas menstruais e outros sintomas associados à menstruação. Como ela age? Segundo alguns cientistas, a explicação estaria no efeito placebo.

No entanto, existem hipóteses que sugerem que os óleos usados ​​têm atividade analgésica e anti-inflamatória. Consequentemente, ajudam a amenizar a dor e a inflamação que aparecem na barriga durante o período menstrual.

O que as pesquisas dizem sobre a aromaterapia e a dor menstrual?

Como já discutimos, não há evidências suficientes para garantir que a aromaterapia seja capaz de aliviar a dor menstrual. Apesar disso, há pesquisas que sugerem efeitos positivos contra a dismenorreia.

Por exemplo, um estudo publicado no Journal of Clinical Medicine descobriu que o uso terapêutico de óleos essenciais na aromaterapia pode acalmar a dismenorreia primária. Esses efeitos ocorrem tanto na sua aplicação por meio da massagem quanto na inalação.

Enquanto isso, um ensaio clínico randomizado publicado no Journal of Alternative and Complementary Medicine descobriu que a aromaterapia com lavanda, sálvia e rosa – aplicada topicamente – é eficaz na redução da gravidade das cólicas menstruais.

Por sua vez, uma pesquisa descobriu que uma massagem com uma combinação de óleos essenciais (canela, cravo, rosa e lavanda) com óleo de amêndoa foi útil para aliviar a dor e até mesmo o excesso de sangramento durante o período. No entanto, mais estudos são necessários para comprovar isso.

Como fazer uma sessão de aromaterapia em casa?

Uma das principais vantagens da aromaterapia é que ela é considerada segura para a maioria das pessoas. Além disso, você pode fazer uma sessão em casa com poucos ingredientes. Basta obter os óleos essenciais básicos e um óleo de base, como azeite, coco ou amêndoas.

Ingredientes

  • 5 gotas de óleo essencial (lavanda, rosas, sálvia, camomila).
  • 1 colher de sopa de óleo de base (15 gramas)

Instruções

  • Para começar, combine as gotas de óleo essencial com uma colher de sopa de óleo de base (coco, azeite de oliva ou amêndoas).
  • Depois de fazer a mistura, aplique o óleo na área abdominal com uma massagem suave.
  • Faça movimentos circulares por 5 a 10 minutos.
  • Se a dor persistir, você pode refazer a massagem 3 ou 5 vezes ao dia.

Opcional

  • Dilua 5 a 10 gotas do óleo essencial em uma panela com água fervente.
  • Em seguida, vá até a panela e inale a fumaça.
  • Você pode fazer o mesmo com um difusor de perfume.
Mulher com cólica
As cólicas menstruais são incômodas para muitas mulheres, a ponto de impedi-las de realizar as atividades da vida diária.

Advertências sobre a aromaterapia

Na maioria dos casos, as sessões de aromaterapia são seguras. Apesar disso, recomenda-se fazer um pequeno teste dos óleos antes de aplicá-los integralmente na pele. Para fazer isso, esfregue uma quantidade mínima na pele e espere um dia. Se após esse tempo não houver sinais de irritação ou desconforto, ele pode ser usado sem problemas.

Alguns óleos inalados também podem causar reações alérgicas em certas pessoas. Portanto, se houver congestão, espirros ou outros sintomas de alergia ao usá-los, é melhor interromper a aplicação.

Aromaterapia: um suplemento para aliviar a dor menstrual

Quando se trata de aliviar a dor menstrual, a aromaterapia pode ser um suplemento útil. Apesar disso, não é um tratamento de primeira linha e seus efeitos podem ser apenas temporários.

Se a dismenorreia for frequente e incapacitante, é melhor consultar um médico. O profissional determinará se é necessário fazer exames complementares e orientará sobre outras opções terapêuticas.

Pode interessar a você...
O que é a dor intermenstrual?
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
O que é a dor intermenstrual?

Muitas mulheres sentem um mal-estar durante a menstruação, mas também pode ocorrer uma dor intermenstrual, aquela que aparece entre duas menstruações.



  • Silva J, Abebe W, Sousa SM, Duarte VG, Machado MI, Matos FJ. Analgesic and anti-inflammatory effects of essential oils of Eucalyptus. J Ethnopharmacol. 2003 Dec;89(2-3):277-83. doi: 10.1016/j.jep.2003.09.007. PMID: 14611892.
  • Cooke B, Ernst E. Aromatherapy: a systematic review. Br J Gen Pract. 2000;50(455):493-496.
  • Lakhan SE, Sheafer H, Tepper D. The Effectiveness of Aromatherapy in Reducing Pain: A Systematic Review and Meta-Analysis. Pain Res Treat. 2016;2016:8158693. doi:10.1155/2016/8158693
  • Masaoka Y, Takayama M, Yajima H, Kawase A, Takakura N, Homma I. Analgesia Is Enhanced by Providing Information regarding Good Outcomes Associated with an Odor: Placebo Effects in Aromatherapy?. Evid Based Complement Alternat Med. 2013;2013:921802. doi:10.1155/2013/921802
  • de Cássia da Silveira E Sá R, Lima TC, da Nóbrega FR, de Brito AEM, de Sousa DP. Analgesic-Like Activity of Essential Oil Constituents: An Update. Int J Mol Sci. 2017;18(12):2392. Published 2017 Dec 9. doi:10.3390/ijms18122392
  • Marzouk, T. M. F., El-Nemer, A. M. R., & Baraka, H. N. (2013). The Effect of Aromatherapy Abdominal Massage on Alleviating Menstrual Pain in Nursing Students: A Prospective Randomized Cross-Over Study. Evidence-Based Complementary and Alternative Medicine, 2013, 1–6. https://doi.org/10.1155/2013/742421