Uma educação de sucesso para crianças com Down

· 7 de abril de 2019
Crianças com síndrome de Down exigem mais apoio, carinho e atenção de seus pais. No entanto, para uma educação bem-sucedida, é aconselhável que pratiquem atividades que desenvolvam e estimulem suas habilidades.

As crianças com síndrome de Down têm as mesmas necessidades e devem ser tratadas como qualquer outra criança.

Na educação dessas crianças, é essencial uma boa comunicação dos pais, atenção à saúde e nutrição e, acima de tudo, o apoio de toda a família.

Assim, caso você tenha um filho com essa alteração, também tente fazer com que ele se envolva em alguma atividade para desenvolver suas habilidades e explorar seus talentos.

O que é síndrome de Down?

A síndrome de Down é uma alteração genética que é o resultado de uma cópia adicional que ocorre no cromossomo 21. A anomalia ocorre em 1 de cada 1.000 nascimentos e é considerada uma das mais comuns em todo o mundo.

As causas da síndrome de Down não são muito claras. Há uma porcentagem de casos de crianças com síndrome de Down que são hereditárias e há também outros casos que estão associados com a idade da mãe. Além disso, não há causa específica que provoque essa síndrome.

Menina com Down

Fisicamente, crianças com síndrome de Down compartilham certas características. Por exemplo, olhos amendoados, boca, lábios e orelhas pequenas são algumas das suas características.

No entanto, essas crianças podem ter personalidades completamente diferentes. Sua maneira de aprender e seu senso de humor também podem ser diferentes. O que é certo é que essas crianças desfrutam de grande inteligência emocional e gostam de expressar afeição.

Leia este artigo: Modelo com síndrome de Down triunfa em Nova York

Como tratar as crianças com síndrome de Down?

Ser pai de crianças com síndrome de Down é uma aventura positiva. No entanto, pode ser um pouco perturbador para algumas pessoas devido à falta de informações sobre este tema.

Se o seu filho tiver essa alteração, não fique com medo. A educação do seu filho pode ser completamente convencional, especialmente se for guiada pelo seu carinho e pelo da família.

Existem muitas dicas sobre como tratar crianças com síndrome de Down. A coisa fundamental que você precisa saber é entender que eles são totalmente normais e, portanto, devem ser tratados como tal.

Para isso, é necessário que você tenha a melhor atitude e a maior compressão. Como sempre, a ideia é que você transmita ao seu filho todo esse amor que você sente por ele.

A comunicação dos pais

A boa comunicação dos pais com os filhos é extremamente importante. No caso de você ter filhos com síndrome de Down, deve prestar mais atenção à sua forma de expressão.

As crianças com esse distúrbio geralmente demoram mais para adquirir a fala. Da mesma forma, podem ter problemas de linguagem e para se comunicar. No entanto, você não deve se desesperar. Tente ser paciente e encontre métodos para entender seu filho de maneira eficaz.

A interação com irmãos e outras crianças

Mãe e filho

As crianças com síndrome de Down apresentam fases de desenvolvimento que ocorrem em diferentes momentos. Mas isso não determina como a interação deve ser. Interagir com seus irmãos ou outras crianças fará com que essa criança tenha um desenvolvimento mais pleno e satisfatório.

Procure também fazer com que se relacione com adultos, especialmente aqueles de seu ambiente. Fazer uma criança com síndrome de Down entrar em contato com outras pessoas, compartilhar ideias e se comunicar fará com que ela se sinta bem. Ao mesmo tempo, será um caminho para o seu círculo mais próximo se familiarizar com a situação.

Frequentar a escolas convencionais ou especiais?

Não há impedimento para uma criança com síndrome de Down frequentar uma escola convencional. De fato, é aconselhável conseguir integração social com outras crianças com a mesma alteração e sem ela. Isso lhe dará autoestima, confiança e ajudará a estabelecer vínculos.

No campo educacional, as crianças com síndrome de Down tendem a ter um ritmo diferente das outras crianças de sua sala. No entanto, isso poderia ser resolvido com a ajuda do professor e da mãe e do pai em casa. Não esqueça que essas crianças vivem os estágios de crescimento de uma maneira particular.

A prática de diferentes atividades

Crianças com síndrom de down são melhor beneficiadas se praticar diferentes atividades estimulantes

Todos nós temos algum talento ou habilidade. Crianças com síndrome de Down podem desenvolver uma capacidade especial para se destacar em determinadas áreas. Essas crianças podem realizar qualquer atividade de forma eficaz. É apenas uma questão de encorajar a prática de atividades que fazem o seu filho explorar todas as suas habilidades.

1. As artes

Pintura, música, dança e outras artes podem ser muito úteis para desenvolver a inteligência emocional de crianças com síndrome de Down. Se você tem um filho com essa alteração, é recomendável que você o matricule em atividades como dança, canto ou teatro. Seu filho poderá deixar sua imaginação voar ao mesmo tempo em que é educado e aprende.

2. Esportes

Atividades esportivas também trazem benefícios para crianças com síndrome de Down. Elas ajudam a melhorar sua condição física, o trabalho em equipe e a consecução de conquistas. Os esportes são muito benéficos. Acima de tudo, aqueles de curta duração em que há descansos frequentes. Alguns dos esportes mais recomendados são:

  • Nadar
  • Futebol
  • Ginástica rítmica
  • Basquete
  • Tênis de mesa
  • Artes marciais

3. Os jogos

Toda criança precisa de recreação e entretenimento para ter um ótimo desenvolvimento. É importante que crianças com síndrome de Down tenham espaços para jogos e brinquedos.

Através dos jogos, você pode ensinar tudo o que quiser e será uma ferramenta valiosa para estimular a motivação da criança.

Descubra também: A Síndrome de Down pode ter os dias contados

É aconselhável prestar mais atenção à dieta de crianças com down?

Todas as crianças devem ser felizes

A alimentação em crianças com síndrome de Down deve ser cuidada em todos os estágios de crescimento.

As crianças que apresentam essa alteração, em geral, demoram mais para aprender a tomar leite materno ou mamadeira enquanto são bebês.

Isso fará com que você precise de paciência e mais estímulos para que a criança vá se adaptando à sua maneira própria de se alimentar.

Durante a infância, é crucial que a criança tenha uma dieta balanceada que inclua todos os grupos de alimentos. Eles podem ser propensos a sofrer problemas de excesso de peso devido à sua menor estatura, uma vez que sua atividade física tende a ser menor que a média.

A saúde das crianças com Down

Uma porcentagem considerável de crianças com síndrome de Down pode sofrer de problemas cardíacos. Estima-se que 45% dessas crianças sofram do coração.

Da mesma forma, as crianças com síndrome de Down tendem a sofrer com problemas os pulmões, então elas pegam resfriados facilmente.

Outros problemas de saúde que são comuns entre crianças com síndrome de Down são as deficiências auditivas. Anomalias visuais, como catarata, miopia ou estrabismo também são frequentes.

Doenças do estômago podem ser recorrentes, porque alguns bebês nascem com malformações intestinais.

Embora pareçam muitas patologias, não há nada para se preocupar, pois todas elas têm tratamento médico. O principal é a prevenção e o cuidado. Portanto, se você é mãe ou pai de uma criança com síndrome de Down, é recomendável que você esteja muito atento à saúde do seu filho e consulte regularmente o seu médico.

Conclusões

A educação e criação de uma criança com síndrome de Down podem ser consideradas um desafio por algumas famílias. No entanto, é apenas um processo diferente que alguns pais devem experimentar.

Por fim, não há nada que uma boa dose de amor não consiga resolver. Você só precisa se lembrar e aplicar cada uma dessas recomendações e dessa forma você fará com que seu filho tenha um ótimo crescimento e pleno desenvolvimento.