Truques simples para controlar a raiva

· 21 de junho de 2018
Conhecer a origem de nossa raiva pode nos ajudar a preveni-la através de técnicas de meditação ou evitando o que a causa sempre que possível.

Conhecida também como ira ou fúria, a raiva é um sentimento que em algumas situações de nossas vidas nos invade e muitos de nós lutam para controlar. Isso pode gerar sérios problemas para nós e para as pessoas ao nosso redor. Quase todos nós passamos por esse sentimento desconfortável e exasperante, mas hoje vamos conhecer uma série de truques simples que nos permitirão controlar a raiva.

O que é a raiva?

Mulher gritando de raiva

A raiva é a união de vários sentimentos negativos, como indignação, irritação, frustração e outros fatores que, de uma forma ou de outra, estão relacionados à violência.

É um comportamento comum em todos os seres humanos e, embora em alguns casos seja necessário ficar chateado, o importante é saber como controlar o sentimento. Quando não sabemos como controlar a raiva, isso pode levar à depressão, à hipertensão e a um comportamento passivo-agressivo.

Há pessoas que ficam com mais raiva do que outras?

Sim, há pessoas que ficam com mais raiva do que outras, ou que sentem isso com mais facilidade e intensidade. Existe um grupo que se irrita, mas não se manifesta. No entanto, eles geralmente são irritadiços, ficam afastados da sociedade, doentes ou amargos.

Indivíduos que facilmente ficam com raiva são pessoas com baixa tolerância. Eles acham difícil lidar com situações injustas ou difíceis, porque sentem que não lhes compete estar relacionados a elas.

Há pessoas que são irritáveis, seja por fatores genéticos ou porque não foram ensinadas a lidar com isso em certas situações. Por exemplo, no caso do fator genético, sabe-se que as crianças ficam facilmente irritadas desde o nascimento, seja devido à fome, sono ou um ambiente desconfortável para elas.

Em outro caso, há pessoas que não são ensinadas sobre certos valores, como lutar por algo. Quando elas querem algo e não conseguem, ficam facilmente irritadas.

Por que um ataque de raiva ocorre?

1. Devido à frustração

Um acontecimento ou situação que interfere na realização ou cumprimento de algum objetivo vai diretamente ao pensamento do indivíduo como um sinal de bloqueio para o que ele quer. Assim, pode se tornar raiva.

Também podemos sentir raiva quando acontece algo injusto, nossos direitos são violados, ou a lei é transgredida perante a sociedade, visto que somos seres sociais.

A raiva também pode aparecer quando não recebemos uma recompensa após uma ação.

2. Cenários adversos

As experiências de dor física e até sentimental são fatores causadores e determinantes no desenvolvimento da raiva.

Não se sentir compreendido, um rompimento de relacionamento sem explicação ou traição também causam esse tipo de sentimento.

Fique sabendo mais aqui: Técnicas de Montessori para canalizar a raiva e o nervosismo das crianças

Passos para controlar a raiva

1. Técnicas de relaxamento e respiração

A meditação ajuda a controlar a raiva

O relaxamento é uma das maneiras de controlar a raiva. Isto é feito respirando profundamente, tentando meditar por um curto período de dez minutos, visualizando cenários ou situações positivas para a sua mente.

Se fizermos isso constantemente, nos conectaremos com o nosso mundo interno. Assim, nossa atitude será inabalável, apesar das circunstâncias.

2. Pensamentos e atitudes positivos

Mulher bipolar

Ao pensar diferente, trazendo situações positivas para a sua mente e procurando consciência, é alcançado um estado de calma. Assim também sentiremos menos arrependimentos. Quando estamos com raiva, podemos agir de forma irracional e causar danos àqueles que amamos.

3. Ouça aos outros com atenção e com maturidade emocional

Quando estamos com raiva, não somos capazes de resolver problemas. O ideal é que a gente se concentre em encontrar maneiras de resolvê-los em vez de agir de maneira enfurecida.

Em situações de discussão, devemos tirar o tempo para ouvir a outra pessoa e também para pensar sobre nossas respostas. A maturidade vai nos encorajar a evitar conflitos e pessoas tóxicas, independentemente do quanto nós possamos amá-las.

Confira mais dicas para combater essa situação nesse artigo: Como evitar surtos de raiva

4. Expresse as emoções com calma

Mulher que não consegue controlar a raiva

Se desejamos dizer algo delicado, é melhor esperar a hora apropriada. Poderíamos nos perguntar: o que eu quero falar é para resolver o problema ou eu desejo apenas machucar o outro?

Devemos desacelerar, porque nessas circunstâncias podemos dar respostas erradas que vão piorar as coisas.

5. Não receba as ofensas e ignore as mentiras

Lembre-se sempre de que, mantendo a calma, procurando a sua paz interior e se sentindo capaz de enfrentar as situações, você pode facilmente lidar com essa emoção que pode nos causar tantos problemas.

Uma das melhores maneiras de controlar a raiva é não internalizar as ofensas. Uma mensagem só nos ofende quando a internalizamos. Afinal, a raiva faz mal a nós, não ao outro.