Como tratar o inchaço estomacal de forma eficaz

· 15 de dezembro de 2016
Mesmo que seja difícil, devemos tentar comer e mastigar pausadamente para tentar prevenir o inchaço estomacal, já que nossa forma de ingerir os alimentos costuma ser a origem do problema.

O inchaço ou distensão abdominal é um sintoma muito comum que costuma surgir devido aos maus hábitos alimentares, digestões lentas e algumas doenças.

Estima-se que entre 16 e 30% das pessoas sofram com o problema de forma regular, quase sempre depois de ingerir alimentos pesados ou de forma excessiva.

Junto com a inflamação costumam se manifestar incômodos sintomas como os gases, a prisão de ventre, a diarreia ou o refluxo ácido.

No entanto, cada caso pode se desenvolver de forma diferente, dependendo do fato que o está gerando.

Felizmente o inchaço pode ser tratado de forma natural graças às propriedades de alguns ingredientes que podemos adquirir com facilidade.

A seguir revelamos vários remédios caseiros para que você possa usá-los diante do primeiro incômodo.

Probióticos contra o inchaço

consumir probioticos

O gás que as bactérias intestinais produzem é um dos desencadeantes mais comuns do inchaço abdominal.

O consumo de suplementos probióticos ajuda a repopular a flora bacteriana e reduz a produção de gases em pessoas com dificuldades digestivas.

Seus efeitos não costumam ser imediatos e são vistos depois de várias semanas de consumo regular.

Podemos encontrar os probióticos em alimentos como:

  • O kefir
  • O iogurte natural
  • O chocolate amargo
  • Pepinos em conserva
  • Sopa de missô

Cravo-da-índia

O extrato de cravo-da-índia tem qualidades digestivas que reduzem a inflamação abdominal crônica.

Sua ingestão moderada reduz as flatulências, a dor e a sensação de ardência.

Como consumir?

  • Adicione de dez a quinze gotas do extrato em um copo de água morna e consuma em jejum.

Canela

canela

A canela é outra das especiarias com compostos digestivos que podem ajudar a reduzir o inchaço.

Ela tem propriedades antiespasmódicas e anti-inflamatórias que reduzem rapidamente os sintomas do inchaço.

Como consumir?

  • Prepare uma infusão de canela e beba duas vezes por dia.
  • Adicione uma colher de canela (5 g) em suas vitaminas e bebidas.

Vinagre de sidra de maçã

Quando a inflamação estomacal é causada pelo desequilíbrio no pH, o vinagre de sidra de maçã pode servir como tratamento.

Este alimento é um remédio alcalino que ajuda a reduzir o excesso de acidez no sangue para evitar o descontrole nos processos de inflamação.

Também age como tônico digestivo e favorece o movimento intestinal diante das digestões pesadas. 

Ingredientes

  • 1 colher de vinagre de maçã orgânico (10 ml)
  • 1 copo de água (200 ml)

Como consumir?

  • Adicione a colher de vinagre de maçã orgânico em um copo de água morna e consuma depois de cada refeição principal.

Chá de camomila

chá de camomila

As propriedades anti-inflamatórias, antiespasmódicas e digestivas da camomila a convertem em uma boa alternativa para as dificuldades estomacais.

Seu consumo na forma de chá reduz a dor abdominal, a inflamação e os gases.

Ingredientes

  • 1 colher de flores de camomila (10 g)
  • 1 xícara de água (250 ml)

Como consumir?

  • Esquente a água e, quando ferver, adicione uma colher de flores de camomila.
  • Deixe repousar e tome até três xícaras por dia.

Mamão

O mamão contém uma enzima chamada papaína que pode melhorar os processos digestivos.

Isso, somado as fibras, converte o mamão em um dos melhores alimentos para nivelar o ventre, reduzir medidas e diminuir os sintomas do inchaço.

Como consumir?

  • Consuma o mamão puro, em vitaminas ou saladas, preferivelmente bem maduro.

Água morna com limão

Agua-com-limao

O consumo de água morna com limão em jejum tem muitos benefícios para a saúde digestiva e para o metabolismo.

O limão é um alimento alcalino que reduz os níveis de acidez no estômago e previne a inflamação e o refluxo.

Tem uma quantidade significativa de fibras, nutriente necessário para melhorar o processo digestivo dos alimentos.

Erva-doce

A infusão de erva-doce tem propriedades antiespasmódicas e carminativas que favorecem a redução do inchaço abdominal.

Recomenda-se como remédio para as flatulências e a dor de estômago.

Ingredientes

  • 1 colher de erva-doce (5 g)
  • 1 xícara de água (250 ml)

Como consumir?

  • Adicione uma colher de erva-doce em uma xícara de água quente, deixe repousar por 10 minutos e consuma.

Hortelã

chá de hortelã

As folhas e o óleo essencial de hortelã são excelentes aliados no combate a muitos dos problemas digestivos comuns.

Ela tem propriedades carminativas, antioxidantes e desintoxicantes que favorecem a eliminação dos gases e resíduos retidos no intestino. 

Ingredientes

  • 1 colher de folhas de hortelã (5 g)
  • 1 xícara de água (250 mL)

Como consumir?

  • Esquente a água e, quando ferver, adicione uma colher de folhas de hortelã.
  • Deixe repousar por 8 minutos e consuma a infusão depois de cada refeição principal.

Banana

A banana é uma fonte natural de fibras e antioxidantes que, além de combater os gases, reduz o excesso de acidez e inflamação. 

Como consumir?

  • Coma uma porção de banana diante do primeiro incômodo digestivo.
  • Adicione-a em vitaminas e sobremesas.

Como você pode ver, são muitas as opções naturais para dar alívio ao inchaço abdominal.

Escolha a que considerar mais conveniente e consuma cada vez que sentir seus sintomas.