Tratamentos para varizes

· 17 de dezembro de 2017
As varizes podem aparecer em qualquer idade. São mais comuns após os 40 anos e nas mulheres, mas os homens também podem sofrer com este problema.

Neste artigo falaremos sobre alguns tratamentos para as varizes. Não há idade específica para o surgimento das mesmas. Embora sejam mais recorrentes em mulheres entre 40 e 50 anos, alguns homens também as apresentam.

O que são as varizes?

Os vasos sanguíneos irregulares e que se dilatam quando suas paredes estão fracas são chamados de varizes. Eles são aglomerados de veias com tons de verde, azul e roxo.

Algumas delas são até mesmo cercadas por capilares muito finos e vermelhos, conhecidas como aranhas vasculares.

Tanto as varizes quanto as aranhas vasculares podem aparecer em qualquer parte do corpo. No entanto, são muito comuns nas pernas e região pélvica.

Sintomas

Mulher relaxando as pernas, tirando saltos altos

  • Inflamação
  • Veias azuis, roxas e verdes muito marcadas
  • Câimbras nas pernas
  • Dor atrás do joelho
  • Coceira ao redor da veia
  • Cansaço
  • Úlceras
  • Tom marrom na pele

Por que aparecem?

As varizes surgem quando as veias saudáveis ​​se inflamam e provocam a estagnação do sangue.

O normal é que o sangue só passe pela veia para chegar ao coração. No entanto, a causa exata pela qual o sangue fica estagnado é desconhecida, embora existam fatores que aumentam a probabilidade dos problemas vasculares aparecerem:

  • Herança genética
  • Gravidez
  • Obesidade
  • Mudanças hormonais
  • Permanecer em pé por longos períodos
  • Usar roupas muito apertadas

Diagnóstico

Diagnóstico de veias varicosas

Se você apresentar alguns dos sintomas acima, é melhor consultar um especialista e realizar um exame físico.
Posteriormente, um ultrassom é necessário, o que ajudará a verificar o estado do sangue e a forma como ele flui. O ultrassom permite a análise de veias superficiais e profundas.

Felizmente, nem todas as varizes requerem tratamento médico. Elas só necessitam de tratamento quando atrapalham a realização de suas atividades diárias. Você deve se preocupar quando:

  • Não conseguir caminhar ou ficar de pé
  • Aparecerem feridas
  • Os pés e os tornozelos ficarem inflamados

Cabe ressaltar que a questão das feridas é delicada, porque é possível que as úlceras venosas se desenvolvam por estase, ou seja, quando as veias se dilatam e seu interior não é drenado normalmente.

Quando isso acontece, a pele não recebe oxigênio e, portanto, explode sob a forma de feridas.

Da mesma forma, é possível o aparecimento de flebite (inflamação da veia) e trombose (coágulos nas veias).

Tratamentos para as varizes

Um dos tratamentos mais comuns e que não envolve qualquer procedimento cirúrgico é a escleroterapia.

Consiste na aplicação de uma injeção com solução salina que faz as veias colapsarem. Já que o sangue está preso na veia, ela não funciona bem, e a injeção a faz desaparecer.

E quanto ao sangue? O trabalho de transportá-lo para o coração é naturalmente transferido aos vasos sanguíneos mais próximos que estejam saudáveis. Portanto, a circulação retorna ao seu ciclo normal.

No entanto, o processo de cura com escleroterapia requer múltiplas sessões porque, em média, 3 injeções são necessárias para tratar cada veia.

Como funciona?

Em uma sessão, até 40 veias podem ser tratadas. Posteriormente, um restante de 4 a 6 semanas é necessário para que o corpo se recupere (é recomendável o uso de meias especiais para ajudar esse processo).

Durante este tempo, as demais veias podem ser tratadas, mas nunca a mesma veia em duas sessões seguidas.

O que se sente com o tratamento?

É claro que, a princípio, é desconfortável, porque você tem a sensação de pequenas punções semelhantes a uma agulha. Há pessoas que terão efeitos colaterais, como:

  • Inflamação leve
  • Contusões
  • Coceira
  • Vermelhidão
  • Dor

Recomenda-se realizar alguma atividade física de forma moderada para acelerar o processo de recuperação.

A boa notícia é que as veias tratadas desaparecem em 6 meses, e quase não aparecem novamente.

Mas é importante ressaltar que a escleroterapia não impede o surgimento de novas veias, ela apenas elimina aquelas que já estão danificadas.

Existem mais opções de tratamentos para as varizes?

Tratamento médico para as varizes

Entre os diferentes tratamentos para as varizes, destacam-se:

  • Aplicação de luz intensa e pulsada. Exige entre uma e seis sessões.
  • Terapia com laser, indicada para os pequenos vasos sanguíneos do rosto e das pernas.
  • Ligação: é um procedimento cirúrgico no qual as veias são removidas ou amarradas por meio de uma incisão na pele.
  • Uso de um dispositivo de radiofrequência conectado por um cateter à válvula da veia, para selá-la.

Como evitar as varizes?

  • Não se exponha ao sol por longos períodos.
  • Recomenda-se manter as pernas elevadas, sobretudo ao final do dia.
  • Se você passar muito tempo de pé, é aconselhável parar a cada duas horas e esticar as pernas.
  • Use meias de compressão ou especializadas.
  • Adote uma dieta equilibrada para controlar o peso.
  • Evite a ingestão de bebidas alcoólicas e cigarros.
  • Tenha cuidado com mudanças bruscas de temperatura.
  • Pratique atividade física, pelo menos 3 vezes por semana, por 30 minutos.
  • O uso de faixas ou meias de nylon não é recomendado.
  • Evite cruzar as pernas enquanto estiver sentado.