Transtornos por uso de cannabis

Os transtornos por uso de cannabis são variados, apesar do fato de que a maioria das pessoas ainda pensa que o uso desta droga não é tão grave como se afirma.
Transtornos por uso de cannabis

Última atualização: 08 Dezembro, 2021

Os transtornos por uso de cannabis são muito mais prevalentes em nossa sociedade do que certamente pensamos. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, consumir essa droga pode se tornar um problema que pode levar a um quadro grave de dependência.

O transtorno por uso de cannabis é uma condição em que alguém não consegue parar de usá-la. A dependência dessa droga pode ser diagnosticada como leve, moderada ou grave, dependendo do número de sintomas presentes.

Nós sabemos o que exatamente é a cannabis?

Cannabis, cujo nome científico é Cannabis sativa, é uma planta popular. Com sua resina, folhas e flores, são fabricadas as substâncias psicoativas mais conhecidas, como o haxixe e a maconha, e as mais utilizadas entre as drogas ilícitas.

O consumo dessa droga acompanha a humanidade desde tempos imemoriais. Tem sido usada para fins religiosos, medicinais e recreativos. Por ser uma droga psicoativa, ela altera as funções cerebrais e pode alterar o humor, a percepção e a consciência.

Seus efeitos psicoativos são devidos a um de seus principais princípios ativos, o tetrahidrocanabinol ou THC. A concentração deste princípio ativo varia dependendo da forma em que a cannabis é encontrada. O haxixe tem uma concentração maior de THC do que a maconha, então a toxicidade é maior.

Quando consumida pelo cigarro, é facilmente absorvida pelos pulmões e chega rapidamente ao cérebro. Em poucos minutos seus efeitos começam a se manifestar, podendo durar entre 2 e 3 horas. Entre os mais frequentes estão:

  • Relaxamento.
  • Desinibição.
  • Sensação de lentidão da passagem do tempo.
  • Sonolência.
  • Perturbações sensoriais.
  • Dificuldade em se expressar, se concentrar ou memorizar.

Leia também:  Vícios comportamentais: definição, tipos e tratamento

Transtornos por uso de cannabis

O uso excessivo dessa droga, como as demais, pode levar à intoxicação aguda. Aparecem sintomas variáveis que dependem da dose, da concentração de THC e da experiência prévia do sujeito, entre outros.

Além disso, o consumo está relacionado ao desenvolvimento de transtornos mentais, psicóticos, depressivos ou de ansiedade graves. É possível apresentar alguns transtornos por uso de cannabis, como:

  • Transtornos de ansiedade.
  • Esquizofrenia e psicose induzida.
  • Transtornos de Humor.

Esses transtornos por uso de cannabis incluem:

  • Delirium devido a intoxicação. Os sintomas típicos são confusão, distúrbios de memória ou distúrbios perceptivo-sensoriais. Geralmente é transitório, mas recorrente. Ele pode aparecer em pessoas que o estão usando pela primeira vez.
  • Síndrome amotivacional. Seu uso crônico tem sido associado a um estado de apatia e perda de motivação. Esta sintomatologia geralmente desaparece após prolongada abstinência de cannabis.

Transtorno de ansiedade

Estima-se que 22% dos usuários e dependentes de cannabis sofram de sintomas de transtornos de ansiedade. Sintomas de ansiedade temporários semelhantes ao transtorno de ansiedade generalizada, transtorno do pânico ou fobias geralmente aparecem quando o paciente está intoxicado ou com abstinência.

  • Depois de alguns dias geralmente esses sintomas desaparecem, mas deve-se levar em consideração que podem persistir por meses.
A ansiedade é um dos transtornos por uso de cannabis

Por outro lado, os pacientes que já tiveram ataques de pânico e usam cannabis são mais propensos a desenvolver sintomas de ansiedade e a ter esses ataques novamente. Outro fato interessante é que de todos os transtornos de ansiedade que se conhecem hoje, apenas o social é considerado fator de risco para o desenvolvimento de dependência de cannabis.

Você pode estar interessado: O uso de maconha medicinal para a dor crônica é seguro?

Esquizofrenia e psicose induzida

Os episódios psicóticos que o uso de cannabis pode causar são de curta duração. No entanto, eles podem persistir mesmo se o uso for interrompido. Os sintomas psicóticos típicos que podem aparecer em usuários de cannabis são:

  • Desrealização.
  • Sensação de perda de controle
  • Paranóia.
  • Despersonalização.

Além disso, o uso de cannabis é considerado um fator de risco em pessoas com predisposição a sofrer de esquizofrenia. O uso desta droga pode aumentar o risco de desenvolvimento de psicose em 2 a 3 vezes ao longo da vida.

  • Esse risco aumenta se o consumo começar na adolescência e em maior quantidade e frequência.

Transtornos de Humor

Algumas vezes são descritas anedonia (incapacidade de sentir prazer), ideação suicida e tentativa de suicídio entre usuários de cannabis. No entanto, não foi observada relação entre sintomas depressivos e uso excessivo da droga.

No entanto, quando você começa a consumi-la desde cedo e de forma regular, uma relação foi estabelecida com o início da depressão. Pessoas que já sofrem de transtornos de humor e são usuárias de cannabis podem sofrer complicações no quadro clínico depressivo.

Transtorno por uso de cannabis

Os transtornos por uso de cannabis podem ser menos graves e levar mais tempo para se desenvolver do que outros. No entanto, também pode ter graves efeitos sociais e psicológicos para a pessoa com vício.

Agora sabemos os riscos para a saúde do uso de cannabis. Portanto, é importante prevenir quando ainda estamos na hora certa e evitar as suas consequências a nível físico, psicológico e social.

Pode interessar a você...
Como saber se o seu filho está consumindo drogas?
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
Como saber se o seu filho está consumindo drogas?

Como pais, devemos saber identificar mudanças de comportamento. Aprenda a reconhecê-las para saber se seu filho está consumindo drogas.



  • Beer, M. D. (2007). Cannabis and mental health. Journal of Psychiatric Intensive Care. https://doi.org/10.1017/S1742646407001045
  • Gonzalez, M. P., Sáiz, P., Quirós, M. G., & López, J. L. (2000). Personalidad y Uso-Abuso de Cánnnbis. Adicciones.
  • Verdejo-García, A. (2011). Efectos neuropsicológicos del consumo de cannabis. Trastornos Adictivos. https://doi.org/10.1016/S1575-0973(11)70021-6
  • Araos Gómez, P., Calado Romero, M., Vegara Moragues, E., Pedraz, M., & Pavón Morón, F. J. (2014). Adicción a cannabis: bases neurobiológicas y consecuencias médicas. Revista Española de Drogodependencias.