O que você sabe sobre a tosse associada a um resfriado?

21 Maio, 2020
A tosse serve para expulsar secreções e partículas estranhas que podem aparecer nas vias aéreas. Especificamente, a tosse associada a um resfriado pode ser seca, produtiva ou mista.

A tosse associada a um resfriado é um dos sintomas mais comuns do inverno. Além de ser um sintoma da doença, também é um mecanismo de defesa do corpoÉ usado para expulsar secreções e partículas estranhas que podem aparecer nas vias aéreas.

A tosse pode ter causas diferentes, incluindo:

  • Processos infecciosos inflamatórios que afetam as vias aéreas.
  • Inalação de substâncias irritantes ou tóxicas.
  • Doenças respiratórias crônicas.
  • Efeitos colaterais de medicamentos.

Tipo de tosse associada a um resfriado

Tosse seca

A tosse seca ocorre como resultado de estímulos irritantes na faringe, laringe e trato respiratório superiorEm muitas ocasiões, a tosse aumenta a irritação e o desejo de tossir, gerando um círculo vicioso. Isso resulta em uma garganta cada vez mais irritada.

Nestes casos, o tratamento visa reduzir a intensidade e a frequência da tosse. Geralmente, são utilizados antitússicos de ação central ou periférica ou substâncias naturais que protegem a mucosa de fatores irritantes.

Tosse produtiva

É produzida pela estimulação dos nervos do trato respiratório inferior, acompanhada de muco. Dependendo da consistência do muco, será mais ou menos fácil expulsá-lo através da tosse.

Não é recomendado suprimir esse tipo de tosse, pois é um mecanismo de defesa para a expulsão dos agentes que a originam. No entanto, tratamentos podem ser administrados para fluidizar o muco, reduzir sua viscosidade e facilitar a sua expulsão.

Tosse seca que evolui para uma tosse produtiva

Nos estágios iniciais do resfriado, geralmente surge uma tosse seca como consequência do processo irritativo e inflamatório. No entanto, à medida que o processo avança, a inflamação das vias aéreas resulta em um aumento da produção do muco.

Esse muco se torna denso e viscoso, levando ao desenvolvimento de uma tosse produtiva como mecanismo de defesa para expulsar o muco. Esta é a evolução natural da tosse associada a um resfriado, e não deve nos alarmar.

Mulher com tosse
É normal que um resfriado comece com uma tosse seca que depois se torna produtiva.

Leia também: Como curar a tosse seca em crianças  

Como tratar a tosse associada a um resfriado com fitoterapia?

No campo da fitoterapia, existem espécies vegetais e outros ingredientes de origem natural que, individualmente ou combinados, atuam em diferentes tipos de tosse. A ação que eles exercem na tosse pode ser de três tipos:

  • Demulcente e protetora
  • Antitússica
  • Expectorante

Entre os componentes mais utilizados pela fitoterapia para esses tratamentos estão as mucilagens, saponinas, flavonoides e óleos essenciais.

Mucilagens

São polissacarídeos que têm um efeito demulcente e protetor da mucosa contra os agentes irritantes. Ao mesmo tempo, eles podem ceder água às membranas mucosas e hidratá-las, o que favorece a fluidização do muco e, portanto, facilita a sua expulsão.

Elas são usadas ​​em preparações para a tosse seca e tosse produtivaEntre as plantas com mucilagens estão, entre outras, aloe vera, malvarisco ou hibisco, papoula, verbasco, taioba e malva.

Saponinas

As saponinas atuam principalmente como expectorantes através de dois mecanismos diferentes. Por um lado, pela ação reflexa mediada pelo nervo vago, induzem a secreção brônquica e, por outro, quando entram em contato com o muco, o fluidificam, facilitando sua expulsão.

As principais plantas utilizadas, devido ao seu teor de saponinas, e indicadas como expectorantes são: hera, polígala, prímula e alcaçuz. Entre elas, a mais utilizada é a hera, embora seu mecanismo de ação não seja totalmente conhecido.

No entanto, de acordo com um relatório da Agência Europeia de Medicamentos (EMA), os resultados de estudos recentes sugerem que as saponinas nas folhas de hera favorecem a dilatação dos brônquios e estimulam a secreção da fleuma.

Chá para aliviar o resfriado

Você também pode se interessar: Xarope de pimenta caiena para a tosse

Óleos essenciais

Os óleos essenciais usados ​​para tratar a tosse associada a um resfriado têm em comum a ação antimicrobiana. Devido à sua composição, os óleos essenciais oferecem várias propriedades terapêuticas, como o fato de serem balsâmicos, antitússicos e expectorantes. Quando administrados por via oral, exercem seu efeito localmente no sistema respiratório.

Os óleos essenciais, como o pinheiro-da-escócia, o ravintsara e o orégano, são utilizados para tratar problemas respiratóriosEles podem ser usados ​​sozinhos ou combinados, e servem não apenas para tratar doenças, mas também para preveni-las.

Conclusões sobre a tosse associada a um resfriado

Além dos tratamentos farmacológicos para a tosse associada a um resfriado, os fitoterápicos podem ser uma boa opção. Eles são eficazes e seguros. Além disso, muitas substâncias vegetais podem ser usadas tanto para a tosse seca quanto para a tosse produtiva.

Existem até preparações comerciais que são vendidas em farmácias, compostas por substâncias naturais. De qualquer forma, em caso de dúvida sobre uma tosse persistente ou muco de aparência estranha, é necessário consultar um médico.

  • Rosas, M. R. (2008). Gripe y resfriado. Clínica y tratamiento. Offarm.

  • CADIME. (2000). Antitusígenos: uso racional en adultos y niños. Bol Ter ANDAL.

  • Barnett, P. (2007). Infecciones del aparato respiratorio superior. In Tratado de medicina de urgencias pediátricas. https://doi.org/10.1016/b978-84-8086-225-7.50022-0