Tomar chá verde todos os dias: o que acontece?

O chá verde é muito benéfico para o nosso organismo sempre e quando não nos excedemos em seu consumo. O máximo recomendado para aproveitar suas propriedades é duas xícaras por dia.
Tomar chá verde todos os dias: o que acontece?

Última atualização: 30 Novembro, 2018

Quer saber quais são as consequências de tomar chá verde todos os dias? Esta bebida tem feito parte da medicina tradicional chinesa há centenas de anos.

Seu consumo estendeu-se pouco a pouco por todo o território asiático e atualmente é cultivado em muitos outros lugares do mundo.

Diferentemente de outros tipos de chá, não passa por um processo de fermentação e conserva a totalidade de seus antioxidantes e polifenóis.

São estas substâncias que conferem seus benefícios para a saúde, os quais vão desde o controle de peso até a prevenção do câncer.

Existem muitas outras razões para tomar chá verde todos os dias em quantidades moderadasA seguir, compartilharemos as de mais destaque e suas contraindicações. Confira!

Tomar chá verde todos os dias nos oferece estes benefícios

Ajuda a perder peso

Mulher feliz por ter conseguido perder peso

A alta concentração de polifenóis no chá verde está relacionada com sua capacidade de acelerar o metabolismo e diminuir o peso.

Estas substâncias antioxidantes intensificam o gasto energético e evitam que o organismo armazene as calorias em forma de gordura.

Previne a diabetes

Os antioxidantes desta bebida natural participam no controle da glicose no sangue e previnem tanto a diabetes tipo 1 quanto a do tipo 2.

Seu consumo diário, depois de comer, previne o aumento da insulina e o armazenamento dos açúcares como gordura.

Protege a saúde cardiovascular

Cuidar da saúde cardiovascular

Uma pequena xícara de chá verde por dia pode prevenir vários tipos de doenças cardiovasculares, como é o caso da acumulação de colesterol e dos transtornos circulatórios.

Suas substâncias antioxidantes impedem a formação de coágulos de sangue, limpam as artérias, assim como controlam o excesso de lipídios no sangue.

Vários especialistas asseguram que suas substâncias ativas diminuem o risco de ataque cardíaco, AVC e trombose.

Previne os problemas oculares

Além de seus polifenóis, o chá verde contém substâncias como as vitaminas C e E, luteína e zeaxantina que são absorvidas por diferentes tecidos do olho, incluindo a retina; de modo que evitam o desenvolvimento de glaucoma e outras doenças oculares.

Estas substâncias de poder antioxidante diminuem o estresse oxidativo celular, que é a principal causa da degeneração da visão.

Combate as verrugas

O consumo diário de chá verde é benéfico contra a propagação do vírus do papiloma humano (HPV), responsável pelas verrugas.

Em suma, a epigalocatequina, um de seus principais componentes, inibe o ciclo celular que faz com que o HPV se prolifere.

Previne o Alzheimer e o Parkinson

Casal de senhores idosos

Graças à sua capacidade de frear a ação nociva dos radicais livres, esta bebida natural traz resultados positivos na prevenção do dano cerebral e do desenvolvimento de doenças como o Alzheimer e o Parkinson.

Ademais, seus antioxidantes criam uma barreira protetora contra os efeitos nocivos da degeneração celular, assim como estimulam a atividade dos neurônios.

Previne os cálculos renais

Em síntese, tomar chá verde todos os dias é uma forma segura de evitar as calcificações; ou formação de cálculos renais.

Além disso, seus extratos diminuem a produção e o tamanho das sedimentações de oxalato de cálcio; as quais se assentam nos rins e formam as pedras.

Evita as cáries

Mulher com problemas de saúde bucal

As catequinas, um tipo de antioxidante químico que esta variedade de chá contém, diminuem os vírus e bactérias que causam infecções de garganta, cáries, bem como outros tipos de problemas bucais.

Contraindicações do chá verde

Apesar de seus benefícios para o corpo serem inegáveis, é importante mencionar as contraindicações do chá verde.

Seu consumo não deve passar de duas xícaras por dia, já que os excessos têm consequências negativas, tais como:

  • Dor de cabeça.
  • Irritabilidade.
  • Diarreia.
  • Transtornos do sono.
  • Nervosismo.
  • Aumento do ritmo cardíaco.
  • Enjoos.

Por outro lado, não se deve ingeri-lo caso esteja consumindo algum medicamento ou bebendo; isso porque seu teor de cafeína, ao combinar com outras substâncias, pode causar reações indesejadas.

Ademais, não é recomendado para mulheres grávidas ou que estejam amamentando, porque pode causar efeitos adversos que afetam o bebê.

Analogamente, os pacientes com pressão arterial alta, anemia e problemas digestivos devem evitar seu consumo ou fazê-lo sob supervisão médica.

Por conseguinte, o consumo responsável deste chá é o que determina se é benéfico ou não para a saúde.

Além disso, muitos caem no erro de tomá-lo em excesso em seu afã por perder peso; sem saber que na realidade estão causando um dano ao próprio corpo.

Enfim, procure não passar de duas xícaras por dia e descubra que ele pode fazer muito pelo seu bem-estar.

Pode interessar a você...
4 maneiras de beber chá verde
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
4 maneiras de beber chá verde

Beber chá verde é um dos hábitos mais saudáveis que podemos adotar, mas não é aconselhável se exceder no seu consumo. Saiba tudo neste artigo.



  • LAMARÃO, R. DA C.; FIALHO, E. Aspectos funcionais das catequinas do chá verde no metabolismo celular e sua relação com a redução da gordura corporalRevista de Nutricao, 2009.
  • SAIGG, N. L.; SILVA, M. C. Efeitos da utilização do chá verde na saúde humana. Universitas: Ciência da Saúde, 2009.
  • OLIVEIRA, R. M. M. DE. Chá Verde na prevenção das doenças cardiovasculares TT – Green tea in prevention of cardiovascular diseases. Comun. ciênc. saúde, 2009.