5 dicas para combater a sinusite na gravidez

26 Maio, 2020
Os sintomas de sinusite incluem dor ao redor dos olhos e congestão nasal. Se a isso acrescentarmos os sintomas da gravidez e a limitação para tomar medicamentos, pode ser algo realmente desagradável.
 

A sinusite é uma inflamação dos seios paranasais. Trata-se de uma infecção localizada nas cavidades dos ossos do nariz, através das quais o ar passa ao respirarmos. Portanto, entre seus sintomas estão congestão nasal e dor na área ao redor dos olhos. Isso é especialmente incômodo se falarmos de sinusite na gravidez.

Se adicionarmos a tudo isso os desconfortos e as limitações da gestação, esse quadro pode fazer a mulher grávida se sentir ainda pior. Por todas essas razões, hoje propomos 5 dicas para combater a sinusite durante a gravidez.

O que é sinusite?

Como já adiantamos acima, a sinusite é uma inflamação dos seios paranasais. Pode ser causada por várias razões, como alergias, infecções ou problemas nasais, entre outras.

Sintomas de sinusite
Há um grande número de causas que podem desencadear uma inflamação dos seios nasais, que pode ser algo muito incômodo.

Normalmente, há diferenças entre os vários tipos de sinusite:

  • Aguda, com duração de mais ou menos 4 semanas.
  • Subaguda, quando dura de 4 a 12 semanas.
  • Crônica, quando dura mais de 12 semanas, meses ou até anos.
  • Recorrente, se aparecer várias vezes ao longo de um ano.

Os sintomas característicos são dor localizada ao redor dos olhos e bochechas e congestão nasal. No entanto, outros sintomas também podem ocorrer, como:

 

O diagnóstico é feito após exame médico do nariz e face e avaliação dos sintomas. Uma vez detectada, o médico pode prescrever antibióticos, descongestionantes e analgésicos como tratamento.

No entanto, no caso de mulheres grávidas, os tratamentos farmacêuticos geralmente não são uma possibilidade. Na verdade, uma mulher grávida deve evitar tomar medicamentos, e deve sempre se limitar estritamente às instruções do seu médico.

Recomendamos a leitura: Dicas e tratamentos naturais para a sinusite

Rinite gestacional

Não devemos confundir a sinusite na gravidez com a rinite gestacional. De fato, enquanto a sinusite é a inflamação das cavidades ósseas, dos seios paranasais, a rinite é a inflamação da mucosa nasal. Portanto, sinusite e rinite são duas condições diferentes que não devem ser confundidas.

Além disso, existe um tipo de rinite chamada “gestacional”, pois geralmente ocorre durante a gravidez, desaparecendo após o parto. Seus sintomas incluem nariz entupido, coceira, espirros e tosse.

Embora suas causas sejam desconhecidas, não representa nenhum perigo para a mulher grávida ou para a gravidez. No entanto, é uma condição incômoda que pode até prejudicar o sono. Isso, somado aos sintomas da gravidez, como cansaço, dores de cabeça e náuseas, pode causar um grande desconforto para a mulher grávida.

Leia também: Você sofre de rinite alérgica? Descubra estes 5 remédios caseiros

 

Remédios para combater a sinusite durante a gravidez

Como sabemos, uma mulher grávida nunca deve se automedicar e deve evitar tomar remédios sem supervisão médica. Por isso, talvez seja a hora de considerar algumas dicas naturais que podem ajudá-la a se sentir melhor e aliviar os sintomas da sinusite.

Vale lembrar que uma mulher grávida também deve evitar tomar remédios naturais à base de plantas, ervas ou fazer uso de medicina alternativa. Os conselhos que ofereceremos abaixo são absolutamente naturais e não colocam a gravidez em risco.

Beba bastante líquido

Mulher grávida tomando água
A hidratação adequada dará maior fluidez ao muco, reduzindo a pressão dos seios paranasais.

O tratamento da sinusite é principalmente sintomático. Portanto, uma das principais dicas é manter uma boa hidratação. Durante a gravidez, recomenda-se beber bastante água e sucos naturais. Dessa maneira, as secreções nasais podem fluir mais facilmente, aliviando a congestão.

Levante o travesseiro ao dormir

Na hora de dormir, a postura poderá fazer com que a mulher tussa mais ou menos. Portanto, uma das dicas para aliviar os sintomas de sinusite à noite é usar um travesseiro para que a cabeça fique levemente elevada.

Dessa maneira, a respiração será facilitada e o muco fluirá mais facilmente, reduzindo a tosse e a necessidade de espirrar.

 

Vaporização para aliviar a sinusite na gravidez

Você pode usar um umidificador à noite para manter as vias aéreas mais limpas.

No entanto, outra opção é ferver água e, uma vez retirada do fogo, colocar uma toalha sobre a cabeça e inclinar-se sobre a panela para respirar o vapor. Dessa forma, é possível abrir as vias aéreas e aliviar o muco acumulado no peito.

Vaporização para aliviar a sinusite
Através das vaporizações, conseguimos abrir as vias aéreas e fluidificar o muco acumulado.

Solução salina

Para descongestionar as narinas, recomenda-se o uso de uma solução salina natural para realizar lavagens nasais. Os soros fisiológicos das farmácias geralmente são naturais e podem ser usados ​​sem problemas durante a gravidez.

No entanto, também é possível preparar uma solução salina em casa, misturando:

  • 1 colher de chá (5 g) de sal sem iodo
  • 1 pitada de bicarbonato de sódio
  • 0,5 litro de água destilada, filtrada ou fervida

Sua aplicação realmente alivia a desagradável congestão nasal.

Sinusite na gravidez: dilatadores nasais

Os dilatadores nasais são outra forma de evitar o desconforto da sinusite. Eles ajudam a abrir as vias aéreas, permitindo que você respire melhor e reduza a congestão.

Eles também podem ser usados ​​à noite para que o alívio da congestão seja eficaz e a mulher grávida possa descansar melhor.

 

Além de seguir essas dicas para aliviar a congestão nasal, lembre-se de que durante a gravidez você deve seguir rigorosamente as recomendações do seu médico. Só ele pode determinar se você poderá tomar medicamentos e quais.

Evite ervas e remédios alternativos, cujos ingredientes podem ser prejudiciais para a gestação.

  • Devyani Lal et al. “Management of rhinosinusitis during pregnancy: systematic review and expert panel recommendations”, Rhinology. 2016 Jun; 54(2): 99–104.
  • Ellegård, E. and Karlsson, G. (1999), Nasal congestion during pregnancy. Clinical Otolaryngology & Allied Sciences, 24: 307-311. doi:10.1046/j.1365-2273.1999.00264.x
  • Gregg Goldstein et al. “Rhinologic issues in pregnancy”, Allergy Rhinol (Providence). 2012; 3(1): e13–e15.