Melhor Com Saúde
 

O que acontece quando se "espirra para dentro"?

O espirro tem como finalidade expulsar germes ou substâncias irritantes. Por isso, reprimi-lo pode eventualmente causar infecções e até mesmo ferimentos internos por causa da força do ar.

O que acontece quando se "espirra para dentro"?

Última atualização: 30 Setembro, 2020

Às vezes, temos que pensar duas vezes antes de espirrar porque ficamos com vergonha de que todo mundo nos ouça. Então o que fazemos? Pressionamos o nariz com os dedos ou fechamos a boca para evitar que o som ressoe em todos os cantos e espirramos para dentro!

Mas você sabia que isso não é bom para a sua saúde? Neste artigo, vamos revelar as razões e também como deve ser “um bom espirro” para que cumpra o seu papel e não tenha efeitos negativos sobre o seu corpo.

Por que e como espirramos?

O espirro é um mecanismo de defesa que o corpo, mais especificamente o sistema respiratório, usa para expelir o ar dos pulmões de forma rápida através do nariz ou, às vezes, da boca. É um reflexo que ocorre quando há irritação nas vias respiratórias.

Segundo estudo da Medical Hypotheses, o ar de um espirro é disparado com muita força, chegando a atingir 135 mm HG (milímetros de mercúrio) em uma fração de segundo.  Existem diferentes razões pelas quais espirramos:

  • Resfriados, gripes e congestão nasal.
  • Reações alérgicas (reação a uma substância).
  • Contato com o sol.

Espirrar é um ato reflexo que ocorre quando algo irrita as vias respiratórias.

Veja também: Os 9 alimentos que você deve incluir na dieta para ter pulmões saudáveis

Curiosidades dos espirros

Um dos fatos surpreendentes sobre os espirros é que eles quase nunca “vêm sozinhos”. O que isso significa? É provável que, quando o primeiro aparece, em seguida, se repita por várias vezes.

Isso acontece quando nem todo o ar acumulado consegue sair dos pulmões ou quando a substância que desencadeou a espirro ainda não desapareceu.

Outra curiosidade dos espirros é que, quando o ar é expulso, não conseguimos manter os olhos abertos. Isso se deve a um impulso involuntário do corpo.

“Espirrar para dentro” faz mal?

Reprimir espirros é muito comum, porque temos um pouco de vergonha a possibilidade de espalhar nossos germes por todos os lados ou, simplesmente, não gostamos da sensação de espirrar em público.

Recomendamos a leitura: Como tratar aftas e úlceras bucais de maneira natural

No entanto, um estudo publicado em Computers in Biology and Medicine alerta que o aumento da pressão exercida no trato respiratório quando um espirro é reprimido pode ser de 5 a 24 vezes maior do que durante um espirro normal.

Além disso, espirrar para dentro pode fazer com que as partículas irritantes não sejam puxadas para fora, e sim para dentro, e a força do ar atue contra os tecidos do nariz, o que pode causar lesões nas veias e vasos nasais.

Por sua vez, patógenos ou substâncias irritantes podem passar a outras áreas mais internas do nariz, como o ouvido médio e os seios paranasais, o que pode causar infecções.

Embora pareça um ato inofensivo, “espirrar para dentro” acarreta certos riscos à saúde. Pode até causar certas infecções.

Como evitar espirrar para dentro?

Uma das razões por que evitamos o espirro é porque não queremos incomodar ou causar inconveniente para as pessoas ao redor.

É claro que não devemos ir aos extremos e espirrar sem nenhum consideração ou precaução. Há um meio termo entre isso e impedir os espirros. Como? Cobrindo a boca e o nariz com um lenço de papel.

Dessa forma, você vai permitir que o ar e os micro-organismos saiam de seu corpo e, ao mesmo tempo, evitará infectar outras pessoas, impedindo a propagação de infecções ou possíveis doenças.

Depois de descartar os lenços e o episódio de espirros passarem, é essencial lavar as mãos para remover quaisquer bactérias e vírus remanescentes.

Faça isso com água e sabão durante 20 segundos, principalmente antes de comer. Desse modo, você evitará a propagação de diversas doenças, como:

  • Gripe.
  • Resfriado comum.
  • Bronquiolite.
  • Hepatite A.
  • Diarreia infecciosa.

Outra opção amplamente utilizada, embora sua eficácia não tenha sido comprovada, é espirrar para dentro do cotovelo para evitar a expulsão de saliva.

Por fim, é importante que você leve essas recomendações em consideração e pense melhor a respeito antes de reprimir aquele espirro e “espirrar para dentro”.

Três exercícios de respiração que ajudam a relaxar

Três exercícios de respiração que ajudam a relaxar

A prática frequente de alguns exercícios de respiração pode nos ajudar a encontrar a calma e relaxar quando estamos em momentos de estresse e ansiedade.



  • Songu, M., & Cingi, C. (2009). Sneeze reflex: Facts and fiction. Therapeutic Advances in Respiratory Disease. https://doi.org/10.1177/1753465809340571
  • Keeton, T. K. (1995). Photic sneeze reflex. Neurology. https://doi.org/10.1212/WNL.45.7.1422
  • Baraniuk, J. N., & Kim, D. (2007). Nasonasal reflexes, the nasal cycle, and sneeze. Current Allergy and Asthma Reports. https://doi.org/10.1007/s11882-007-0007-1
  • Rahiminejad, M., Haghighi, A., Dastan, A., Abouali, O., Farid, M., & Ahmadi, G. (2016). Computer simulations of pressure and velocity fields in a human upper airway during sneezing. Computers in Biology and Medicine. https://doi.org/10.1016/j.compbiomed.2016.01.022