Sintomas e tratamento da apneia do sono

19 de abril de 2019
A apneia do sono é muito mais frequente do que possamos pensar. Hoje descubra os sintomas que as pessoas que a sofrem apresentam e como se trata.

Conhece alguém que sofre com apneia do sono? São várias as pessoas que lidam com esta doença respiratória que faz com que não possam desfrutar de uma boa qualidade do sono. Por isso, costumam sofrer uma grande sonolência durante o dia devido à falta de um descanso reparador. Siga lendo e descubra os sintomas e o tratamento desse transtorno.

A apneia do sono

A apneia do sono faz com que a pessoa que a sofre deixe de respirar por alguns momentos enquanto está dormindo. Isso é algo muito notável, já que quem sofre com a apneia ronca muito forte e, repentinamente, deixam de fazê-lo. Quando percebemos, deixaram de respirar.

A apneia costuma se manifestar quando a pessoa se encontra na fase REMSem saber muito bem o motivo, a faringe sofre um colapso e impede a passagem do ar. Isso pode ocorrer várias vezes em uma mesma noite. Nos casos mais graves, as pessoas podem até sofrer duas apneias a cada hora.

Os sintomas da apneia do sono

Mulher não conseguindo dormir pelos roncos do parceiro

A apneia dificulta a entrada na fase REM, por isso que, além dos roncos, não se produz um descanso adequado.

Como vimos, roncar é um dos sintomas da apneia do sono. O curioso é que as pessoas que sofrem com esta doença começam a roncar muito forte apenas quando dormem. Quando a pessoa sofre a apneia se produz um silêncio, seguido de algum ofego, que nada mais é do que uma tentativa para voltar a respirar. No momento em que isso acontece, a pessoa acorda ou é retirada do sono profundo no qual estava submergida.

Outros sintomas que podem aparecer são os seguintes:

  • Boca seca: isso costuma ser causado pelos roncos.
  • Dor de cabeça: as apneias costumam ter este efeito secundário, já que ao deixar de respirar não se consegue oxigenar bem o cérebro.
  • Fadiga: esta doença impede que a pessoa tenha uma boa qualidade de sono. Por conseguinte, encontra-se muito cansada durante o dia.

As pessoas que sofrem apneia do sono costumam ter problemas com seu rendimento de trabalho. Às vezes, podem dormir em um lugar inesperado. Por exemplo, em uma reunião de trabalho ou enquanto está dirigindo.

Descubra ademais: Como conseguir um sono de qualidade

Tratamento da apneia do sono

Se uma pessoa tem todos os sintomas anteriores, é necessário procurar um médico. Este realizará uma série de exames para fazer realizar o diagnóstico. Uma vez confirmado, o médico estabelecerá o melhor tratamento para o seu caso.

1. Eliminar maus hábitos

Este é o primeiro tratamento para a apneia do sono. Tem a ver com a eliminação dos maus hábitos e a inclusão de outros que melhorarão a saúde. Não são utilizados fármacos nem nenhum método agressivo. É apto para pessoas que sofrem com uma apneia do sono leve.

Alguns hábitos que devem ser modificados são a eliminação do tabaco, a prática de exercício físico ou realizar mudanças na alimentação para perder peso. Em muitos casos, com este tratamento, é possível melhorar a apneia do sono.

Talvez te interesse ler também: Como combater a apneia do sono com 5 remédios naturais

2. Utilizar uma máscara

Tratamento da apneia do sono com máscara

Uma máscara com ar evita o colapso das vias aéreas durante a noite.

Este segundo tratamento é o que costuma ser recomendado, em geral, para os pacientes que sofrem com apneia do sono. Trata-se de uma máscara (conhecida como CPAP, continuous positive airway pressure, pressão positiva contínua na via aérea) que é usada pela pessoa que sofre apneia e com a qual deve usar para dormir.

Esta máscara exerce uma pressão na via aérea superior evitando que esta se paralise. Além disso, faz desaparecer os roncos e não costuma ter efeitos secundários.

3. Submeter-se a cirurgia

Este último dos tratamentos para a apneia do sono é utilizado em casos muito específicos. Por exemplo, se a pessoa sofre com pólipos, o que pode fazer com que o uso da máscara não solucione o problema. Também, se existe alguma lesão na via aérea superior, pode-se requerer este tipo de tratamento. 

No entanto, a opção de tratamento mais recorrida é o uso da máscara.

Não existe cura para esta doença

Hoje em dia, ainda não foi descoberto uma cura para esta doença. De fato, todos os tratamentos que vimos estão destinados a combater ou reduzir os sintomas. No entanto, caso o tratamento seja abandonado, a apneia voltará, porque não se pode se desfazer dela.

Os tratamentos ajudam muito a melhorar a qualidade de vida das pessoas, que verão como dormem muito melhor e se sentem com mais energia durante o dia. Além disso, as pessoas que dormem ao lado, também se sentirão agradecidas não só pela redução dos roncos, como também por aquele medo que sentem quando a pessoa deixa de respirar.

Por fim, alguma pessoa ao seu redor já sofreu com a apneia do sono? Como você vive, caso sofra com a doença?

  • Ryan, S. (2016). Obstructive Sleep Apnea. In International Encyclopedia of Public Health. https://doi.org/10.1016/B978-0-12-803678-5.00311-8
  • Punjabi, N. M. (2008). The Epidemiology of Adult Obstructive Sleep Apnea. Proceedings of the American Thoracic Society. https://doi.org/10.1513/pats.200709-155MG
  • Somers, V. K., White, D. P., Amin, R., Abraham, W. T., Costa, F., Culebras, A., … Young, T. (2008). Sleep Apnea and Cardiovascular Disease. An American Heart Association/American College of Cardiology Foundation Scientific Statement From the American Heart Association Council for High Blood Pressure Research Professional Education Committee, Council on Clinical Cardiology, Stroke Council, and Council on Cardiovascular Nursing In Collaboration With the National Heart, Lung. Journal of the American College of Cardiology. https://doi.org/10.1016/j.jacc.2008.05.002