A saúde do coração na menopausa

· 26 de março de 2018
Os fatores de risco que podem desencadear condições cardíacas aumentam com o início da menopausa. É importante ter hábitos saudáveis ​​para manter a saúde do coração na menopausa.

A menopausa em si não causa doenças cardiovasculares, no entanto, certos fatores de risco aumentam na etapa marcada pelo fim da menstruação. Uma dieta rica em gorduras, o cigarro e outros hábitos não saudáveis ​​iniciados antes também podem ter consequências para a saúde do coração na menopausa.

O risco de doença cardíaca aumenta para todos à medida que envelhecemos, mas para as mulheres os sintomas podem ser mais evidentes após o início da menopausa.

Em média, o início da menopausa ocorre em torno de 45 anos. Este estágio é conhecido como pré-menopausa. Em geral, observa-se um aumento dos ataques cardíacos entre mulheres 10 anos após a menopausa.

Pode-se dizer que a doença cardíaca é o principal assassino das mulheres. Uma em cada três mulheres adultas tem alguma forma de doença cardiovascular.

A saúde do coração na menopausa

Mulher meditando

A menopausa ocorre quando uma mulher deixa de menstruar. É um processo natural que a maioria das mulheres atravessa, geralmente em torno dos 50 anos, mas pode acontecer mais cedo.

Durante a menopausa os ovários deixam de produzir estrogênio, um hormônio que controla o ciclo menstrual. O estrogênio também ajuda a manter os vasos sanguíneos fortes.

A menopausa não causa doenças cardíacas, mas seu início aumenta as condições e fatores de risco que podem resultar em doenças cardíacas.

Você pode começar a apresentar:

  • Aumento da pressão arterial.
  • Um nível mais elevado de colesterol LDL, ou “ruim”.
  • Níveis mais baixos de HDL, ou colesterol “bom”, que ajuda a regular alguns dos níveis “ruins” em seu sangue.
  • Aumento de triglicerídeos (um tipo de gordura no sangue).

Embora possa haver uma conexão entre o estrogênio e um menor risco de doença cardíaca e acidente vascular cerebral (antes da menopausa), não é recomendável tomar estrogênio para prevenção de doenças cardíacas após a menopausa.

Sintomas de doenças cardíacas em mulheres

Mulher sentindo calor na menopausa

Homens e mulheres têm um maior risco de doença cardíaca à medida que envelhecem. Você pode pensar que alguns sintomas são manifestações normais do envelhecimento, mas esse não é necessariamente o caso. A este respeito, é importante conversar com seu médico se você tiver:

  • Dificuldade para respirar
  • Dor no peito
  • Palpitações
  • Fadiga ou sensação de estar muito cansada
  • Inchaço nos pés ou nos tornozelos

Os sintomas de um ataque cardíaco em mulheres e homens podem ser diferentes. A maioria das mulheres apresenta dor no peito, dor no braço ou falta de ar. Outros sintomas tendem a ser leves e podem incluir:

  • Pressão ou dor no peito que vem e vai
  • Transpiração
  • Náusea
  • Tonturas
  • Dor no maxilar, pescoço, braço ou costas
  • Fadiga excessiva

A importância de manter um estilo de vida saudável

Exercícios na menopausa

Ao adotar hábitos saudáveis desde uma idade precoce, você pode ajudar a reduzir o risco de doenças cardíacas à medida que envelhece. Aqui oferecemos uma série de recomendações para preservar a saúde do seu coração na menopausa:

  • Escolha uma dieta saudável que seja rica em fibras e reduza o consumo de sal, açúcar e alimentos processados.
  • Frutas e vegetais frescos, cereais integrais, proteínas magras e laticínios com baixo teor de gordura podem desempenhar um papel importante no cuidado do órgão principal do corpo.
  • Faça atividade física regularmente. A American Heart Association recomenda pelo menos 30 minutos de atividade de intensidade moderada, como caminhar, andar de bicicleta, dançar ou cuidar do jardim, pelo menos cinco dias por semana.
  • Pare de fumar. Não importa quanto tempo você tenha fumado, nunca é tarde demais para parar.
  • Encontre maneiras saudáveis ​​de lidar com o estresse. Dedique-se a um passatempo, experimente meditação ou ioga, e certifique-se de se exercitar de forma moderada.
  • Procure um tratamento para a depressão. Alguns estudos mostram que as mulheres de meia idade com depressão têm duas vezes mais chances de ter um acidente vascular cerebral.
  • Visite seu médico regularmente. Os exames irão ajudá-la a observar os fatores de risco, falar sobre sintomas e obter um tratamento precocemente.

A menopausa não é uma doença, é uma fase natural do ciclo de vida de uma mulher. No início deste período é importante ficar atenta às mudanças e fazer um balanço geral da saúde física e mental.