Saiba como contribuir com o alívio da dermatite atópica

· 17 de julho de 2018
Todos os problemas da pele devem ser cuidados de forma atenciosa seguindo todas as recomendações, já que o meio ambiente está bem poluído e isso pode dificultar o alívio de tais doenças

A dermatite atópica é bem frequente e a cifra de pessoas com este tipo de afecção aumenta a cada ano. Esta doença começa em idades bem precoces, o que queremos dizer é que tal condição afeta a bebês e a crianças e, com menor frequência, os adultos.

Nas crianças costuma aparecer no rosto e nas áreas de flexão como os cotovelos, os joelhos, a parte interna do pulso ou no couro cabeludo, assim como nas pernas e glúteos.

Diz-se que pode ser uma afecção hereditária, o que queremos dizer é que, se algum dos pais sofreu com o problema, o mais provável é que a criança também a desenvolverá.

Neste artigo contaremos um pouco mais sobre a dermatite atópica e também traremos alguns remédios naturais que podem ser muito úteis para aliviar seus sintomas. 

Sintomas da dermatite atópica

Os sintomas da dermatite atópica são bem notáveis e reconhecíveis a olho nu, por isso que identificá-los será muito fácil. São estes:

  • Pele seca
  • Aparência rugosa ou escamosa
  • Avermelhamento
  • Muita coceira
  • Bolhas que amolecem
  • Crostas
  • Inflamação na área

É muito importante evitar cocá-las para não fazer feridas e prevenir o risco de infecção. Trata-se de uma forma constitucional de pele seca com pouca água e gordura, por isso que se descama e se irrita com muita facilidade.

A dermatite atópica se diferencia da seborreica e à de contato, pois aparece uma coceira. A seborreica somente aparece no couro cabeludo, às vezes no queixo e no peito, e a de contato é causada por substâncias alérgicas.

Leia também: Remédios naturais efetivos para a dermatite seborreica

Causas

Como já dizíamos, seu maior desenvolvimento se deve a questões genéticas.

Suspeita-se que ocorre devido a uma carência de proteínas e uma redução na concentração de ácidos graxos essenciais na pele, o que faz com que aumente sua sensibilidade, mais ainda se desconhece o motivo exato.

No entanto, existem certos fatores ambientais, alérgicos e alimentares, e até mesmo algumas peças de roupa, que desencadeiam ainda mais a doença e a agravam.

Recomendações

  • Escolha perfumes e cremes livres de álcool e parabenos. Use maquiagens hipoalergênicas.
  • Evite os banhos ou duchas prolongados, assim como a água muito quente, já que favorece a aparição das lesões. Tome banho com a água morna somente uma vez no dia e seque-se suavemente, sem esfregar a toalha.
  • Se afaste do estresse. Os aborrecimentos frequentes, as situações de frustração, nervosismo, estresse ou as situações constantes de vergonha são fatores que predispõe o aparecimento de surtos. Recorra a técnicas de relaxamento para controlar estes estados.
Lavar com sabonetes neutros contribui com o alívio da dermatite atópica

  • Hidrate a pele do rosto e do corpo diariamente. Além disso, você pode aliviar a coceira ou os incômodos se aplicar hidratante a frio (guardando-o na geladeira).
  • Use roupas com 100% de algodão. As lãs e as fibras sintéticas propiciam o aparecimento de lesões cutâneas.
  • Use sabonetes com pH neutro. Estes beneficiam o cuidado da pele sensível.
  • Lave a roupa nova para eliminar os resíduos que possam estar contidos nela, devido aos produtos utilizados em sua fabricação.
  • Corte as unhas de crianças e bebês para impedir os arranhões.
  • Mantenha uma temperatura suave do ambiente, ou seja, evite as temperaturas extremas, tanto no inverno como no verão e procure estar em ambientes frescos. 

Remédios naturais para a dermatite atópica

Camomila

É a erva mais eficaz para acalmar as coceiras porque umecta e reparar a pele e ajuda a baixar a inflamação.

Ingredientes

  • 3 flores de camomila
  • 1 xícara de água (250 ml)

Modo de preparo

  • Coloque a água em um recipiente e leve ao fogo.
  • Quando estiver fervendo, adicione as flores e deixe cozinhar por mais dois minutos.
  • Retire do fogão, coe e deixe repousar.
  • Umedeça uma toalha limpa no preparo e comece a aplicá-la sobre a zona afetada.

Aloe vera

Como sempre, o aloe vera não pode faltar em uma lista de remédios caseiros para a pele. Devido as suas propriedades, refresca e umecta a pele, ajudando a desinflamar e aliviar a ardência e a coceira.

Como preparar?

  • Devemos obter o cristal de uma folha de aloe vera e processá-lo no liquidificador até conseguir um gel.
  • Aplicar o gel na zona afetada, e em minuto notar a diferença.
  • Recomenda-se repetir o procedimento 3 vezes por dia, evitando enxaguar para que o efeito dure mais tempo.

Veja também: Sabonete caseiro de glicerina, própolis e argila para a dermatite

Máscara de pepino

O pepino é o ingrediente natural por excelência para reduzir a inflamação da pele. Seus compostos anti-inflamatórios e diuréticos apoiam a eliminação de líquidos para restaurar o estado normal desta.

Máscara de pepino contribui com o alívio da dermatite atópica

Ingredientes

  • ½ pepino

Modo de preparo

  • Bata o meio pepino no liquidificador até obter seu suco e o leve à geladeira por duas horas.
  • Depois, espalhe-o gelado por toda a zona afetada.
  • Deixe-o agir durante 20 minutos e enxágue.

Não se esqueça de que este tipo de afecção precisa de cuidado dermatológico. Os remédios naturais expostos serão um complemento para acalmar e reduzir os sintomas desta condição.