Dermatite seborreica: remédios naturais eficazes

29 de dezembro de 2019
Para tratar a dermatite seborreica, é essencial seguir as recomendações do médico e, além disso, aplicar alguns cuidados, como lavar a pele com sabão neutro e aplicar hidratante.

A dermatite seborreica, comumente conhecida como “seborreia”, é uma condição crônica da pele sem causa definida. Embora se acredite que possa ser devida a um fungo chamado Malassezia. Outras causas possíveis são o consumo de certos medicamentos, estresse, distúrbios do sistema imunológico e certos distúrbios neurológicos, como o Mal de Parkinson.

Esta doença pode afetar pessoas de qualquer idade. De fato, quando ocorre em bebês, é conhecida como “crosta de leite” e causa manchas secas e escamosas no couro cabeludo.

Descubra também: Remédios naturais eficazes para a dermatite seborreica

Remédios naturais para tratar a seborreia

Dermatite seborreica na pele do rosto

A seguir, informaremos quais são os ingredientes que a natureza nos oferece para aliviar o desconforto da dermatite seborreica e complementar o tratamento prescrito pelo dermatologista.

1. Aveia

Aveia é um cereal que possui propriedades anti-inflamatórias. Portanto, foi incluída como ingrediente em vários produtos cosméticos para o cuidado de peles sensíveis e também para surtos de dermatite seborreica.

Máscaras caseiras e compressas com farinha de aveia podem ser preparadas para aliviar a coceira, o inchaço e a vermelhidão.

2. Óleo de coco

O óleo de coco pode ajudar a aliviar o desconforto no couro cabeludo em caso de surto de dermatite seborreica. Você só precisa aplicar algumas gotas e massagear suavemente a área por um tempo e, em seguida, escovar o cabelo cuidadosamente e finalmente lavá-lo com água morna e os produtos recomendados pelo dermatologista (xampus leves, como xampus para bebês ou aqueles que não contêm álcool)

Os especialistas da Clínica Mayo sugerem que o azeite também pode ser utilizado para o mesmo fim. Quando aplicado no couro cabeludo, ajudaria a suavizar e remover as escamas capilares mais facilmente, sem maltratar a pele.

3. Aloe vera

Aloe vera contra dermatite seborreica

A planta aloe vera é usada em vários tratamentos para a pele e cabelos. O gel natural da planta possui componentes adstringentes que ajudam a secar as escamas e hidratar a pele ao mesmo tempo, evitando a perda de água. Além disso, ajuda a limpar a pele, aliviar a inflamação e promove a regeneração das células.

O que fazer?

  • Para a dermatite seborreica, extraia o gel de uma folha de aloe vera e processe-a para facilitar a aplicação.
  • Use o gel para massagear a área problemática e deixe agir por 20 minutos.
  • Após o tempo indicado, lave a pele com água morna.

4. Mel

Devido à sua textura agradável, o mel pode ajudar a aliviar surtos leves de dermatite seborreica. Além disso, pode ajudar a hidratar a pele e, assim, aliviar a irritação e a coceira.

Para fazer um remédio caseiro com mel, você pode usar claras de ovos como segundo ingrediente ou simplesmente água.

Ingredientes

  • 1 xícara de água fervida (250 ml)
  • 2 colheres de sopa de mel (50 g)

O que fazer?

  • Em uma tigela, despeje a água fervida, adicione o mel e misture bem.
  • Aplique nas áreas afetadas através de uma massagem e deixe por 2 horas.
  • Enxágue com água morna.

Este é um dos remédios preferidos das pessoas e você pode administrá-lo uma vez a cada dois dias.

5. Água de aveia

O vinagre de maçã é um líquido que geralmente é incluído em vários remédios caseiros, porque acredita-se que o seu conteúdo de ácido málico lhe dê propriedades antimicrobianas que ajudariam a equilibrar o pH da pele e combater infecções. No entanto, os dermatologistas não recomendam usá-lo, pois pode causar irritação e complicar o surto.

Em vez de vinagre de maçã, você pode simplesmente recorrer à água de aveia como um tônico facial, pois esse cereal possui propriedades anti-inflamatórias que proporcionam alívio e acalmam a irritação, coceira e vermelhidão.

Nota final

Para poder cuidar corretamente da sua pele após o diagnóstico de dermatite seborreica, é importante que você procure um dermatologista e siga as recomendações. O profissional saberá o que é melhor para a sua pele, de acordo com as suas características e necessidades.

Além disso, lembre-se de manter um estilo de vida saudável, que inclua o uso dos produtos certos para o cuidado da sua pele e uma boa hidratação.

  • Erchiga, V. C., Martos, A. O., Casaño, V., Crespo Erchiga, A., & Fajardo, F. S. (1999). Aislamiento e identificación de Malassezia spp en pitiriasis versicolor, dermatitis seborreica y piel sana. Rev Iberoam Micol16, 16–21.
  • Calderón, M., Quiñones, M. A., & Pedraza, J. (2011). Efectos Benéficos del Aloe en la Salud. Vertienter, Revista Especializada En Ciencias de La Salud14(2), 53–73. Retrieved from http://www.medigraphic.com/pdfs/vertientes/vre-2011/vre112a.pdf
  • Cabrera, L., De Rodríguez, G. O., Céspedes, E., & Colina, A. (2003). Actividad antibacteriana de miel de abejas multiflorales (Apis mellifera scutellata) de cuatro zonas apícolas del estado Zulia, Venezuela. Revista Cientifica de La Facultad de Ciencias Veterinarias de La Universidad Del Zulia13(3), 205–211.