Saiba mais sobre a apendicite

5 de novembro de 2013
O aumento considerável da incidência desse problema ganhou destaque até mesmo em novela de horário nobre e merece nossa atenção.

A apendicite nada mais é do que a inflamação do apêndice, que é uma espécie de “bolsa” pequena  presa no início do intestino grosso.

Principais Causas

A apendicite é uma das causas mais comuns de cirurgia abdominal de emergência em alguns países. Ela geralmente ocorre quando o apêndice fica bloqueado, seja por fezes, tumor (mais raro) ou um objeto.

Exames realizados

O médico vai realizar alguns procedimentos em quem sofre desse problema. Caso você tenha apendicite, sua dor aumentará quando o médico soltar a pressão de repente, após ter pressionado gentilmente a área abdominal inferior à direita.

Leia mais: 10 causas de uma dor abdominal no lado direito

Em geral, os médicos diagnosticam a apendicite de acordo com os sintomas informados pelo paciente, pelo exame físico e pelos exames de laboratório. Alguns exames são:

  • Laparoscopia diagnóstica;
  • Tomografia computadorizada abdominal;
  • Ultrassonografia abdominal;

Sintomas de apendicite

Os sintomas de apendicite variam de acordo com cada paciente. Mas normalmente o sintoma que aparece primeiro é a dor em volta do umbigo, que começa pequena e vai ganhando cada vez mais proporção. Foram evidenciados também sintomas como febre baixa, vômito e náuseas.

À medida que aumenta a inflamação no apêndice, a dor tende a se mover para baixo e à direita e se localizar diretamente acima do apêndice, em um local chamado ponto de McBurney.

Caso ocorra o rompimento do apêndice, a dor pode desaparecer por um período. Entretanto, quando ocorre a inflamação do revestimento da cavidade abdominal, a dor piora e o quadro do paciente também.

Há evidências de alguns sintomas posteriores, como:

Dicas para se recuperar de uma apendicite

Procure imediatamente um médico caso você apresente os seguintes sintomas:

  • Dor grave, súbita ou aguda e febre;
  • Vômitos e diarreias com a presença de sangue;
  • Abdômen duro, sensível;
  • Dificuldade ou impossibilidade de evacuar;
  • Desconforto abdominal por período superior a uma semana;
  • Intensificação da dor ao comer ou tomar antiácidos;
  • Perda de peso involuntária;
  • Náuseas, vertigem ou tontura;
  • Dor abdominal insistente do lado direito inferior.

Tratamento para a apendicite

Se você tiver um caso sem complicações, um cirurgião removerá seu apêndice logo após o diagnóstico feito por seu médico.

Se uma tomografia computadorizada mostrar que você tem um abcesso de um apêndice rompido, primeiro você deverá ser tratado da infecção.

Dessa forma, você terá seu apêndice removido depois que a infecção e a inflamação forem tratadas.

Leia mais: Dicas para se recuperar de uma apendicite

Fique atento(a): a depender da gravidade da apendicite, ela pode levar o paciente a um quadro de infecção generalizada e morte em apenas 3 dias.

  • Dabadie, A., & Petit, P. (2017). Appendicitis. In Imaging Acute Abdomen in Children. https://doi.org/10.1007/978-3-319-63700-6_10