Sabão de aloe vera sem soda cáustica

12 Dezembro, 2019
Quer aprender a fazer um sabão de aloe vera artesanal e livre de soda cáustica? Contamos como fazê-lo em casa em simples passos e com poucos ingredientes. Anote!

Para fazer sabão de aloe vera não é necessário utilizar soda cáustica. Ainda que esta tenha sido utilizado por muito tempo na elaboração deste tipo de produto, hoje existem várias alternativas para deixar de usá-la. De fato, existem fórmulas suaves que trazem um extra de benefícios.

A soda cáustica pode causar efeitos secundários na pele, principalmente naqueles que possuem algum tipo de sensibilidade. Trata-se de um ingrediente corrosivo que tem sido associado com problemas como a dermatite, secura e caspa. De fato, muitas marcas já deixaram de utilizá-la.

Por que é melhor evitar os sabões com soda cáustica?

Várias apresentações de sabões convencionais que são vendidos nos supermercados contêm soda cáustica entre seus componentes. Ainda que não causem efeitos secundários em todos os tipos de pelesalgumas pessoas apresentam reações negativas logo após utilizá-los. Por qual razão?

A soda cáustica, também chamada de hidróxido de sódio, é um componente agressivo que pode produzir irritação quando entra em contato com a pele. Além disso, está presente em sabões e muitos outros produtos de beleza, ainda que em concentrações relativamente baixas.

Mulher passando sabonete

Pode te interessar: Limpar a casa sem produtos químicos

No entanto, várias instituições aconselham os consumidores a evitarem todo tipo de contato entre este componente e a pele ou olhos. Ademais, os Centros para o Controle e Prevenção de Doenças (CDC) informam que:

«O contato da pele com o hidróxido de sódio pode causar queimaduras graves com ulcerações profundas. A dor e a irritação são evidentes em 3 minutos, mas o contato com soluções diluídas pode não causar sintomas durante várias horas. As soluções fracas até 0,12% demonstraram destruir as células saudáveis da pele em uma hora».

Agora, para não criar alertas desnecessários, é importante deixar claro que, no caso de sabões e cosméticos, os fabricantes costumam usar quantidades seguras de soda cáustica combinadas com gordura ou “óleo extra”, o que impede que a pele se queime acidentalmente.

Por isso, sempre e quando o processo de fabricação do sabão tenha sido um sucesso e correto, o hidróxido de sódio não representará um perigo. Contudo, seu uso constante pode sim incidir em problemas leves de secura ou irritação; por isso, o melhor seria evitá-lo e buscar outras opções.

Não perca: Receita de sabão caseiro ecológico

Fazer sabão de aloe vera sem soda cáustica

Quer se assegurar de usar um sabão livre de soda cáustica? Então aprenda a fazer um de aloe vera com ingredientes naturais. Ainda que existam apresentações comerciais livres deste componente, preparar um sabão artesanal traz interessantes benefícios que valem a pena serem aproveitados.

Por ser feito com aloe vera, este produto nutre a pele e ajuda a prevenir os sinais de sensibilidade como coceira e irritação. Sua fórmula é muito suave e pode ser aplicada até nos tipos de pele mais sensíveis. Ademais, contém outros ingredientes que nutrem, hidratam e suavizam a pele.

Gel de aloe vera para dor de estômago

Ingredientes

  • 2 tabletes de sabão de glicerina (250 g).
  • 1 xícara de gel de aloe vera (200 g).
  • 4 colheres de mel (60 g).
  • 5 colheres de azeite de oliva (100 ml).
  • Raspas de limão ou gotas de óleo essencial.

Instruções para preparar sabão de aloe vera

  • Em primeiro lugar, obtenha um recipiente resistente ao calor do micro-ondas. Em seguida, introduza os tabletes de sabão de glicerina e derreta-os. Pode demorar cerca de 4 minutos.
  • Posteriormente, quando o sabão estiver derretido, adicione as colheres de mel, as raspas de limão ou gotas de óleo essencial e a polpa de aloe vera.
  • Aparte, esquente o azeite de oliva até que esteja morno. Evite reaquecê-lo pois pode perder suas propriedades.
  • Assim que estiver morno, misture todos os ingredientes com a ajuda de uma batedeira de mão, em baixa potência. No final deverá obter uma mistura brilhante, com aroma agradável.
  • Assim que obtê-la, verta o conteúdo em vários moldes para sabão ou em um recipiente de plástico limpo.
  • Por fim, coloque o sabão na geladeira durante um dia, até que se solidifique bem. Se o fizer sobre um molde grande, corte vários tabletes para facilitar seu uso.

Animado para fazer este sabão natural em casa? Como pode ver, fazer o próprio sabão de aloe vera é muito simples e não tomará muito tempo. No final, terá um produto ideal para cuidar da pele. Ademais, terá certeza de que não contém soda cáustica. Prove!

  • Schatz, R. J., Debing, L., & Murray, G. (2005). SODIUM HYDROXIDE. Industrial & Engineering Chemistry. https://doi.org/10.1021/ie50506a042
  • Seidenari, S., Pepe, P., & Di Nardo, A. (1995). Sodium hydroxide-induced irritant dermatitis as assessed by computerized elaboration of 20 MHz B-scan. Images and by TEWL measurement: A method for investigating skin barrier function. Acta Dermato-Venereologica.
  • Eggeman, T. (2011). Sodium Hydoxide. Kirk-Othmer Encyclopedia of Chemical Technology. https://doi.org/10.1002/0471238961.1915040905070705.a01.pub2
  • Oluwatoyin, S. M. (2011). Quality of Soaps Using Different Oil Blends. Journal of Microbiology and Biotechnology Research.
  • Hamman, J. H. (2008). Composition and applications of Aloe vera leaf gel. Molecules. https://doi.org/10.3390/molecules13081599