Remédios naturais para aliviar os sintomas da apendicite

Embora esses remédios possam ajudar a aliviar os sintomas eles não são a solução para a apendicite, apenas um complemento. Devemos sempre recorrer a um profissional de saúde para tratá-la de forma adequada.
Remédios naturais para aliviar os sintomas da apendicite

Última atualização: 08 janeiro, 2022

Embora a dor exija que a pessoa procure um médico imediatamente, existem remédios naturais para aliviar os sintomas da apendicite. Como se sabe, essa é uma condição na qual ocorre uma inflamação do apêndice, que é uma pequena porção do intestino grosso.

Isso pode ser devido a um corpo estranho ou infecção, e até mesmo pelas próprias fezes. Além de inflamação a apendicite provoca uma dor aguda; embora o quadro possa exigir uma intervenção cirúrgica, também existem remédios naturais para aliviar os sintomas, que discutiremos a seguir.

O que é a apendicite?

A apendicite é a inflamação do apêndice, que é uma pequena bolsa ligada ao intestino grosso localizada na parte inferior direita do abdome. Essa inflamação deve ser tratada com muito cuidado, caso contrário pode ser necessária uma cirurgia de emergência.

A apendicite ocorre quando as fezes, um corpo estranho ou tumor bloqueiam o apêndice. Ela também pode ser provocada por uma infecção.

Esse inchaço pode causar sintomas desconfortáveis. Dentre elas podemos citar as dores abdominais, que podem se agravar com o passar do tempo. Em alguns casos elas também podem estar acompanhadas de náuseas, vômitos, febre, dificuldade para expelir gases e diarreia ou prisão de ventre. Frequentemente as crianças com essa condição perdem o apetite.

Remédios naturais para apendicite

Mesmo que essa condição exija uma visita urgente ao médico, com os remédios naturais que sugerimos a seguir você pode aliviar alguns dos sintomas da apendicite.

Não consuma alimentos sólidos

Smoothies coloridos.

Como explicamos anteriormente, uma das causas da apendicite é a obstrução do apêndice. Portanto, o ideal é evitar o consumo de alimentos sólidos e a ingestão de muita água nos primeiros dias.

Nesses casos a maioria dos médicos recomenda limpar o intestino grosso, portanto devemos consumir o máximo de líquido possível. O ideal é beber apenas água (qualquer outro líquido pode ser prejudicial se ingerido em quantidades inadequadas). Para evitar uma reação que possa influenciar este estado de forma desfavorável, é preferível que a água esteja quente.

Você deseja mais informações? Não se esqueça de visitar: 6 formas interessantes de tomar água para desintoxicar o corpo e se refrescar

Deite de costas

Para neutralizar a dor causada pela apendicite, pressione a área afetada e deite-se de costas. É importante evitar qualquer movimento repentino ou que exija esforço físico.

Caso precise se mover, peça ajuda e mude de posição com muito cuidado. Isso impedirá que a dor se intensifique. Não se esqueça de que o mais importante é seguir as instruções do seu médico.

Manter essa posição deitada de costas pode ser desconfortável depois de várias horas ou alguns dias. No entanto, é muito conveniente que você faça isso. Caso seja forçado a adotar outra posição, utilize travesseiros para descansar parte do peso do seu corpo. Nesse caso, deixe outra pessoa acomodá-los para você. Lembre-se de que não é recomendável fazer movimentos bruscos.

Tome sucos de vegetais

Suco de cenoura e alho.

Os sucos vegetais são muito úteis para aliviar os sintomas da apendicite. Eles também são perfeitos para obter os nutrientes de que precisamos. Seus benefícios serão especialmente perceptíveis se, seguindo essas indicações, você tiver reduzido ao mínimo ou totalmente a ingestão de alimentos sólidos.

Assim, a receita que apresentamos a seguir é um magnífico complemento às instruções do médico.

Ingredientes

  • ½ copo de suco de beterraba (100 ml).
  • ½ copo de suco de pepino (100 ml).
  • 1 ½ copo de suco de cenoura (300 ml).

Preparo

Misture tudo e tome este suco duas ou três vezes ao dia.

Além de extremamente saudável, ele tem um sabor agradável. O poder purificador de ingredientes como o pepino nos ajuda a eliminar as toxinas do organismo.

Aproveite as propriedades das plantas medicinais

As plantas são reconhecidamente um dos meios mais eficazes de tratamento para muitas doenças. A plantas com propriedades antibacterianas são as melhores para reduzir os sintomas iniciais da apendicite.

Entre as plantas mais adequadas para esse fim estão:

  • Hortelã.
  • Tomilho.
  • Tília.
  • Alecrim.

Adquiri-las, mantê-las e incluí-las na alimentação é muito simples. Se você ainda não as consome com frequência, recomendamos ingerir a de sua preferência pelo menos uma vez ao dia.

Acupuntura

A acupuntura pode ser de grande ajuda no alívio dos sintomas da apendicite, mas para que esta seja uma opção viável o abdome não pode estar muito contraído. A temperatura corporal também deve ser a adequada.

Nesse sentido, é importante que você busque a ajuda de um profissional. Não é aconselhável seguir guias de acupuntura da internet ou se colocar nas mãos de alguém sem experiência. Este é um tipo de prática que exige precisão e concentração máximas. Também é importante se certificar de que a limpeza do local escolhido para a aplicação seja boa.

Cataplasma de barro

O cataplasma de barro alivia a inflamação, a dor e até mesmo a infecção que pode ser a causa da apendicite. Ele consiste em imergir metade do corpo em uma grande quantidade de barro. A frieza característica dele relaxa as articulações e alivia as dores intestinais. Tudo isso vai facilitar os movimentos deste órgão.

Além de ser muito eficaz no tratamento dessa condição, o barro é muito barato. Sem dúvida, esta é mais uma das vantagens dele. Por outro lado, a principal desvantagem é a dificuldade de encontrar o local exato para a aplicação do cataplasma.

Outras recomendações em caso de apendicite

  • descanse,
  • hidrate-se bem,
  • caminhe um pouco,
  • não faça atividade física intensa,
  • evite levantar objetos pesados.

O tratamento oportuno da apendicite

Iniciar o tratamento da apendicite de forma precoce é crucial. Às vezes pode parecer que a condição está começando a desaparecer, mas nada está mais longe da verdade. Embora a dor diminua, o risco de perfurar o apêndice é muito alto.

Se você não prestar atenção a esses sinais, estará correndo o risco de sofrer um caso grave de infecção nos órgãos internos.

Lembre-se de que esses remédios naturais te ajudarão a aliviar os sintomas da apendicite, mas em nenhum caso eles são a única solução. Diante dos sintomas característicos desta condição é imprescindível procurar um médico e seguir todas as instruções dele.

This might interest you...
Apendicite na gravidez: quais são os riscos
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
Apendicite na gravidez: quais são os riscos

O risco da apendicite na gravidez piora dependendo do estado da gravidez da gestante, que pode resultar em complicações fetais e infecção na sala c...



  • Dubón Peniche MC, Ortiz Flores A. Apendicitis aguda, su diagnóstico y tratamiento. Rev. Fac. Med. (Méx.). 2014;  57(4): 51-57.
  • Sarosi GA. Appendicitis. In: Feldman M, Friedman LS, Brandt LJ, eds. Sleisenger and Fordtran’s Gastrointestinal and Liver Disease. 10th ed. Philadelphia, PA: Elsevier Saunders; 2016: chap 120.
  • Souza-Gallardo, LM, Martínez-Ordaz JL. Apendicitis aguda. Manejo quirúrgico y no quirúrgico. Revista Médica del Instituto Mexicano del Seguro Social. 2017; 55(1): 75-83.
  • Wolfe JM, Henneman PL. Acute appendicitis. In: Marx JA, Hockberger RS, Walls RM, et al, eds. Rosen’s Emergency Medicine: Concepts and Clinical Practice. 8th ed. Philadelphia, PA: Elsevier Saunders; 2014: chap 93.
  • Velázquez MJD, Ramírez SF, Vega MAJ. Premedicación, factor de retraso en el diagnóstico y tratamiento quirúrgico de la apendicitis aguda. Cir Gen. 2009;31(2):105-109.