O que são as toxinas e como elas agem no corpo?

Para eliminar as toxinas do corpo, é importante manter uma alimentação saudável e se hidratar adequadamente. O fígado e o rim são nossos grandes aliados nessa tarefa.
O que são as toxinas e como elas agem no corpo?

Última atualização: 15 Junho, 2021

Nos últimos anos, todos os meios de comunicação têm falado sobre as toxinas, as famosas dietas detox e a melhor maneira de se exercitar para eliminá-las. No entanto, poucas pessoas sabem realmente o que elas são e por que é aconselhável purificar o corpo.

As toxinas são substâncias nocivas produzidas pelas células, seja de plantas, animais ou bactérias. No nosso caso, elas podem ter sido fabricadas pelo corpo ou ter vindo do exterior.

O problema das toxinas é que, quando elas se acumulam, causam danos às células e aos tecidos. Portanto, neste artigo vamos explicar de onde vêm essas substâncias e o que podemos fazer para eliminá-las.

O que são as toxinas?

Como mencionamos, são substâncias potencialmente prejudiciais para nossas células e tecidos. Elas podem ser moléculas pequenas, proteínas ou outros elementos que vêm do exterior e de dentro do corpo.

Em primeiro lugar, devemos saber que o nosso organismo produz toxinas o tempo todo, devido aos processos metabólicos dos quais precisamos para sobreviver. O mecanismo pelo qual nossas células obtêm energia, por exemplo, gera radicais livres.

Os radicais livres são moléculas instáveis consideradas toxinas, pois podem causar danos às células ao se acumularem no organismo. Também geramos inúmeras toxinas quando nos alimentamos, respiramos ou consumimos alguma substância como o tabaco.

O que acontece é que nós temos mecanismos que nos permitem neutralizar todas essas toxinas ou eliminá-las. Ao neutralizá-las, evitamos que elas atinjam níveis muito elevados, o que é prejudicial para os tecidos.

Os dois órgãos mais importantes na neutralização e eliminação de toxinas são o fígado e os rins. Por meio da urina e das fezes, expulsamos grande parte delas.

É essencial que esses órgãos funcionem como deveriam funcionar para que a purificação seja adequada. As doenças renais e hepáticas alteram o processo de desintoxicação e retardam a eliminação dos radicais livres, afetando o envelhecimento, por exemplo.

As funções do fígado
O fígado é um órgão essencial para a desintoxicação do ser humano.

Você pode gostar de ler: A toxina botulínica, um veneno letal

Outras toxinas importantes

Como já mencionamos, os alimentos são uma importante fonte de toxinas. Não só pelas reações que ocorrem dentro do corpo para processá-los, mas também porque elas vêm do próprio produto em si.

Os alimentos ricos em aditivos e gorduras contêm uma porcentagem maior de toxinas. A mesma coisa acontece com as frituras ou os processados ​​em altas temperaturas. Além disso, substâncias como o cigarro e o álcool são extremamente prejudiciais.

As substâncias poluentes, como os metais pesados, que estão presentes em alguns animais que comemos, também são consideradas uma fonte de intoxicação. Também não podemos esquecer que os venenos dos animais, como cobras ou insetos, também são tóxicos.

Os ultraprocessados, comuns na indústria alimentícia atual, aceleram o processo de liberação de toxinas devido ao número de etapas que são realizadas em sua fabricação. No supermercado, a escolha dos produtos deve ser feita de forma a minimizar os riscos à saúde.

Como podemos eliminá-las do corpo?

Dietas detox
Não há evidências claras sobre a eficácia das chamadas “dietas detox”.

Embora a publicidade fale muito sobre várias dietas e fórmulas detox, ainda não há evidências científicas dos seus benefícios. No entanto, é verdade que, para conseguir eliminar as toxinas do nosso organismo, precisamos que os órgãos funcionem adequadamente. Principalmente o fígado e os rins.

Por isso, é muito importante se hidratar bem e beber entre 1,5 e 2 litros de água por dia. Isso ajuda o rim a produzir mais urina e a se purificar com mais frequência.

Logicamente, se reduzirmos a quantidade de toxinas vindas do exterior, isso também será benéfico para nós. Podemos fazer isso, por exemplo, eliminando da nossa vida o álcool, o cigarro e os alimentos processados ​​e ricos em gordura. Além disso, o ideal é introduzir mais verduras e frutas em nossa alimentação.

As dietas não são as únicas que ajudam a desintoxicar

Recomenda-se levar uma vida ativa e fazer exercícios de intensidade moderada várias vezes por semana. Por meio do esporte, também eliminamos toxinas e, além disso, reduzimos os níveis de estresse, que parecem estar relacionados.

Devemos nos lembrar de que as toxinas são substâncias prejudiciais para os nossos tecidos. No entanto, antes de iniciar qualquer dieta ou consumir produtos detox, é importante se informar e consultar um profissional.

Pode interessar a você...
Sinais de que seu corpo não elimina bem as toxinas
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
Sinais de que seu corpo não elimina bem as toxinas

Quando mantemos hábitos não saudáveis, podemos nos sentir sem vontade ou sem a energia suficiente; pode ser sinal de que você não elimina bem as to...



  • Rodríguez Perón, José Miguel, José Rogelio Menéndez López, and Yoel Trujillo López. “Radicales libres en la biomedicina y estrés oxidativo.” Revista cubana de medicina militar 30.1 (2001): 15-20.
  • Sánchez-Valle, Vicente, and Nahum Méndez-Sánchez. “Estrés oxidativo, antioxidantes y enfermedad.” Médica Sur 20.3 (2018): 161-168.
  • Saavedra, Octavio Maldonado, et al. “Radicales libres y su papel en las enfermedades crónico-degenerativas.” (2010).
  • Cogollos Ortega, Marcos. “Antinutrientes en las dietas detox.” (2019).