Suas articulações doem? Estas podem ser as causas!

· 26 de janeiro de 2017
Ainda que as dores nas articulações não sejam necessariamente indicativas de problemas graves, se elas não passarem ou se forem constantes, é conveniente consultar um especialista.

Suas articulações doem e você não sabe muito bem o por quê? Se isso ocorrer com muita frequência, talvez algumas das razões listadas abaixo possam ser a causa principal. Tome nota.

Você deve levar em conta que a dor pode estar localizada longe da zona afetada.

Um exemplo disso é o caso do ciático. Nesse caso, pode-se experimentar dor e debilidade na região da perna, quando realmente a causa está na coluna lombar.

É ali que nasce o nervo ciático, que afeta, por sua vez, a mobilidade da perna.

Dor nas articulações: fibromialgia

Dor nas articulações das costas

Se você tem um tipo de dor generalizada com picos mais intensos e específicos, deve fazer uma bateria de exames para descartar uma possível fibromialgia.

Tampouco convém descartar outras causas da dor generalizada como, por exemplo, as de natureza metabólica. Estas estão relacionadas com desordens do tecido conectivo e neuropático.

Se você acredita que este pode ser o seu caso, o melhor seria recorrer a um médico.

Mas não se preocupe, porque o diagnóstico é muito simples de ser feito. Na maioria das vezes, vendo o histórico do próprio paciente e depois realizar um pequeno exame físico com o reumatologista, já é mais do que suficiente.

Veja também: Você sabia que existe uma conexão entre o glúten e a fibromialgia?

Inflamação

Inflamação das articulações

A dor articular geralmente é acompanhada de vermelhidão. Ainda, acabe apresentando uma limitação de movimento provocada pela própria dor e inflamação que a acompanha.

A causa mais comum da inflamação em uma só articulação é um trauma, e o importante nesse ponto seria ver se vem acompanhada de infecção ou não.

Sofrer de gota

Dor na articulação dos pés

Se você sofre de gota, pode ter dor e inflamação nas articulações.

A dor associada à gota é severa e repentina e, além disso, pode incluir vermelhidão e inchaço ao redor das articulações.

Se for um problema derivado da gota, a dor apresenta uma evolução lenta e progressiva, assim como no caso da osteoartrite.

Pode ser que dure semanas ou, até mesmo, meses e não necessariamente virá acompanhada de uma inflamação.

Artrite

Dor nas articulações das mãos

Neste caso, a dor não se apresenta em apenas uma, mas sim em várias articulações… especialmente na zona da coluna, da pélvis e da cadeira.

Isto se traduz em uma notável dor na zona baixa das costas ou das cadeiras, assim como um  entorpecimento ou rigidez pela manhã. Se esse for seu caso, é possível que você sofra de artrite.

Além disso, a aparição de problemas gastrointestinais e de pele, como é o caso da psoríase, também podem estar relacionados.

Estas podem ser chaves para um diagnóstico de algo que, mesmo que não pareça, é bastante comum em pessoas menores de 40 anos.

Tendinite e bursite

Dor na articulação do cotovelo

Outras das causas da dor articular são a tendinite e a bursite.

A tendinite é uma inflamação do tendão justamente na zona que conecta o músculo ao osso, para poder movimentar a articulação.

A bursite, por sua vez, é uma inflamação da bursa, uma espécie de almofada de tecido que se encontra debaixo dos tendões e que evita a fricção entre o tendão e o osso.

Qualquer uma delas pode causar bastante dor nas articulações, no caso de se ter essas zonas inflamadas.

Recomendamos ler: Tratar a dor articular com cúrcuma e gengibre

Inflamação

Inflamção nas articulações dorsais

Em alguns casos se produzem pequenas inflamações sem que haja nenhuma causa de gravidade por trás.

Isso é algo que se deve levar em consideração antes de fazer qualquer alarde ao observar dor localizada em certas regiões.

Se experimentarmos uma dor generalizada com pontos de dor específicos, é importante considerar causas relacionadas ao sistema metabólico, assim como determinadas desordens do tecido conectivo e neuropático.

Se a dor persistir, o melhor é consultar um médico para que ele faça um diagnóstico mais preciso.

Neogi, T. (2016). Epidemiologia da Dor Articular. Associação Internacional Para o Estudo Da Dor.