O que acontece quando ficamos sem comer

· 7 de dezembro de 2018
A alimentação é fundamental para manter seu corpo saudável e forte. Não comer traz terríveis consequências para o seu organismo, as quais apresentaremos a seguir.

Para muitos, comer é um verdadeiro prazer, já que no ato de saborear satisfazemos ao paladar. Porém, em termos orgânicos, comer é uma necessidade para o nosso corpo. Lembre-se que os alimentos que ingerimos permitem que os órgãos funcionem corretamente. Portanto, não comer impede o funcionamento normal do corpo.

Não é um segredo que a obesidade é um problema de saúde pública que devemos combater, já que pode nos causar múltiplas complicações. Porém, para emagrecer o melhor é optar por mecanismos saudáveis.

Parar de comer não é uma boa ideia.

Neste artigo explicaremos as consequências para o seu organismo se você para de comer por tempo prolongado.

A moda de não comer

Estamos em uma sociedade na qual praticamente todos querem perder peso. Seja porque realmente têm obesidade ou porque querem cumprir com modelos estéticos que privilegiam o corpo esbelto.

a moda de não comer

Muitos se dedicaram a conseguir uma forma milagrosa de perder peso. Inclusive de forma quase instantânea, o que não é realista, já que se conseguimos emagrecer muito rápido perderemos massa muscular, quando o que deveremos diminuir é a gordura.

Entre tantas novidades, entrou na moda a ideia de parar de comer completamente durante vários dias para perder peso muito rápido.

Em efeito, não comer durante vários dias permitirá uma redução significativa de peso, mas causando problemas a nosso organismo. Porém, quando se alimentar com normalidade de novo recuperará rapidamente esses quilos perdidos.

Leia também: Benefícios de uma dieta rica em proteínas para perder peso

Processos bioquímicos ao não comer

Nosso organismo põe em prática uma série de processos indispensáveis para a nossa vida e nossa saúde, usando como matéria prima a energia que lhe damos através dos alimentos.

Ao não comer, o corpo procura substituir os alimentos com processos que são prejudiciais.

A seguir, te explicamos os processos que ocorrem quando paramos de comer.

Seis primeiras horas

A glicose é o principal combustível do qual nossas células se alimentam e se obtém através dos carboidratos.

Em particular, o cérebro requer um quarto da parte da glicose da qual dispõe o organismo. Os tecidos musculares e os glóbulos vermelhos se alimentam do resto.

Por não comer deixamos de oferecer os carboidratos que se transformam em glicose. Portanto, não oferecemos a energia necessária ao organismo.

Porém, até seis horas depois de não comer nosso corpo funciona com total normalidade. De fato, pega o glicogênio armazenado e o transforma em glicose, alimentando adequadamente o cérebro e demais células.

Sétima hora sem comer

Seguramente todas as pessoas experimentaram a sétima hora sem comer. A partir deste momento se começa a esgotar a fonte de glicogênio. Seu efeito visível é o mau humor.

Parar de comer gera nervosismo

De 7 até as 72 horas sem comer

Depois de surgir o mau humor, o que acontece é que o glicogênio não é mais o suficiente, por isso o organismo começa a procurar outros elementos que possa transformar em glicose.

Para isso, o corpo quebra a gordura, onde encontra ácidos graxos de cadeia longa que contêm glicose o suficiente. Porém, devido a sua espessura não podem chegar até o cérebro, ainda que sirvam para os tecidos e o sangue.

Por isso, o cérebro usa os ácidos graxos de cadeia curta, apesar de não conseguirem cobrir mais do que 75% do requerimento cerebral de energia.

Como consequência, começamos a sentir uma piora das funções cognitivas como problemas de concentração, memória e não temos a mesma capacidade de reação.

Do terceiro até o sétimo dia

Sob estas circunstâncias, o corpo põe em funcionamento o processo de quebrar as proteínas. Desta maneira se obtém aminoácidos dos quais se extrai glicose o suficiente para alimentar o cérebro.

Ainda que isso talvez possa soar positivo, na realidade o corpo está consumindo a si mesmo, pois está se alimentando de sua própria massa muscular.

Nas mulheres este processo causa a distorção de seu ciclo menstrual, já que o corpo tenta diminuir ao mínimo o gasto energético. Além disso, isso causa perda da densidade óssea e a diminuição do apetite sexual.

Entre uma e duas semanas

Neste período o corpo continua quebrando as proteínas para se alimentar, processo no qual gera danos aos órgãos e a todo o sistema imunológico. Com esta situação se aumenta a probabilidade de sofrer qualquer doença.

Mulher magra demais por parar de comer

Entre três semanas a 70 dias

Em certos casos, pode-se sobreviver por mais de três semanas e até setenta dias sem comer. Isso dependerá da quantidade de gordura armazenada, assim como da água que se consuma.

Porém, em qualquer um dos casos o organismo seguirá no processo de se consumir até que faleça. Por isso, é indispensável manter uma alimentação adequada.

Talvez te interesse ler: 10 consequências de consumir pouca água

Se você quer perder peso, o melhor é que procure a assessoria de um profissional. Ele preparará um plano especialmente desenvolvido para você.

Desta maneira seu corpo mudara enquanto conserva sua saúde.

Lopes, F. D. A., Cabral, J. S. P., Spinelli, L. H. P., Cervenka, L., Yamamoto, M. E., Castelo-Branco, R., & Hattori, W. T. (2006). COMER OU NAO COMER, EIS A QUESTÃO: DIFERENÇAS DE GÊNERO NA NEOFOBIA ALIMENTAR. Psico-USF. https://doi.org/10.1590/S1413-82712006000100014