Benefícios de uma dieta rica em proteínas para perder peso

· 23 de junho de 2018
A dieta da proteína tem múltiplos benefícios para o nosso corpo, tanto interna quanto externamente. Longe de ser difícil e monótona, inclui muitos alimentos saudáveis e deliciosos.

Uma dieta rica em proteínas é um tipo de alimentação que se baseia principalmente no aumento da porcentagem de ingestão de proteínas. O objetivo é conseguir que a proporção desse nutriente seja maior em relação ao que seria em uma dieta balanceada. Por outro lado, esse tipo de dieta visa ajudar o organismo a utilizar as gorduras acumuladas como fonte de energia e perder peso.

Hoje em dia, muitas pessoas recorrem à dieta da proteína para perder peso e manter uma boa condição física. Ela ajuda a metabolizar as gorduras acumuladas como fonte de energia, reduzindo o tecido adiposo. Caso você também faça exercícios, fica muito mais fácil aumentar a massa muscular e obter um corpo tonificado. 

Confira também: 15 dicas para perder peso além das dietas

A chave para uma dieta rica em proteínas

As proteínas são um dos nutrientes que formam uma parte estrutural dos nossos tecidos, portanto, uma parte fundamental para formar e fortalecer os sistemas esquelético e muscular, sendo essenciais para o bom funcionamento do sistema locomotor. Também é necessário lembrar que existem tanto as proteínas animais quanto as vegetais, portanto, ambos os tipos estão presentes na dieta proteica.

Os alimentos que contêm proteínas vegetais incluem soja, tempeh, tofu, quinoa, seitan, leguminosas (lentilhas, feijão, feijão-fradinho, grão de bico, ervilhas, etc) e as oleaginosas (nozes, amendoim, amêndoas, chia, avelãs). Enquanto os alimentos que contêm proteínas animais são as carnes, laticínios e peixes.

Assim, a chave para a dieta proteica está no equilíbrio desses dois grupos de proteínas, além de uma quantidade proporcional de alimentos com alto teor de fibra e água. E por que deve ser assim? Para aumentar o consumo de proteínas, devemos ajudar o estômago a processar os alimentos (além de expulsar os resíduos) e, neste aspecto, devemos ter uma hidratação adequada e consumir os alimentos que contêm fibras, como as frutas, verduras, oleaginosas e leguminosas.

Nutricionista escrevendo

Como planejar uma dieta rica em proteínas?

Em primeiro lugar, toda dieta deve começar a partir de um estudo médico que determine as condições físicas da pessoa e suas respectivas necessidades. Para isso, é necessário ir ao médico e, se for o caso, depois a um nutricionista. Após ter tido a opinião desses especialistas, você pode começar a planejar uma dieta específica e seu respectivo monitoramento. Outros aspectos a considerar são:

Características de uma dieta rica em proteínas

  • Fornece uma variedade de alimentos, por isso não enjoa facilmente.
  • A frequência das refeições aumenta (de 3 para 5), proporcionalmente.
  • Os alimentos que ela inclui proporcionam saciedade para que você não fique com fome.
  • Deve ser complementada por uma rotina de exercícios estruturados de acordo com as capacidades de cada um.

Felizmente, este tipo de dieta se tornou popular e isso favoreceu a conclusão de estudos exaustivos e a criação de métodos que ajudam na realização de uma dieta rica em proteínas.

Ela costuma combinar uma variedade de refeições com alto teor de proteína e poucas calorias, usando alimentos convencionais.

É um programa muito fácil de seguir, que ajuda a perder peso e cuja eficácia não deixa de lado o bom gosto. Na verdade, ela é altamente recomendável, pois pode ser personalizada de acordo com as necessidades e preferências da pessoa.

Mulher tomando shake de proteína

Benefícios de uma dieta rica em proteínas

  • Se for feita com produtos ricos em proteínas e baixo teor de gordura, dependendo do método, ajudará a evitar o excesso de gordura e poderá ajudá-lo a perder peso.
  • Ela ajuda a evitar a perda de massa muscular, de modo que previne e reduz a flacidez.
  • Não há o chamado “efeito rebote”, ao contrário de outras dietas.

Como você pode ver, não é preciso parar de comer ou fazer uma dieta cheia de sacrifícios. Você só precisa introduzir gradualmente alimentos que serão melhores para o seu organismo e reforçar a dieta com bons hábitos, como fazer exercício físico e manter uma hidratação adequada. Lembre-se: sua saúde vem em primeiro lugar.