Quando a temperatura corporal alta é considerada grave?  

· 11 de dezembro de 2017
Se as pessoas estão expostas a altas temperaturas ambientais experimentam exaustão por calor, porque perdem quantidades consideráveis ​​de água e eletrólitos

No corpo humano, a faixa de temperatura considerada normal é de 35,8 ºC e 37,2 ºC.

Para manter esse número é necessário adaptar-se às condições ambientais. No entanto, quando há uma alteração na perda e produção de calor, a temperatura aumenta.

Se a pessoa tiver uma temperatura elevada, os vasos sanguíneos dilatam para transportar o excesso de calor para a superfície. Portanto, o corpo expele suor para evaporar e gerar frio.

No entanto, quando o organismo é exposto a temperaturas frias, os vasos sanguíneos se contraem. Neste caso, o fluxo sanguíneo é reduzido e os músculos tremem, para gerar calor.

Assim, a temperatura é regulada por meio de 3 mecanismos:

  • Termorreceptores: estão na pele e no centro do hipotálamo.
  • Efeitos termorreguladores: transpiração e aumento do fluxo sanguíneo.
  • Controle do cérebro.

Como saber se a temperatura corporal é alta?

A temperatura do corpo é controlada pelo hipotálamo e seus mecanismos, equilibrando a produção de calor.

A temperatura corporal é considerada alta quando excede 38 ° C e o paciente possui outros sintomas. É urgente quando a vida do paciente é colocada em risco.

Entre os sinais que indicam que a temperatura é maior do que o recomendado, encontramos:

  • A medida na cavidade oral é superior a 38 ° C.
  • No reto ou na orelha é superior a 38,3 ºC.
  • Na área axilar é superior a 36,7 ° C.

Sinais e sintomas

Termômetro indicando temperatura corporal alta

  • Temperatura corporal superior a 38 ºC
  • Taquicardia
  • Calafrios
  • Sudorese
  • Dor muscular
  • Falta de apetite
  • Aumento da frequência respiratória
  • Vertigem
  • Náusea

Fatores de risco

  • Infecção: é uma reação do sistema imunológico que indica que uma substância estranha está atacando o organismo.
  • Medicamentos: antibióticos, narcóticos ou anti-histamínicos, entre outros, causam febre medicamentosa, uma vez que estas substâncias elevam a temperatura corporal.
  • Lesões: sofrer um trauma no corpo pode ser o motivo da febre. Pode ser de um ataque cardíaco, acidente vascular cerebral, queimadura ou insolação.
  • Outras doenças que também podem predispor a isso são artrite, hipertireoidismo e até câncer.

Se o aumento da temperatura for inferior a 38º C  pode ser devido a causas mais simples, como estresse, alterações hormonais em mulheres, exercícios excessivos ou alta temperatura ambiental.

Leia também: Como diminuir  a febre de maneira natural

O que é hipertermia?

Mulher sentindo temperatura corporal alta

Ocorre quando a termorregulação excede a produção de calor, ou seja, a temperatura corporal se eleva acima das faixas normais.

Pode ser detectado quando o termômetro está acima de 41 ºC. Entre os principais sintomas são:

Causas

  • Derrame
  • Tumores
  • Encefalite
  • Hemorragias
  • Sequela por neurocirurgia

Complicações

Mulher com temperatura corporal alta

Quando o paciente não acompanha a hipertermia a tempo é possível que os graus aumentem durante duas horas seguidas.

Isso pode ser perigoso, uma vez que os mecanismos de termorregulação podem falhar.

É essencial baixar a temperatura para salvar a vida do doente porque é possível que ocorra uma convulsão.

Tratamento

O tratamento deve ser administrado imediatamente. Medidas de resfriamento agressivo devem ser iniciadas juntamente com hiperventilação com 100% de oxigênio.

  • Arrefecimento imediato da pele com a ajuda de cobertores de hipotermia.
  • Mergulhe o paciente em água gelada.
  • Uso de ventiladores.
  • Lavagem gástrica com soro gelado.
  • Se os anteriores falharem, uma hemodiálise realizada pode ajudar a eliminar substâncias tóxicas no sangue

Como prevenir?

A boa hidratação evita temperatura corporal alta

  • Evite expor-se ao sol durante longos períodos, especialmente se você estiver fazendo atividades físicas.
  • Use protetor solar para se proteger das queimaduras, pois impedem a dissipação de calor.
  • É importante que você beba pelo menos 2 litros de água por dia para se manter hidratado.
  • Se você estiver exercitando e sente que a temperatura aumenta, ou sente uma sensação de umidade, suspenda a atividade.
  • Reduza o consumo de bebidas alcoólicas, pois favorecem a desidratação.
  • Na estação quente, use roupas leves de cores claras.
  • Não se esqueça de ventilar a sua casa e consumir eletrólitos.

Recomendamos:  O que acontece com o seu corpo quando você começa a tomar água com mel todos os dias

É muito importante que você entenda a diferença entre febre e hipertermia.

Além de um alto aumento de temperatura, na hipertermia você não pode reduzir a temperatura em casa.

Então, não perca tempo e vá imediatamente ao médico, especialmente no caso de crianças e idosos.