Quais as possíveis causas das dores nos seios?

· 28 de junho de 2014
Procure não ficar nervosa, já que essa condição costuma ser consequência de questões sem importância, como alergias ou desidratação. No entanto, se persistir a coceira ou a dor, consulte seu médico.

As dores nos seios podem acontecer por vários motivos e, ainda que devamos sempre visitar primeiramente um médico para descartar qualquer problema grave, neste artigo explicaremos as possíveis causas destes incômodos, visto que podem ser simples questões hormonais, de desenvolvimento ou alergia.

Também compartilharemos alguns tratamentos naturais usando plantas medicinais para aliviar de maneira simples as dores nos seios, sem causar nenhum tipo de efeito colateral.

A dor muscular pode causar dores nos seios

Em alguns casos, na maioria das vezes em meninas jovens, mesmo que também possa ocorrer em qualquer idade, as mulheres podem sofrer dores nos seios que na realidade se originam na musculatura.

Por exemplo, devido a exercícios musculares na região peitoral. Em mulheres mais jovens, pode ocorrer devido a etapa de desenvolvimento da mama e devido ao crescimento natural dos seios, causando desconfortos.

Será o médico quem deverá descartar qualquer outro problema de saúde, e caso se confirme alguma dor muscular causada por exercícios musculares, pode-se tomar um suplemento natural à base de magnésio.

Por que a ardência nos seios?

A ardência nos seios pode ser causada por uma reação alérgica a determinados sabonetes, cremes e detergentes que estão presentes na roupa ou que entram em contato com a pele. Para isso, deveremos observar quais produtos são usados e alternar com outros que sejam mais suaves e naturais. Recomendamos, por exemplo, preparar um sabão natural para lavar a roupa e usar desodorantes sem álcool.

Se, ainda assim, você continuar sentindo ardência, use um gel de aloe vera para aliviar a sensação, sempre que descartado qualquer problema mais sério, é claro.

Descubra: Remédio de aloe vera para aumentar as plaquetas naturalmente

dores nos seios

Pele seca

Nossa pele ficará mais vulnerável a problemas como esses caso a pele esteja excessivamente seca. Por isso, recomendamos a hidratação diária, principalmente na região dos seios, com algum tipo de óleo vegetal, creme, hidratante ou manteiga de karité. Escolha sempre produtos naturais para que não cause alergias.

Antes da menstruação

Caso você sinta dores nos seios ou ardência antes ou durante a menstruação, isso se deve, sem dúvida, a questões hormonais. Neste caso, você pode consultar o ginecologista de sua confiança para que ele dê um diagnóstico de acordo com os sintomas sentidos. Algumas opções naturais são as infusões de maca peruana e sálvia.

Durante a gravidez

Um dos sintomas da gravidez é a sensibilidade nos seios. Portanto, deve-se descartar qualquer problema, visto que se trata de um dos principais e primeiros sintomas da gravidez.

Isso se deve ao fato de que a irrigação sanguínea aumenta nessa região, sobretudo nos mamilos. A medida que o corpo se acostuma a essa sensação, o incômodo geralmente diminui.

De qualquer forma, é possível aliviar os sintomas com infusões concentradas de flores de calêndula, que devem ser aplicadas sobre os seios quando estiverem mornas com a ajuda de uma compressa.

Leia também: 5 mudanças durante a gravidez que você não conhecia

Embarazo-ilyoungko

A mastite

Se a ardência e as dores nos seios forem sofridas durante o período da lactância, é possível que a pessoa esteja sofrendo com a mastite, uma inflamação do tecido mamário, que também vem acompanhada de febre e cansaço.

É possível tratar a mastite preparando uma infusão concentrada de tomilho, a qual se aplica diariamente sobre os mamilos com a ajuda de um algodão. Deixe secar. Junto com este tratamento, tome um suplemento à base de vitamina C e própolis.

Previna-se do câncer de mama

Ainda que você não deva se apavorar, se a dor e a ardência forem persistentes e não for possível encontrar uma causa aparente, será preciso procurar um médico para que ele descarte o câncer de mama.

Paralelamente, você pode realizar o autoexame dos seios, que é fundamental. Em pé, de frente a um espelho, levante o braço esquerdo. Com a mão direita, apalpe lenta e profundamente, de forma circular, todo o contorno do seio, também apalpando em volta das axilas.

Repita o procedimento no outro seio. Se for notada qualquer “bolinha” ou cisto de forma estranha e dura, o médico deverá ser consultado o mais rápido possível. Outro sintoma do câncer de mama é a saída de algum tipo de líquido através dos mamilos, tanto na cor do sangue como na cor amarela. Esse também é um sinal de alerta.