Como prevenir a dor durante o sexo?

10 de março de 2020
Se você sente dor durante o sexo, não perca as recomendações que compartilharemos a seguir para começar a ter relações sexuais muito mais agradáveis.

Prevenir a dor durante o sexo é algo que muitas mulheres tentam fazer, embora muitas vezes não tenham grandes esperanças de conseguir. Esse mal-estar na relação sexual pode ocorrer devido a diferentes motivos, e as mulheres nem sempre sabem como resolvê-lo. É por isso que vamos falar sobre o que é possível fazer a respeito a seguir.

Segundo alguns artigos, a dor durante o sexo pode ser causada por uma doença inflamatória pélvica, prolapso de órgão pélvico, vaginismo ou dispareunia, entre outros. Vamos ver o que podemos fazer para evitar a dor durante o sexo e começar a desfrutar das relações sexuais.

Passos para prevenir a dor durante o sexo

Identifique a origem da dor

Identificar a origem da dor não é fácil. Portanto, antes de tirar conclusões, converse com o seu médico de confiança. Assim, você vai poder realizar todos os exames relevantes para verificar se há algum tipo de problema físico. Em alguns casos, o diagnóstico pode ser:

  • Anomalia congênita: pode haver uma membrana que bloqueia a abertura vaginal (não tem nada a ver com a que conhecemos como hímen), causando dor intensa durante a penetração. Além disso, talvez a vagina não tenha se desenvolvido da maneira como deveria.
  • Infecções ou irritação da área: ter uma infecção urinária, por exemplo, ou irritação na região íntima pode causar dor durante a relação sexual. Isso tem uma solução e tratamento fáceis, mas também devemos manter certos hábitos para a sua prevenção.
  • Problemas de lubrificação: existem mulheres que, por diferentes razões, podem não ter uma lubrificação adequada, o que causa dor durante a relação sexual. Nesses casos, recomenda-se o uso de um lubrificante íntimo, além de tentar alongar as preliminares para facilitar a penetração.

Quando o médico fizer o diagnóstico, ele vai lhe dar algumas diretrizes, como as que já indicamos, para prevenir a dor durante a relação sexual. No entanto, o que fazer se ele disser que não há nada de errado? Que não consegue saber o motivo pelo qual você sente dor durante o sexo? Nesses casos, talvez seja preciso recorrer a outro tipo de ajuda.

Você pode se interessar: 4 motivos pelos quais não deveríamos fazer sexo

Vá a um psicólogo

Casal fazendo terapia
A terapia de casal pode ajudar a entender os problemas e a propor um tratamento.

O primeiro passo para prevenir a dor durante o sexo e encontrar uma causa deve ser consultar um médico. No entanto, se ele não conseguir encontrar a razão para esse problema, pode ser uma boa ideia buscar um profissional de psicologia.

Algumas disfunções sexuais são decorrentes de problemas de ansiedade, medos ou traumas que se manifestam fisicamente.

  • Estresse ou ansiedade: o estresse e a ansiedade que podemos sentir devido ao trabalho, excesso de responsabilidades ou diferentes preocupações podem causar tensão nos músculos da vagina durante a relação sexual, provocando a dor.
  • Histórico de abuso: é uma circunstância delicada que deve ser tratada em uma consulta. O abuso sexual causa um trauma profundo na pessoa que o viveu e, embora o episódio tenha ocorrido há muitos anos, este pode continuar afetando a pessoa e se manifestando durante a relação sexual.
  • Vaginismo: embora possa se dever a algum problema físico, geralmente se manifesta devido a questões psicológicas. Por exemplo, se há problemas no relacionamento, se há medo de engravidar, se foram experimentadas relações sexuais traumáticas anteriores ou se existem sentimentos de culpa.

Em alguns casos, pode ser positivo que o casal vá junto à terapia. O motivo é que a outra pessoa às vezes não entende o motivo da dor durante a relação sexual. As sessões em casal podem oferecer apoio, melhorar a compreensão do problema, e permitem trabalhá-lo em conjunto para prevenir a dor.

Saiba mais: Por que é importante falar sobre sexo com os filhos?

Aja para prevenir a dor durante o sexo

Você sofreu (ou sofre regularmente) com a dor durante a relação sexual? Esperamos que este artigo tenha esclarecido quais etapas devem ser seguidas para tentar encontrar uma solução para esse problema.

O sexo deve ser um momento de prazer. Por isso, se você não está conseguindo apreciar as relações sexuais, busque ajuda o mais rápido possível.

  • Blümel M, Juan Enrique, Araya M, Hernán, Riquelme O, Ruth, Castro D, Gabriel, Sánchez E, Fabio, & Gramegna S, Gloria. (2002). Prevalencia de los trastornos de la sexualidad en mujeres climatéricas: Influencia de la menopausia y de la terapia de reemplazo hormonal. Revista médica de Chile130(10), 1131-1138. https://dx.doi.org/10.4067/S0034-98872002001000007
  • Gallach, E., Juan, A. de, García-Blanco, A.M., Izquierdo, R.M., Robledo, R., Fenollosa, P., Desé, J., & Canos-Verdecho, M.A.. (2018). Sexo y dolor: la satisfacción sexual y la función sexual en una muestra de pacientes con dolor crónico benigno no pélvico. Revista de la Sociedad Española del Dolor25(3), 145-154. https://dx.doi.org/10.20986/resed.2018.3600/2017
  • Moltedo-Perfetti, Andrés, Nardi, Bernardo, & Arimatea, Emidio. (2014). Coherencia sistémica e identitaria en mujeres con vaginismo primario. Revista chilena de obstetricia y ginecología79(1), 56-63. https://dx.doi.org/10.4067/S0717-75262014000100010
  • Muñoz D, Andrea Del Pilar, & Camacho L, Paul Anthony. (2016). Prevalencia y factores de riesgo de la disfunción sexual femenina: revisión sistemática. Revista chilena de obstetricia y ginecología81(3), 168-180. https://dx.doi.org/10.4067/S0717-75262016000300002