Por que algumas crianças se comportam mal na presença de sua mãe?

Algumas crianças se comportam mal na presença de suas mães devido ao profundo apego que desenvolveram desde pequenas. Porém, pode ser que te exijam algo a mais.

O sexo dos pais exerce uma influência diferente nas crianças, e também incide de forma diferente no comportamento dos filhos. De fato, isso poderia desempenhar um papel importante com relação a porque algumas crianças se comportam mal na presença de sua mãe.

Ao redor dos 7 aos 24 meses, o processo de amadurecimento emocional e físico das crianças vai aumentando, o que envolve se afastar da figura de apego.

Porém, este processo implica que protestem pela separação em forma de choros ou certos comportamentos que servirão para chamar a atenção de sua mãe.

O simbolismo dos pais

De acordo com a psicologia, os filhos são mais apegados à mãe por diferentes razões. Dentre as razões está a constante presença e disponibilidade; o apego monotrópico, no qual a criança procura a aproximação das pessoas que a protegem, neste caso, a mãe.

Também se encontra o impulso secundário que se explica pela satisfação das necessidades primárias do pequeno. nestas necessidades a mãe costuma estar presente.

Pai e filho compartilhando tempo juntos

Não é raro que os filhos estejam muito mais apegados a sua mãe, visto que as mães simbolizam as necessidades para as crianças. Por onde, os pequenos intensificarão seu comportamento para chamar a atenção de sua mãe e assim satisfazer a esta exigência.

Por outro lado, para as crianças, os pais simbolizam a confiança. Geralmente os filhos procuram aos seus pais para se sentirem seguros na hora de correr riscos ou para brincar com eles.

Como resultado, os pequenos não se desesperam de forma especial por capturar a atenção do pai. Isso é porque não representam a necessidade que a figura materna simboliza para eles.

Porém, porque algumas crianças se comportam mal na presença de sua mãe e não de seu pai? A seguir, compartilhamos as razões e o que você pode fazer a esse respeito.

Leia: Como conseguir um bom relacionamento entre mãe e filho?

Os laços paternos e maternos não são os mesmos

De acordo com diversos estudos que comparam os estilos de criação materno e paterno, concluem que as mães obtêm maiores pontuações tanto em fatores positivos quanto negativos. Além disso, elas estão mais implicadas no processo.

Porém, a diferença e inconsistência de critérios de criação entre os pais se relaciona com falta de controle, problemas emocionai e de conduta nos filhos.

Porque algumas crianças se comportam mal na presença da mãe?

Todas as crianças podem ser agressivas, de fato, algumas podem ser mais temperamentais do que outras.

Geralmente é nesta etapa que algumas crianças se comportam mal na presença da mãe. Simplesmente querem chamar a atenção de sua mãe. Podem fazer isso por meio do choro, pedindo-a ajuda ainda que esteja ocupada, fazendo-a se irritar e inclusive desafiando a sua autoridade.

Cabe dizer que, nos primeiros anos, a criança não é consciente do que é bom ou ruim em cada situação. Além disso, também não conhece sobre o que pode ser perigoso ou não.

Por essa razão os pais devem ter paciência com o pequeno e ensina-lo pouco a pouco para que vá compreendendo tais riscos e normas.

Porém, é importante esclarecer que as crianças procurarão tanta atenção quanto lhes for possível. Se não receberem a atenção necessária a exigirão através de condutas negativas e inclusive inaceitáveis; então as crianças se comportarão mal na presença da mãe.

Conheça: Os filhos são realmente o reflexo dos pais?

O que pode fazer?

Menino vestido de súper herói com a mãe

É provável que algumas crianças se comportem mal na presença de seus pais porque na verdade estão cobrando a atenção. A seguir compartilhamos algumas pautas simples que pode aplicar para ajudar seus filhos a melhorar seu comportamento.

Comprove que na realidade dá atenção o suficiente ao seu pequeno

Todas as crianças são diferentes. Algumas requerem mais atenção e tempo do que outras. Porém, procure se interessar por ela o tempo todo. Se prestar atenção nela só quando se comportar mal, com choramingos e birras, só estará reforçando sua má conduta.

Não preste atenção quando fizerem birras

Esta é uma técnica muito poderosa para ensinar ao seu pequeno que o comportamento dessa classe não serve para chamar sua atenção.

Quando fizer alguma birra, deixe-o só e ignore-o, sempre e quando não tiver risco de se machucar.  Requer disciplina por parte dos pais, mas é algo que deve fazer se não deseja que a conduta de seu filho piore.

Reforce a conduta positiva

Crianças se comportando bem na cozinha

É impossível que as crianças sempre se comportem mal. Quando ver ou ouvir seu filho fazendo algo bem, dê os parabéns e elogie-o. Para isso deve se envolver mais em suas atividades, principalmente quando te pedir.

As crianças desejam receber a aprovação de seus pais e fazê-los se sentirem orgulhosos. Simplesmente tem de demonstra-lo com um gesto, palavras e ações.

O comportamento das crianças, como indivíduos em formação, depende fundamentalmente de seu entorno.

César A. Rey A.

Não se renda e seja positiva

Se uma mãe é negativa, com certeza o pequeno terá problemas de conduta, especialmente na escola. E se sua relação com ele é hostil, a criança também terá um comportamento negativo. Procure ser positiva e colocar limites.

Reflexões

Como vê, algumas crianças se comportam mal na presença de sua mãe devido ao profundo apego que desenvolveram desde pequenos. Sabem que com sua mãe podem relaxar sua conduta e liberar suas emoções.

Porém, este mal comportamento também pode ocorrer devido à falta de atenção na hora de satisfazer suas necessidades.

Ainda, é importante que, como pais, coloquem limites no pequeno. Também é fundamenta que lhes ensinem a gerenciar suas emoções e impulsos de forma positiva.

Lembre que os filhos são reflexo de seus pais. Se educa com amor e paciência aos seus pequenos, eles poderão se desenvolver de forma integral e viver plenamente. E você, passou por uma experiência deste tipo?

Categorias: Curiosidades Tags:
Recomendados para você