Polução noturna: o que é e qual é a sua causa

2 de maio de 2020
A polução noturna envergonha alguns e intriga a muitos. A seguir, vamos esclarecer as principais dúvidas sobre este tema.

Você está dormindo profundamente no meio da noite e, de repente, sente um orgasmo estimulado por um sonho agradável e molha a roupa com a ejaculação? Essa cena comum para muitas pessoas é a polução noturna.

A polução noturna não representa um problema. Trata-se de uma reação simples a uma necessidade física, geralmente estimulada por uma imagem mental. Embora ter orgasmos noturnos não seja bom nem ruim, eles geram muitas perguntas que tentaremos responder a seguir.

Por que a polução noturna ocorre?

Nenhuma causa clara foi estabelecida para explicar a polução noturna, embora esteja associada a altos níveis de testosterona. Um estudo determinou que homens com testosterona alta são os mais propensos a ter orgasmos noturnos. No entanto, 13% dos voluntários com níveis normais também os apresentaram.

Outros estudos sugerem que longos períodos de abstinência sexual também podem causar a polução noturna. “Se você não tiver nenhum tipo de alívio sexual, terá mais emissões noturnas”, diz a psicóloga e sexóloga Marelize Swart.

Geralmente, a polução noturna ocorre na fase REM do sono. Nesse estágio, o corpo se oxigena mais e há um maior fluxo sanguíneo para os órgãos genitais, o que produz uma ereção nos homens ou excitação do clitóris das mulheres, favorecendo a estimulação e o orgasmo.

Leia também: 5 coisas que provocam desequilíbrios hormonais sem você saber

As mulheres experimentam sonhos molhados?

Esta não é uma experiência exclusiva dos homens. Em um estudo publicado no Journal of Sexual Studies, 37% das mulheres com menos de 21 anos relataram ter orgasmos enquanto dormiam.

Muito antes, em 1953, o controverso “Relatório Kinsey” estimava que 70% das mulheres teriam tido orgasmos do sono em algum momento de suas vidas.

No entanto, a secreção de fluidos vaginais noturnos não é necessariamente acompanhada de um orgasmo. No caso dos homens, a polução noturna sempre causa ejaculação. A secreção vaginal nas mulheres significa que há excitação sexual, mas isso pode acontecer sem atingir o orgasmo.

A polução noturna ocorre apenas na adolescência?

Polução noturna

Não, os sonhos molhados não têm idade para expirar. Enquanto houver atividade sexual, eles podem ocorrer. A polução noturna é mais frequente durante a adolescência, porque há mais alterações hormonais durante esse estágio. Ao atingir a idade adulta, os hormônios são mais estáveis ​​e as ejaculações noturnas são mais raras.

É preciso ter um sonho erótico para ter um orgasmo noturno?

Geralmente, a polução noturna é acompanhada por sonhos eróticos que a estimulam, mas isso não é uma condição. Pode haver uma ejaculação sem um sonho erótico, e até sem se lembrar de ter tido um sonho.

O orgasmo durante o sono também pode ser causado por estímulos externos, tais como o atrito dos lençóis ou da roupa com os genitais. Um estudo publicado pela Associação Americana de Psicologia sugere que dormir de barriga para baixo pode favorecer esta condição.

Também podemos ter sonhos eróticos que terminam em orgasmo sem causar a polução noturna, mesmo que haja uma ereção.

Descubra também este artigo: Descoberto fungo que pode causar o orgasmo feminino apenas por cheirá-lo

A polução noturna pode trazer algum problema?

Homem dormindo

Nem todas as pessoas têm sonhos molhados, e isso é tão normal quanto tê-los. Ter ou não ter orgasmos enquanto dorme não é uma indicação de qualquer disfunção sexual.

Há pessoas que nunca tiveram sonhos molhados e atingem o orgasmo normalmente durante o sexo. Não há relação direta entre a polução noturna e as relações sexuais de uma pessoa.

Também existem pessoas que têm sonhos molhados e não conseguem atingir o orgasmo quando fazem sexo. Alguns psicólogos acreditam que isso ocorre porque durante o sono os inibidores psicológicos que impedem o orgasmo não se manifestam, como quando há um estado de consciência.

A polução noturna pode ser controlada?

Os orgasmos noturnos são totalmente involuntários. Não há maneira de evitá-los nem de estimulá-los para que ocorram. Estudos da Universidade McGill, no Canadá, consideram que os sonhos em geral podem ser controlados, mas a pesquisa não apresenta evidências claras de que isso é possível.

Como você aprendeu nesse artigo, a polução noturna não representa um problema, mas se você tiver alguma dúvida, é sempre aconselhável consultar um urologista que esclareça as suas questões.

  • Effects of Estrogen or Testosterone on Self-Reported Sexual Responses and Behaviors in Hypogonadal Adolescents. Jordan W. Finkelstein Elizabeth J. Susman Vernon M. Chinchilli M. Rose D’Arcangelo Susan J. Kunselman Jacqueline Schwab Laurence M. Demers Lynn S. Liben Howard E. Kulin. The Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism, Volume 83, Issue 7. (1998). Pages 2281–2285
  • Predictors of female nocturnal orgasms: A m. Barbara L. Wells. The Journal of Sex Research. Volume 22 – Issue 4. (1985). https://doi.org/10.1080/00224498609551324
  • Sexual Behavior in the Human Female. Kinsey, A.; Pomeroy, W.; Martin, C., & Gebhard, P. Philadelphia: Saunders (1953). ISBN 978-0-253-33411-4.
  • The effect of sleep position on dream experiences.Yu, Calvin Kai-Ching. American Pscological Association(2012). Dreaming, 22(3), 212-221
  • Lucid dreaming as a treatment for recurrent nightmares. Zadra AL, Pihl RO. Department of Psychology, McGill University, Montreal. (1997) 66(1):50-5