Pode-se usar laxante durante a gravidez?

Se mantém uma dieta rica em fibra, está hidratada e se exercita regularmente, pode aliviar a prisão de ventre própria da gravidez. O uso de laxantes deve ser só sob prescrição médica.
Pode-se usar laxante durante a gravidez?

Última atualização: 06 Julho, 2018

A prisão de ventre é muito comum durante a gravidez. Perguntar-se se é possível usar laxantes na gravidez, é uma das interrogações mais frequentes entre as mulheres grávidas. Seu médico também insistirá no tema em cada controle médico.

As mudanças hormonais e físicas que o corpo da mulher vive são responsáveis pelas mudanças que acontecem no processo digestivo. Mulheres que nunca sofreram de prisão de ventre, começam a sofrer durante a gravidez. E se já sofriam deste incômodo, pode se agravar ainda mais.

Por que a prisão de ventre acontece?

A prisão de ventre durante a gestação acontece inicialmente pelo aumento da progesterona, o hormônio protagonista do início da gravidez. No primeiro trimestre, este hormônio relaxa os músculos incluídos os do aparelho digestivo, com o que o trânsito dos alimentos pelos intestinos se torna mais lento.

A prisão de ventre se agrava quando as mulheres lhes indicam tomar suplementos de ferro, para prevenir a anemia gestacional ou quando já há indícios de que a grávida sofrerá por esta doença. O ferro deixa lento o movimento normal do intestino.

A medida em que a gravidez avança, a prisão de ventre pode piorar. O feto vai crescendo, com o que o útero começa a pressionar todos os órgãos internos da mulher, incluindo o do cólon.

Pode te interessar: Por que temos tanto sono na gravidez?

É seguro usar laxantes na gravidez?

A prisão de ventre que se gera a partir da gravidez não tem nenhuma repercussão na saúde e no desenvolvimento normal do bebê. É basicamente incômodo para a mulher.

O uso de laxantes na gravidez deve ser por recomendação médica. Evite se automedicar ou recorrer a produtos de venda livre em farmácias sem ter consultado seu médico.

O mais provável é que antes que seu médico te receite um laxante, te pedirá que faça mudanças em sua dieta para melhorar seus processos digestivos. Se segue suas recomendações, o mais seguro é que a prisão de ventre melhore.

Se os resultados não são os esperados, pode ser que receite um amolecedor de fezes, um laxante suave ou uma opção mais forte, mas só o médico é quem deve indicar que é o melhor para você.

Recomendações para melhorar a prisão de ventre

  • Coma diariamente alimentos ricos em fibra. Inclua cereais, arroz e pão integral. Também adicione feijões, frutas e verduras frescas.
  • Procure tomar de 8 a 10 copos de água por dia ou sucos de frutas. O sinal que seu corpo emite para indicar que a hidratação é adequada é que a cor de sua urina é amarela clara. Quando não estiver bem hidratada as fezes endurecem e o trânsito pelo intestino se dificulta mais.
  • Faça exercício com regularidade. Caminhar, nadar, andar de bicicleta fixa ou fazer ioga para grávidas, te ajudam a aliviar a prisão de ventre, se sentir mais saudável e ficar em forma.
  • Preste atenção em seu corpo. Se te dá vontade de ir ao banheiro, não deixe para depois. É usual que te dê vontade de evacuar depois de comer, então deve ficar atenta aos sinais que o seu corpo emite.
  • Se você não é anêmica, pergunte ao seu médico se pode tomar umas vitaminas pré-natais que tenham uma dose menor de ferro. É provável que só de mudar o tipo de vitaminas que está ingerindo a prisão de ventre se alivie.

Remédios naturais para usar durante a gravidez

É possível encontrar na natureza, opções seguras para consumir durante a gravidez e aliviar a prisão de ventre. Te recomendamos os seguintes remédios naturais como laxantes na gravidez:

  • Tome um copo de água morna com meio limão duas vezes por dia. Pode adoçar com mel.
  • Coma uma ou duas laranjas, uma ou duas bananas, ou um quiuí por dia. São frutas ricas em fibra que ajudarão ao seu intestino.
  • Prepare um suco com uma maçã crua sem descascar. Bata a maçã em um copo de água morna e consuma uma vez ao dia.
  • Tome um copo de suco de ameixa 4 vezes por dia. Também pode comer ameixas passas.
  • Faça uma massagem suave sobre seu abdômen com umas gotas de óleo essencial de limão ou menta e uma colherzinha de azeite de oliva ou óleo de amêndoas.
  • Consuma um iogurte por dia. Os probióticos que o iogurte contém melhoram o microbioma do intestino.
  • Adicione uma ou duas colheres de sopa de óleo de coco as suas saladas.

Leia também: Ameixas contra a perda de massa óssea

Sinais de que deve avisar ao seu médico

  • Se a prisão de ventre é intensa e está acompanhada de dor abdominal.
  • Se a prisão de ventre vem combinada com episódios de diarreia.
  • Ao evacuar expulsa sangue ou muco.
  • Se ao evacuar expulsa fezes muito duras e as hemorroidas saem.
Pode interessar a você...
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Remédios imediatos para crises de prisão de ventre

Para aliviar uma crise pontual de prisão de ventre, podemos escolher qualquer um desses remédios, mas o consumo dos mesmos não deve se estender. Confira!