Os grandes benefícios de comer alho em jejum

· 15 de junho de 2015
Pode ser que o cheiro e o sabor do alho não sejam muito agradáveis, mas seus benefícios são tantos que com certeza vale a pena enfrentar o lado ruim para alcançar suas propriedades.

O alho se popularizou em todo o mundo como uma excelente especiaria, que confere um sabor especial a muitos pratos. Além da gastronomia, o alho em jejum também é capaz de prevenir e combater uma grande quantidade de doenças.

Apesar de seu cheiro e sabor não serem agradáveis, vale a pena conhecer seus múltiplos benefícios. Dessa forma, podemos começar a incluí-lo com mais frequência na alimentação.

De onde provêm os benefícios do alho?

O alho tem sua origem na Ásia Central, mas suas aplicações na medicina alternativa datam do terceiro milênio a.C. na Índia e no Antigo Egito.

Século após século, ele foi se espalhando pelo mundo como um aliado da saúde e da cura de diferentes doenças.

As diferentes culturas do mundo o popularizaram como um alimento altamente medicinal, capaz de combater centenas de problemas de saúde.

Recomendado geração após geração, o alho também tem sido fonte de muitas pesquisas científicas que buscam certificar seu poder medicinal.

Por exemplo, atualmente sabe-se que o alho é um poderoso antibiótico natural, capaz de combater e eliminar muitos microrganismos causadores de infecções e doenças.

Também foi demonstrado que tem um efeito positivo na redução da pressão arterial alta, no tratamento do reumatismo, das doenças estomacais, dos problemas de pele, das doenças nervosas ou da perda de vitalidade, etc.

Além disso,  estimula a ação circulatória do coração e contribui para o bom funcionamento do fígado e da vesícula.

Leia também: 7 tratamentos naturais para a circulação

Por que é bom comer o alho em jejum?

Os benefícios do alho em jejum

Ainda que possamos comer alho a qualquer hora do dia, várias pesquisas demonstraram que a hora ideal para aproveitar ao máximo seus benefícios, é quando estamos em jejum (ou seja, quando acordamos).

Em primeiro lugar, o principal benefício de comer alho em jejum deve-se ao seu poder desintoxicante e depurativo.

Isso porque ele é capaz de estimular a eliminação de toxinas, além de lombrigas e evitar o tifo.

A longo prazo, o alho em jejum pode proteger o corpo mediante problemas como diabetes e depressão, por exemplo.

O alho é rico em antioxidantes e nutrientes que ajudam a fortalecer o sistema imunológico para prevenir infecções e doenças. Portanto, seu consumo garante boas defesas para ter uma resposta eficaz frente a vírus, bactérias, fungos ou qualquer tipo de microrganismo.

Vale destacar que para aproveitar todos dos benefícios do alho, ele deve estar cru. Se estiver cozido não é ruim, mas as estimativas indicam que é possível perder até 90% de suas propriedades.

Possivelmente seu sabor cru não seja algo agradável, mas se pensarmos nos benefícios, então valerá a pena.

Como desintoxicar o corpo consumindo alho em jejum?

Como já foi explicado, o principal benefício de comer alho em jejum é seu poder desintoxicante, portanto agora já podemos começar a adotar o bom hábito de comer alho cru todos os dias em jejum para depurar nosso organismo. Alguns sugerem comer até dois alhos crus, mas isso não é uma regra.

Para potencializar os efeitos do alho e conseguir uma desintoxicação do corpo em pouco tempo, é recomendável começar o dia com duas colheres de sopa de alho finamente picado ou triturado.

Depois, tome m suco detox natural de acordo com suas preferências e espere 45 minutos para o café da manhã.

Leia também: 3 hábitos para desintoxicar o corpo de forma constante

Recomendações

  • Se você não conseguir suportar o cheiro e o sabor do alho, pode optar por consumir complementos naturais de alho em comprimidos, que podem ser adquiridos em farmácias ou lojas de produtos naturais;
  • Se quiser comê-lo cru, evite seu sabor e cheiro tomando suco de limão ou mastigando uma folha de menta. Dessa maneira poderá aproveitar ao máximo seus benefícios sem terminar com mau hálito ou com aquele sabor desagradável na boca;
  • Para receber todos os benefícios do alho você também pode começar a incluí-lo com mais frequência em suas saladas, vitaminas ou carnes, por exemplo.