Os frutos secos: contribuição para uma dieta saudável

· 1 de abril de 2018
A maioria das pessoas evitava os frutos secos porque não tinham um aspecto atrativo ou por seu preço. No entanto, os frutos secos são uma excelente opção.

Os frutos secos se impõem cada vez mais como tendência alimentar. As pessoas que se preocupam com a saúde, já os incluíram em suas dietas. Podem ser desfrutados em todo momento, seja ao natural ou preparados de diversas formas em receitas variadas junto com outros ingredientes.

O hábito de comer frutos secos como aperitivos é uma excelente alternativa nutritiva e saudável. Felizmente, todos os dias surgem novas combinações que os tornam mais apetitosos.

Características e benefícios dos frutos secos

Apesar de serem chamados de “frutos”, na realidade, os frutos secos são sementes. Caracterizam-se por ter uma casca dura que envolve a parte comestível. Em sua composição natural, sem intervenção humana, contêm menos de 50% de água.

São alimentos muito completos, energéticos e trazem nutrientes necessários para o organismo. Entre seus nutrientes estão as vitaminas A, E, B, ácidos graxos ômega 3, zinco, cálcio, fósforo, magnésio, cobre, ferro e proteínas.

Por outro lado, os frutos secos contêm antioxidantes. Razão pela qual são recomendados para uma alimentação saudável e preventiva de doenças cardiovasculares e de outras vinculadas com o envelhecimento.

Os especialistas em nutrição recomendam consumi-los ao natural e evitar os frutos secos tostados e fritos.

Os processos de preparo reduzem os nutrientes dos frutos secos e até podem ser nocivos devido à quantidade de colesterol que contêm.

Por esse lado, os frutos secos com sal adicionado podem provocar uma ingestão de sal inadequada. Portanto, é preferível optar por sua apresentação natural, livre de aditivos.

Frutos secos mais consumidos

Existe uma grande variedade de frutos secos no mundo, cujos nomes, formas e características difere de acordo com a região ou o país no qual são produzidos.

No entanto, alguns são reconhecidos universalmente por suas propriedades benéficas, sejam crus, em bebidas, entre outros.

Amêndoas

Amêndoas são frutos secos

  • Os frutos secos são um aliado ideal para fortalecer o sistema ósseo. Seus altos teores de cálcio as tornam muito apropriadas para pessoas que precisam de doses extras desse mineral.
  • Contêm uma alta porcentagem de fibras. Evitam problemas tais como a prisão de ventre e os divertículos, entre outros.
  • São uma fonte importante de proteínas e de ácidos graxos, que são substâncias essenciais para proteger o sistema cardiovascular.
  • Seus efeitos antioxidantes previnem doenças degenerativas.
  • Mesmo que possuem gorduras e trazem calorias, está cientificamente provado que as amêndoas não engordam.

Leia também: O que acontece com seu corpo se comer 4 amêndoas por dia

Nozes

  • Trazem mais proteínas do que a carne, mas não contêm gorduras nocivas.
  • Seu teor de ácidos graxos ômega 3 e 6 as torna apropriadas para as pessoas que sofrem com artrite e problema de pele. São consideradas um alimento preventivo do câncer.
  • Beneficiam o cérebro, o sistema nervoso e o coração. São poderosos elementos de combate ao estresse, ajudam no relaxamento e no sono reparador.
  • Assim como acontece com as amêndoas, as nozes não engordam. 

Pistache

Pistache é um fruto seco

  • Possuem um alto conteúdo de vitaminas em níveis muito superiores aos dos outros frutos secos.
  • Trazem nutrientes que proporcionam muita energia, proteínas e óleos vegetais de grande qualidade.
  • São ricos em minerais que outros alimentos não possuem, como cobre, manganês, potássio, fibras, fósforo e magnésio.
  • Ajudam a prevenir o câncer e a diabetes, a perder peso, a baixar o colesterol e a melhorar o estado cardiovascular.

Castanhas

  • Contêm fibras, proteínas e carboidratos. São muito úteis para as dietas não só por suas propriedades nutritivas, como também por seu efeito saciante.
  • Assim como os pistaches, são uma boa fonte de minerais que contribuem para os efeitos reconstituintes e anti-inflamatórios.
  • Têm propriedades para transtornos estomacais e intestinais, como a gastrite, úlceras e diarreias.
  • Em geral melhoram o rendimento cerebral e físico.

 Avelã

Avelã é um fruto seco

  • São uma fonte importante de vitamina A, B, C, potássio, cálcio, magnésio, fósforo, manganês e flavonoides. Melhoram a circulação e contribuem para a saúde do cérebro.
  • Contêm gorduras saudáveis, por isso que ajudam a controlar o colesterol ruim e elevam o bom.
  • Foi provado que trazem proteína vegetal, que fornece energia e agilidade mental. É reparadora de células ósseas, musculares e de outros órgãos danificados.
  • Devido ao fato de serem muito calóricas, seu consumo deve ser moderado, caso não queira ganhar peso.

Pinhão

  • Ao conter vitamina E e zinco, o pinhão é ideal para cuidar da saúde cardiovascular.
  • Trazem boas quantidades de fibras, favorecedora do bom funcionamento intestinal.
  • Sua riqueza de zinco o torna especialmente indicado para melhorar a fertilidade, especialmente no homem.
  • Contribuem para reforçar o sistema imune de forma natural.