O que ocorre com o cérebro quando dormimos?

· 9 de fevereiro de 2014
O descanso é fundamental para que o cérebro possa fixar as informações, dados e lembranças acumulados durante o dia.

Segundo estudos realizados e publicados pela Universidade Autônoma do México (UNAM), em conjunto com a Clínica de Transtornos do Sono, uma em cada três pessoas no mundo sofre de transtornos do sono. Hoje falaremos sobre o que acontece com o cérebro quando dormimos.

Estes episódios se converteram em um problema de saúde pública que, com o passar dos dias, pode provocar incapacidade.

Afinal, durante jornadas diárias de afazeres e trabalho é possível que o paciente apresente fraqueza e dificuldade para realizar as tarefas cotidianas, inclusive no que diz respeito à sua vida social.

Por esta razão, hoje explicaremos o que pode acontecer com nosso corpo quando estamos dormindo.

Descubra: Por que durmo tão mal? Ideias e posições para dormir melhor

Dormir é muito importante para o cérebro!

Dormir

O cérebro continua trabalhando enquanto dormimos

As pesquisas realizadas na Universidade de Chicago confirmaram e explicaram que os neurônios se ativam em sincronia completa durante alguns segundos para processar toda a informação que coletamos durante o dia.

O cérebro quando dormimos: ele se cuida

Segundo algumas publicações realizadas pelo The Journal of Neuroscience, enquanto dormimos, as células encarregadas de formar a mielina aumentam sua produção, desta maneira, o reparo do cérebro se torna mais fácil.

O cérebro quando dormimos: ele se desintoxica

Alguns pesquisadores da Universidade de Rochester afirmam que, enquanto dormimos, o cérebro coloca todos os mecanismos que limpam os resíduos nocivos que se acumulam durante o dia para funcionar.

O mecanismo que se ativa quando estamos dormindo é chamado de sistema linfático; isto ocorre para que os beta-amidaloides sejam eliminados da região.

O cérebro quando dormimos: ele se lembra

Algumas pesquisas realizadas pela Universidade da Califórnia (UCLA) demonstraram que quando estamos dormindo, as mesmas regiões do cérebro responsáveis pelas lembranças se ativam.

Leia também: 6 inimigos da saúde do cérebro que deveria eliminar hoje mesmo

A pesquisa realizou uma medição exaustiva, principalmente em três regiões do cérebro, chamadas de hipocampo, córtex entorrinal e neocórtex.

O cérebro quando dormimos: ele aprende

Algumas publicações feitas pelo Journal of Neuroscience mostraram que, enquanto dormimos, o cérebro compreende e assimila, consolidando a informação e o aprendizado de todas as atividades motoras.

Benefícios para a aparência

Quando não dormimos o suficiente, os níveis de leptina se reduzem notavelmente e os de grelina aumentam. O primeiro hormônio inibe o apetite e este último tem a função de estimular o apetite.

Portanto, é muito importante e absolutamente necessário ter um sono saudável que proporcione um bom descanso, o que nos proporcionará bem-estar e melhor qualidade de vida.