O que é uma dissecção da aorta?

18 de outubro de 2019
A dissecção da aorta é uma ruptura que requer intervenção imediata. Vamos ver qual sintomatologia apresente e se há possibilidades de prevenir esse problema.

A dissecção da aorta é considerada pelos profissionais como uma emergência médica na qual se deve intervir de imediato. A razão da importância de tratar esse problema o mais rápido possível reside em sua alta taxa de mortalidade. Por isso, neste artigo, vamos conhecer mais sobre essa condição tão grave.

Provavelmente, você nunca ouviu falar desse termo. No entanto, sua incidência é cada vez mais frequente. Por isso, acreditamos que é de vital importância saber o que é uma dissecção da aorta, suas causas e sua sintomatologia, além de descobrir alguns métodos para prevenir seu aparecimento.

A dissecção da aorta

A dissecção da aorta, como bem exposto no artigo Disección aórtica aguda (Dissecção da aorta aguda), é uma ruptura que ocorre na aorta. Isso faz com que a camada média dessa artéria fique exposta ao fluxo sanguíneo que flui por elas. A consequência é a redução do fluxo do sangue ou o rompimento da aorta.

Ambas as consequências colocam a vida do paciente em risco. Sobretudo no caso de rompimento da aorta, as possibilidades de que o paciente não sobreviva são bastante elevadas. Por isso, é importante identificar seus sintomas para procurar o médico o mais rápido possível.

Uma dor intensa na região do peito pode indicar que estamos diante de uma dissecção da aorta.

Sintomatologia

Saber identificar a sintomatologia que alerta sobre uma dissecção da aorta é indispensável para poder procurar o médico e receber um diagnóstico correto. A seguir, vamos ver alguns dos sinais aos quais devemos prestar atenção especial:

  • Dor forte, aguda e lancinante que pode ser sentida no peito ou debaixo do esterno.
  • Pele pálida e pulso fraco.
  • Dificuldades para respirar.
  • Tonturas acompanhadas de náuseas e transpiração.

Essa sintomatologia pode nos fazer pensar que estamos diante de um ataque cardíaco. No entanto, ao notá-la é importante procurar um médico imediatamente. A forte dor na região do peito ou do esterno pode indicar que a aorta se rompeu. Diante disso, é preciso agir o mais rápido possível.

Talvez também te interesse:  Remédios naturais para limpar as artérias

Causas

Sem dúvida alguma, as causas que podem levar uma pessoa a passar por uma dissecção da aorta podem ser muito diversas. A seguir, vamos expor algumas delas reunidas no artigo Disección aórtica y emergencia hipertensiva. Reporte de un caso (Dissecção da aorta e emergência hipertensiva. Relatório de um caso).

  • Degeneração da média: a parede vascular enfraquece devido, por exemplo, à arteriosclerose. A parede da aorta fica mais fina e se dilata, aumentando as possibilidades de uma dissecção.
  • Arterite: inflamação que provoca o estreitamento das artérias e impede que o sangue flua adequadamente.
  • Valvulopatias: as válvulas são danificadas devido ao envelhecimento, a traumatismos ou a infecções, o que provoca seu enfraquecimento e as deixa expostas a uma possível dissecção.
Disecção aórtica

Esses são alguns dos possíveis motivos pelos quais uma pessoa pode sofrer uma dissecção da aorta. No entanto, existe alguma opção para prevenir essa condição? A resposta é: sim. Por isso, vamos ver como é possível reduzir as probabilidades de desenvolver essa doença.

Leia também:  Lesão aórtica: classificação, sintomas e tratamento

Prevenir a dissecção da aorta

A dissecção da aorta tem apenas um possível tratamento, que é a cirurgia. Por isso, a melhor maneira de evitar ter que passar por isso é realizar algumas medidas de prevenção. Para isso, o melhor que podemos fazer, se temos uma valvulopatia, uma arterite ou algum outro problema, é realizar exames médicos periódicos. Ao mesmo tempo, também é muito importante manter uma pressão arterial adequada.

Finalmente, no caso de ter algum problema que enfraquece as artérias ou que te deixa exposto a sofrer dissecção da aorta, recomendamos perguntar ao médico o que você pode fazer para evitar esse desagradável desfecho. Ele poderá te apresentar uma série de opções personalizadas que serão de grande ajuda.

Esperamos que este artigo tenha te permitido descobrir um tipo de ruptura que pode ocorrer na aorta e que pode levar à morte. Ao mesmo tempo, desejamos que você tenha consciência da importância de realizar exames médicos periódicos e que, diante da possibilidade de pertencer a um dos grupos de risco, tome medidas muito mais rígidas a fim de prevenir o máximo possível que ocorra uma dissecção.

Então, você já tinha ouvido falar do conceito de dissecção da aorta? Se você sofre de alguma das doenças ou dos distúrbios expostos acima, se sente dor no peito ou tem dificuldades para respirar, procure um pronto-socorro o mais rápido possível. Uma intervenção rápida nesse tipo de situação é essencial.

  • Contreras Zúñiga, E., Zuluaga Martínez, S. X., Gómez Mesa, J. E., Ocampo Duque, V., & Urrea Zapata, C. A. (2009). Diseccion aórtica: estado actual. Revista costarricense de cardiología11(1), 19-27.
  • Pachar, J.V., Hidalgo, J.A., Aguirre, V.A., Alvarado, O.L., & Santos, M.. (2010). Aneurisma de arco aórtico secundario a degeneración de la media: A propósito de un caso de muerte súbita juvenil. Cuadernos de Medicina Forense16(3), 161-165. Recuperado en 26 de abril de 2019, de http://scielo.isciii.es/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1135-76062010000200004&lng=es&tlng=es.
  • Romero Requena, J.M., Bueno Jiménez, C., Bureo Dacal, P., & Pérez Miranda, M.. (2003). Disección de aorta: a propósito de dos casos. Anales de Medicina Interna20(3), 59-60. Recuperado en 26 de abril de 2019, de http://scielo.isciii.es/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0212-71992003000300014&lng=es&tlng=es.