A semente negra: ela tem poderes de cura?

Se estivermos seguindo algum tratamento farmacológico, devemos consultar nosso médico sobre a conveniência de consumir a semente negra, caso possa haver reações adversas. Para que ela serve?
A semente negra: ela tem poderes de cura?

Última atualização: 23 Fevereiro, 2021

Nigella Sativa, mais conhecida como semente negra, é uma especiaria natural que tem se popularizado mundialmente por seus usos medicinais e culinários. É nativa do sul da Europa, norte da África e sudoeste da Ásia, mas agora é consumida em quase todo o mundo.

Em relação a este ingrediente, há quem se pergunte se é verdade que tem “poderes curativos”. Desde que foi usada na medicina tradicional, muitos mitos sobre seus efeitos na saúde se espalharam. Ela é tão boa quanto dizem? Pode realmente ser curativa? Hoje queremos esclarecer isso.

A semente negra tem poderes curativos?

As propriedades da semente negra foram estudadas extensivamente, a ponto de confirmar muitos dos seus efeitos benéficos à saúde. No entanto, alegar que ela tem “poderes de cura” é errado. Embora seus componentes possam contribuir para a melhora de diversos problemas de saúde, por si só não cura doenças.

Na verdade, não é considerada um tratamento de primeira linha para problemas de saúde, nem é um substituto das medidas terapêuticas dos médicos. Simplesmente, quando incluída na dieta regular, em quantidades prudentes, acaba sendo um bom coadjuvante para promover o bem-estar. 

Propriedades da semente negra

Como já mencionamos, a Nigella sativa tem sido o foco de várias pesquisas e testes. É por isso que, como afirma um estudo publicado no Asian Pacific Journal of Tropical Biomedicineconsumi-la de forma equilibrada ajuda a melhorar a saúde. 

Lembre-se de que a atividade anticancerígena não é sinônimo de que pode curar o câncer ou algo parecido. Simplesmente, nos estudos realizados, contribuiu para inibir o crescimento de células malignas. No entanto, mais estudos são necessários para fazer afirmações.

Em relação à sua composição, além do conteúdo de proteínas, gorduras, carboidratos e fibras, estudos mostram que as sementes de Nigella sativa contêm uma boa quantidade de várias vitaminas e minerais: potássio, zinco ou ferro, entre outros.

Da mesma forma, essas sementes contêm ácidos insaturados, principalmente ácido linoleico (50 a 60%) e ácido oleico (20%). Também possui ácidos graxos saturados em menor grau (30% ou menos).

Dentro do espectro de suas ações farmacológicas, as informações divulgadas no Journal of Pharmacopuncture indicam que inclui:

  • Antidiabético.
  • Antimicrobiano.
  • Anti-inflamatório.
  • Antiespasmódico.
  • Broncodilatadores.
  • Hepatoprotetor.
  • Gastroprotetor.

Visite este artigo: Combata a asma de forma natural consumindo estes 7 alimentos

Como pode ser usada?

A semente negra pode ser usada em várias apresentações. Alguns preferem macerada ou em pó, mas também está disponível em óleo, sementes inteiras e suplementos. Em todos os casos, é melhor consultar o seu médico antes de tomá-la regularmente. Em seu estado natural, deve ser incluída em alimentos e bebidas.

Precauções

Como você deve ter notado, a semente negra tem um potencial nutricional e médico interessante. No entanto, é importante ter em mente que, assim como seu uso e consumo trazem enormes benefícios, também pode ter alguns efeitos colaterais e contraindicações

  • Seu consumo não é recomendado durante a gravidez e lactação.
  • Pode causar reações alérgicas e cutâneas em algumas pessoas. Se quaisquer sintomas como inchaço, urticária, tontura ou náusea forem observados, seu uso deve ser interrompido.
  • No caso de você estar fazendo uso de algum tratamento medicamentoso é importante consultar o seu médico antes de consumir a semente negra. Isso ocorre porque ela pode diminuir a ação do medicamento ou causar interações indesejadas.
  • Em algumas pessoas, o contato com a semente negra produz uma reação cutânea com coceira e erupção na pele. Se for este o seu caso, enxágue com bastante água e evite seu uso.

Você quer saber mais sobre ácidos graxos? Veja o seguinte artigo: 5 sintomas do déficit de ácidos graxos essenciais ômega 3 e 6

  • Deve ser evitada em caso de hipotensão, pois tende a baixar ainda mais a pressão arterial.

Concluindo, não é à toa que a semente preta é considerada uma aliada da nossa saúde. No entanto, deve-se lembrar que o excesso de qualquer substância geralmente é prejudicial. Em caso de dúvida, devemos consultar o médico.

Pode interessar a você...
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Melhores sementes para emagrecer

Hoje queremos falar sobre as melhores sementes para emagrecer. Pequenos tesouros, ricos para a saúde e que não devemos perder.



  • Ahmad A, Husain A, Mujeeb M, Khan SA, Najmi AK, Siddique NA, Damanhouri ZA, Anwar F. A review on therapeutic potential of Nigella sativa: A miracle herb. 2013;3(5):337-52
  • Khan MA, Chen HC, Tania M, Zhang DZ. Anticancer activities of Nigella sativa (black cumin). Afr J Tradit Complement Altern Med 2011;8(5):226-32
  • Ali BH, Blunden G. Pharmacological and toxicological properties of Nigella sativa. Phytother Res. 2003 Apr;17(4):299-305.
  • Tavakkoli A, Mahdian V, Razavi BM, Hosseinzadeh H. Review on Clinical Trials of Black Seed (Nigella sativa ) and Its Active Constituent, Thymoquinone. J Pharmacopuncture. 2017;20(3):179–193. doi:10.3831/KPI.2017.20.021