Catarata tem cura

· 14 de outubro de 2013
A catarata consiste na opacidade progressiva do cristalino dos olhos, que torna-se lentamente ineficiente para a visão. Leia mais sobre o assunto.

A catarata é a principal causa de cegueira tratável. A doença consiste na opacidade progressiva do cristalino dos olhos, que torna-se lentamente ineficiente para a visão. Atinge pessoas com mais de 65 anos de idade.

O que é o cristalino?

O cristalino funciona como uma lente nos olhos. Ela tem que ser transparente para que a visão seja perfeita. O cristalino é uma lente biconvexa, gelatinosa e tem bastante elasticidade.

olhos
O cristalino atua como uma lente em nossos olhos.

Para que serve o cristalino?

A função do cristalino (lente situada atrás da íris) é permitir que os raios de luz o atravessem e alcancem a retina para formar a imagem. O cristalino opaco deixa a visão esfumaçada e turva, como uma lente embaçada de um óculos.

Descubra: Óculos de sol: por que é importante usá-los

Como diagnosticar a catarata

O diagnóstico é feito por um médico oftalmologista que utiliza equipamentos durante a consulta para identificar a doença. Os testes são de acuidade visual, exame de olho dilatado e tonometria.

Eye Checkup
Alguns dos testes para diagnosticar a catarata são acuidade visual, exame de olho dilatado e tonometria.

Entenda os testes oftalmológicos

Acuidade visual

O teste de acuidade visual afere como o paciente consegue ver de uma forma distante.

Olhos dilatados

Através de um colírio, o oftalmologista consegue ver o nervo ótico e pode procurar danos em todo o olho, inclusive no cristalino.

catarata-tem-cura-pupila
(Foto: flickr.com)

Tonometria

A tonometria mede a pressão dentro dos olhos.

Cuidado, pode cegar

Com a evolução, a doença pode chegar à cegueira parcial, ou seja, o paciente passa a enxergar apenas vultos.

Envelhecimento e diabetes, dois inimigos

A causa mais comum é mesmo o envelhecimento natural do cristalino, mas a diabetes também está entre as causas da catarata.

Use óculos escuros

Se você já passou dos quarenta anos, procure usar sempre óculos escuros com proteção ultravioleta, porque a exposição excessiva do cristalino ao sol pode também acelerar a doença.

Leia também: 7 cuidados básicos para a higiene dos olhos

Não use corticoides

O uso frequente de colírios contendo corticoides é um perigo para os olhos. É outra causa da catarata. Soco ou batidas fortes nos olhos, assim como inflamações intraoculares também podem desencadear a doença.

Existe cura

A catarata tem cura, mas precisa de um intervenção cirúrgica. A cirurgia é feita com anestesia local. Durante o procedimento, o médico extrai o cristalino que apresenta dano e substitui por uma lente artificial que realiza a mesma função do cristalino.

Dois tipos de procedimentos

Ambos são cirúrgicos, mas existem diferenças. O cristalino pode ser retirado por inteiro. Outra forma cirúrgica é a facoemulsificação, que tritura e depois aspira o cristalino. Esta segunda forma proporciona menos cortes nos olhos.

Melhora após a cirurgia

Existem pesquisas que revelam um comportamento extremamente melhor nos pacientes idosos submetidos à cirurgia de catarata.

Cientistas descobriam que a sonolência durante o dia e a insônia durante a noite, muito comum nos idosos, foram reduzidas a níveis quase zero depois da operação.

  • Pollreisz, A., & Schmidt-Erfurth, U. (2010). Diabetic Cataract—Pathogenesis, Epidemiology and Treatment. Journal of Ophthalmology. https://doi.org/10.1155/2010/608751
  • Sammartino, M., Toni, F., Olivieri, C., & Sbaraglia, F. (2017). Cataract surgery. In Perioperative Care of the Elderly: Clinical and Organizational Aspects. https://doi.org/10.1017/9781316488782.032