Como motivar meu namorado a morar juntos?

22 de agosto de 2019
Quando nos mudamos para morar com nosso namorado, obtemos vários benefícios, mas é muito importante que ambos concordem em dar esse passo.

Quando um dos dois começa a pensar em questões como: “Que bom seria morar juntos!”, talvez a sua imaginação já comece a voar e, de certa forma, você já queira discutir a ideia com o seu parceiro.

Os sonhos podem variar desde como seria a moradia e a convivência até as lembranças maravilhosas que poderiam ser criadas lá. Agora, uma coisa é imaginar tudo e outra bem diferente é discutir a ideia com o outro. Então é possível que surjam dúvidas e preocupações sobre como convencer o seu parceiro.

Como convencer meu namorado a morar juntos pela primeira vez?

Nem sempre é fácil encontrar as palavras certas ou o momento mais adequado para discutir a ideia. No entanto, isso também não é impossível.

1. Morar juntos ajuda a poupança

Morar juntos ajuda a poupar dinheiro

Quando falem sobre seus sonhos pessoais, como comprar um veículo ou fazer uma viagem, é o momento ideal para tocar no assunto. Viver juntos permite economizar dinheiro com aluguel, impostos e transporte. Evitar essas despesas permite a possibilidade de investir em algo que desejem.

2. Traduzir os benefícios em atos

Aqueles dias em que dormem juntos são propícios para mostrar, com atos simples, as vantagens desse famoso “morar juntos”. Arrume a casa com carinho, prepare uma refeição saudável e ajude com as suas roupas. Uma maneira indireta de fazer com que seu parceiro se dê conta do positivo que é ter você na mesma casa.

Além disso, enquanto cada um está em sua própria casa, é bom sentir a ausência com alguma necessidade. A maneira de fazer isso acontecer é deixar de visitá-lo por alguns dias. Gere a necessidade de pedir ajuda e, então sim, é o momento ideal de dizer o importante que seria se morassem juntos.

Sabia? 9 atividades que podemos fazer em casal para inovar no relacionamento

3. Pequenos testes de convivência

Antes de embarcar na aventura de morar juntos, e ainda mais se você não estiver convencido, é importante fazer pequenos testes. Se possível, sem que o namorado saiba que você está testando a convivência. Para fazer isso, você precisa lidar com discrição e sutileza para evitar sentir pressões.

Um dia a escova de dentes é deixada, no outro, uma peça de roupa e um livro. Assim, quase sem perceber, vão ocupando espaços na mesma moradia, até que não haja mais nada para formalizar.

O outro grande teste antes de mover todos os móveis para o mesmo lugar é tirar férias como casal. Sem amigos ou família, você tem que embarcar em um caminho de absoluta intimidade 24 horas por dia. Se vocês passarem este teste em harmonia, então estarão prontos para morar juntos.

Dicas para convencer seu parceiro a mudar para outra casa

1. Escolha o momento certo para a persuasão

Se for necessário iniciar uma negociação para motivar seu parceiro a mudar de casa, é necessário encontrar a hora certa. Um momento do dia em que ambos estejam atentos ao diálogo e não sejam interrompidos. Se possível, a questão deve ser levantada quando os dois estiverem de bom humor e com disposição.

2. Ênfase nas vantagens de morar juntos

Para alcançar os resultados desejados, devem ser apresentados os argumentos de maneira clara e organizada. Ou seja, os fundamentos mais positivos para o casal devem ser estudados com antecedência.

O bairro mais seguro, a proximidade ao trabalho, a escola das crianças, enfim, todos os detalhes que mais influenciam. Estudar as palavras que serão usadas é a melhor estratégia.

Descubra ademais: As 5 chaves do respeito entre um casal

3. Não pressione

Convencer o namorado a morar juntos sem pressão

Algumas pessoas têm sérias dificuldades para lidar com mudanças e precisam de tempo para assimilar. Aliás, quando se sentem pressionados, a resistência aumenta e eles se fecham em seus pensamentos. Portanto, nesses casos, o melhor é fornecer alguns benefícios e mudar para outro tema.

Em outra ocasião, talvez voltem ao assunto e o discutam com mais calma. Aliás, podem até começar juntos a ver algumas alternativas de pesquisa. Novos bairros, tipos de decoração ou conversem com amigos sobre a oportunidade de mudança.

Mudar é uma decisão que deve ser tomada em conjunto

Escolher a maneira de morar juntos ou mudar de moradia, quando já estão vivendo como casal, são decisões tomadas a dois. Portanto, nunca deve ser uma questão de uma única pessoa, porque, se surgir um problema, as responsabilidades recairão todas sobre ela.

Se um dos dois estiver relutante em participar deste projeto, o parceiro deve ser paciente e oferecer o tempo necessário. Adaptação às mudanças é uma capacidade que difere de uma pessoa a outra.

É possível obter uma mudança de opinião e aceitação do que é novo, desde que o plano seja organizado com estratégia. Se você não tem certeza, é melhor esperar do que arruinar um relacionamento agindo de maneira apressada.

Então, as dicas foram úteis pra você? Sendo assim, continue conosco porque temos mais artigos que certamente vão te interessar.