Os melhores antidepressivos naturais

· 5 de outubro de 2013
Por diferentes circunstâncias da vida, por vezes, nos encontramos desmotivados e tristes. Conheça os melhores antidepressivos naturais.

Por diferentes circunstâncias da vida, por vezes nos encontramos desmotivados, tristes, e até chegamos a sentir que não conseguimos seguir a vida e o desejo de acabar com tudo nos invade. Conheça os melhores antidepressivos naturais.

Estes episódios são muito comuns quando perdemos um emprego ou um ente querido, e até mesmo quando uma relação amorosa chega ao fim.

Estes tipos de acontecimentos podem atingir qualquer pessoa e podem culminar em episódios depressivos, perigosíssimos para a nossa saúde e sobrevivência.

Mas para a depressão, podemos encontrar vários antidepressivos naturais, como medicamentos e terapias que costumam ser muito efetivos, porém – e na maioria dos casos – o mais efetivo é a nossa própria vontade de reverter o quadro e buscar todos os meios possíveis de afastarmos os pensamentos e sentimentos ruins que nos afligem.

O que tomar e o que fazer?

Erva-de-são-joão

A erva-de-são-joão é uma planta de flor amarela utilizada na medicina já há muitos anos. Alguns pesquisadores demonstraram que o tratamento com infusões desta erva é realmente muito efetivo para melhorar a depressão.

Isso porque esse antidepressivo atua bloqueando a captação de serotonina e noradrenalina. Além disso, essa erva possui inúmeras propriedades, atuando como antidiarreica, antisséptica, antimicrobiana, calmante, sedativa, vermífuga e adstringente.

Além da depressão, a erva-de-são-joão também pode resolver problemas de estresse, insônia e nervosismo.

Utilizá-la é muito simples; basta ferver por 10 minutos uma quantidade de aproximadamente 20 g da erva, coar e beber quando esfriar.

Leia também: 6 benefícios da erva de São João

Hipericao. Lord V
(Foto: Lord V / Flickr)

Contato com a natureza

A falta de contato com a natureza pode gerar um sério transtorno em crianças. Esse fator pode ser responsável por uma série de problemas de cunho comportamental e sim, pode contribuir nesse caso, para o desenvolvimento de uma depressão.

Para pessoas que estão passando por situações depressivas e apresentam os sintomas de depressão, o contato direto com a natureza pode ser de grande ajuda.

Um exemplo muito simples é para aquelas pessoas que são amantes da jardinagem.

Se essas pessoas se dedicarem a cultivar algum tipo de planta, replantar e manter um contato com a natureza que ocupe suas mentes e parte de seu tempo, isso ajudará o organismo a liberar serotonina, composto importantíssimo no combate à depressão.

As atividades ao ar livre melhoram o humor e relaxam a mente e o corpo. Cientificamente comprovado, o contato com a natureza é totalmente eficaz contra depressão, ansiedade e estresse.

Exercícios físicos como antidepressivos naturais

Realizar exercícios regularmente ajuda a combater a depressão de uma maneira rápida, segura e divertida.

Existem milhares de opções; correr, andar de bicicleta, frequentar uma academia ou simplesmente realizar uma caminhada diária de meia hora, que seja sozinho ou acompanhado.

Isso fará um bem enorme e inimaginável, basta experimentar a eficácia do tratamento e comprovar sua rapidez.

E a segurança nessa afirmação é simples; a explicação está nas endorfinas que o corpo libera quando realizamos exercícios físicos.

Essa substancia ajuda o cérebro e o corpo e permite que pensamentos positivos permeiem em nossa mente, combatendo à depressão.

exercício como antidepressivos naturais

Banhos de sol

Os raios solares nos oferecem vitamina D, que se encarrega de proporcionar e aumentar os níveis de serotonina no cérebro.

Por esta razão é recomendado ir à praia ou a qualquer lugar adequado para tomar um banho de sol durante uns 15 minutos aproximadamente, seja pela manhã ou à tarde.

Claro que não devemos abusar do tempo de exposição ao sol, pois a longo prazo pode nos causar danos, como câncer de pele, por exemplo.

Antidepressivos naturais: controle o consumo de açúcar

Alguns estudos científicos chegaram à conclusão de que o consumo de açúcar refinado pode aumentar e piorar os episódios de depressão, por esta razão e para pessoas propensas a desenvolver depressão, o melhor é utilizar adoçantes naturais, como o mel, xarope de ácer ou qualquer outro adoçante natural.

Descubra: Adoçantes naturais, melhor opção para a saúde

Ficou claro que existem várias formas naturais de acabar com a depressão, e você pode simplesmente escolher aquela que o atraia mais, atividades e atitudes que se tornem corriqueiras em sua vida, afastando esse mal.

Lembre-se de que o mais importante é como você se sente, e a primeira coisa que deve ser considerada é que podemos sim superar por nós mesmos esse problema, pois se tivermos a vontade para isso, tornaremos a solução mais rápida e fácil.

Não nos devemos deixar levar por preocupações exageradas e constantes, o mais importante é que saibamos que há solução para quase tudo na vida.