Quais medicamentos podem causar hiperglicemia?

Existem alguns medicamentos comumente usados ​​que podem causar um aumento nos níveis de açúcar no sangue. É importante conhecê-los, pois eles podem interferir no tratamento de doenças como a diabetes.
Quais medicamentos podem causar hiperglicemia?

Última atualização: 26 Abril, 2021

Existem certos medicamentos que podem causar hiperglicemia. Muitos deles são usados comumente ​​e podem aumentar os níveis de açúcar no sangue. Portanto, para uma pessoa com diabetes, é de vital importância conhecê-los e manter um bom controle da sua doença. Caso contrário, complicações associadas à diabetes podem aparecer, incluindo:

  • Falência renal.
  • Problemas cardiovasculares.
  • Retinopatia diabética, levando à cegueira.
  • Pé diabético, responsável por 70% das amputações não traumáticas de membros inferiores, conforme indica a literatura científica.

O que você deve saber sobre isso? Qual pode ser a relação entre os medicamentos e a glicose? No espaço a seguir, detalhamos o que é a hiperglicemia e quais são os medicamentos que apresentam esse efeito colateral.

O que é a hiperglicemia?

O termo hiperglicemia se refere a níveis elevados de açúcar ou glicose no sangue. Os sintomas que podem surgir desta condição nunca aparecem abruptamente, e sim de forma gradual.

Em alguns casos, o paciente diabético nem percebe que está sofrendo de hiperglicemia, pois não há sintomas. Por outro lado, outras pessoas sentem mais sede do que o normal e, apesar de beberem muito, continuam com a boca seca. Outros sintomas podem ser:

  • Aumento do apetite.
  • Visão turva.
  • Perda de peso.
  • Sensação de sono.
  • Necessidade frequente de urinar.
  • Fadiga ou cansaço prolongado.
Nível de açúcar no sangue
Inicialmente, os níveis de glicose no sangue podem passar despercebidos, pois não há sintomas muito evidentes. No entanto, à medida que o problema avança, algumas manifestações começam a ocorrer.

O que acontece se eu tomar um medicamento que pode causar hiperglicemia?

O fato de que um medicamento aumenta os níveis de açúcar no sangue em uma pessoa não diabética não significa que essa pessoa desenvolverá a diabetes. Na verdade, é apenas um efeito colateral do fármaco. Portanto, se você parar de tomá-lo, o pico de açúcar desaparecerá.

No entanto, se você for diabético em tratamento e tomar um medicamento que aumenta o açúcar no sangue, o efeito hipoglicemiante do antidiabético diminuirá. Isso aumenta o risco de complicações agudas de hiperglicemia, como cetoacidose ou coma hiperosmolar. Portanto, é aconselhável ter especial atenção à relação entre medicamentos e glicemia para que estes não aumentem o nível de açúcar.

Porém, se for necessário adicioná-lo ao tratamento de longo prazo do paciente, a dose do hipoglicemiante deve ser adaptada para manter o controle glicêmico adequado.

Quais medicamentos podem causar hiperglicemia?

Ao tomar um medicamento, é aconselhável usar comprimidos em vez das formas de dosagem líquidas.

Normalmente, os de dosagem líquida contêm mais carboidratos e, às vezes, tanto álcool quanto uma taça de vinho. Vejamos uma lista de medicamentos que podem causar hiperglicemia:

Corticosteroides

Os glicocorticoides são aqueles que, em geral, podem afetar mais o controle glicêmico. Esses medicamentos são amplamente utilizados no tratamento de doenças comuns como asma, problemas de pele, alergias, conjuntivite ou tendinite, entre outras. Esses medicamentos aumentam o nível de açúcar de forma rápida e significativa.

Uma pessoa diabética que precisa fazer uso de corticosteroides deve sempre fazê-lo sob supervisão médica.

Efeitos adversos dos corticosteroides
Os medicamentos corticosteroides são os que mais frequentemente afetam os níveis de glicose no sangue. Pacientes com diabetes devem tomá-los sob supervisão médica.

Inibidores da protease para o tratamento da AIDS

Os inibidores da protease do HIV de longo prazo às vezes causam diabetes ou o desequilíbrio da diabetes pré-existente. A vigilância ou acompanhamento nesses casos é necessário e justificado, seja o paciente diabético ou não.

Os contraceptivos hormonais são medicamentos que podem causar hiperglicemia

Restringiu-se o uso de contraceptivos com estrogênio e progestogênio por pacientes com diabetes, embora as restrições ao seu uso estejam mais relacionadas a doenças cardiovasculares associadas do que a problemas de açúcar no sangue.

Portanto, os progestágenos em baixas dosagens são os anticoncepcionais de escolha nesses casos. No entanto, dosagens elevadas devem ser evitadas.

Medicamentos anti-hipertensivos

Em particular os diuréticos tiazídicos. Apesar do efeito hiperglicêmico dos diuréticos tiazídicos, eles apresentam uma relação risco-benefício favorável na hipertensão arterial dos diabéticos.

No entanto, os diuréticos expõem os pacientes a um risco de desidratação e de coma hiperosmolar. Portanto, nesses casos, a hiperglicemia e a função renal devem ser monitoradas.

Estatinas

As estatinas, usadas para tratar a hipercolesterolemia, provocam hiperglicemia dependendo da dose. No entanto, indica-se o seu uso em pacientes para a prevenção cardiovascular secundária.

Quais medicamentos podem causar hiperglicemia?
As estatinas podem levar a um aumento do açúcar no sangue, dependendo da sua dose.

Agentes betabloqueadores

Os agonistas adrenérgicos beta-2 podem levar ao aumento do açúcar no sangue quando administrados por via parenteral em obstetrícia ou no tratamento de crises graves de asma.

Conclusão

Para evitar tomar medicamentos que podem aumentar os níveis de açúcar no sangue, siga as recomendações do seu médico ou farmacêutico. Isso irá ajudá-lo a evitar interações com outros medicamentos que podem causar problemas de saúde.



  • Mateos, N., Cruz, S., Castillo, R. Z., Zacarías, R., Rogelio, C., & Castillo, Z. (2002). Tratamiento farmacológico para la diabetes mellitus. Rev Hosp Gral Dr. M Gea González.
  • Valdés Ramos, E., Raúl Verdecia Saborit, I., Marjoris Rivera Chávez, I., & Eduardo Valdés Bencosme, I. I. (2014). Control de la hipertensión arterial en personas con diabetes tipo 2 Blood hypertension control in type 2 diabetic persons. Revista Cubana de Endocrinología.
  • Gea, M., Correspondencia, G. “, Torres Viloria, A., Viloria, A. T., Zacarías, R., Rogelio, C., … Resumen, R. (2002). Artículo de revisión de medicina interna. Rev Hosp Gral Dr. M Gea González.